Universidade Federal Fluminense


II. A importância da educação física escolar na educação de jovens e adultos



Baixar 1.22 Mb.
Página325/334
Encontro27.05.2018
Tamanho1.22 Mb.
1   ...   321   322   323   324   325   326   327   328   ...   334
II. A importância da educação física escolar na educação de jovens e adultos

A Educação Física Escolar nos últimos anos vem discutindo sobre sua função e importância na educação.

As discussões, a cerca do seu objeto de estudo e dos conteúdos pertinentes à sua área de conhecimento, têm provocado um movimento de busca da identidade da Educação Física Escolar entre os profissionais da área. Movimento este que avançou consideravelmente no campo teórico, mas não o suficiente para transformar, na prática, ações pedagógicas coerentes com as concepções defendidas em diferentes tendências e teorias pedagógicas da Educação Física.

É necessário rompermos com paradigmas meramente de transmissão, repetição e imposição, para assumirmos a função social e cultural da Educação Física que deve ter como centro da sua proposta pedagógica os sujeitos históricos e sociais que compõem a comunidade escolar, em detrimento ao elenco de conteúdos a serem transmitidos. Não que estes conteúdos não tenham que ser elencados, porém estes devem estar a serviço da formação do ser humano, numa visão holística e de complexidade.

Desta forma, a importância da Educação Física Escolar não tem idade. Ela se faz necessária em todos os grupos de formação, considerando suas necessidades e especificidades, para então servi-los.

Na Educação de Jovens e Adultos, no período noturno, a Educação Física se apresenta segundo a LDBEN nº 9.394/96 de forma facultativa.



A Educação Física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular da educação básica, ajustando-se às faixas etárias e às condições da população escolar, sendo facultativa nos cursos noturnos, (LDB, Art. 26 parágrafo 3º ).

Sem querer discutir o caráter excludente e contraditório da lei citada acima, a Rede Municipal de Ensino de Belford Roxo, através do seu Regimento Escolar e da sua Proposta Pedagógica, garante a Educação Física Escolar na EJA noturno, por entender a concepção pedagógica da disciplina para este grupo de formação.

A Educação Física Escolar da EJA deve, segundo Proposta Curricular do MEC (2002), “ se constituir num instrumento de inserção social, de exercício da cidadania e de melhoria da qualidade de vida”. (pg.193). Deve ainda priorizar a vinculação das práticas corporais com as práticas sociais, políticas e culturais, de forma reflexiva, critica e desalienadora, a fim de propiciar uma leitura da realidade, capaz de interferir nos rumos da vida privada e social.

O ensino da Educação Física, segundo O Coletivo de Autores (1992), tem também “um sentido lúdico que busca instigar a criatividade humana à adoção de uma postura produtiva e criadora de cultura, tanto no mundo do trabalho como no do lazer”,(pg.40) justificando, assim, os benefícios pertinentes à realidade deste grupo da EJA que atinge uma camada significativa da força de trabalho.

Os alunos da EJA já possuem uma representação da escola e da Educação Física, de acordo com suas vivências e experiências que podem ter sido tanto positivas quanto negativas. O que eles trazem na sua memória deve constar como ponto de partida do planejamento do professor, para então (re) dimensioná-lo e (re) significá-lo. Muito mais do que isto, o professor deve problematizar, interpretar, relacionar, compreender junto com os alunos as amplas manifestações de sua área de ensino, compartilhando temas, objetivos, conteúdos, projetos e emoções. Importante, portanto, estar atento à historicidade tanto do aluno quanto do meio em que ele se desenvolve.



Baixar 1.22 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   321   322   323   324   325   326   327   328   ...   334




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual