Universidade Federal Fluminense



Baixar 1.22 Mb.
Página304/334
Encontro27.05.2018
Tamanho1.22 Mb.
1   ...   300   301   302   303   304   305   306   307   ...   334
A necessidade do novo

Durante esses dezoito anos em que estou atuando no ensino público do Município do Rio de Janeiro (que continuo acreditando ser possível), a todo instante questionava (e ainda questiono) o trabalho que vinha realizando junto aos alunos. Sentia, por vezes, grande insatisfação com o fazer pedagógico, não só pela forma, mas principalmente, pelo conteúdo. Existia um certo cansaço, que muitas vezes me levava a pensar em abandonar a profissão; mas logo depois vinha a vontade de buscar a superação, novas saídas ou outras possibilidades de dizer as coisas aos alunos.

Essas angústias me impulsionaram a procurar um espaço onde pudesse repensar a educação física escolar. Através de informações, fui levado a procurar a Universidade Federal Fluminense que, pela seriedade de seus cursos, permitiu-me alcançar meu objetivo.

Esse exercício do pensamento levou-me a refletir a respeito do tipo de homem que creio ser possível formar a partir de uma educação ocupada com a inclusão de todos. Além disso, refletir sobre uma sociedade composta de homens capazes de lutar para que todos tenham acesso aos bens materiais e imateriais disponíveis, de modo que ninguém seja excluído do processo de consolidação da cidadania.

Nesse contexto, aponto a escola como espaço de discussão das determinantes sociais, exercício da cidadania e local de múltiplas possibilidades, onde cada um possa sentir prazer em estar e todos tenham o direito de permanecer.

A discussão travada no âmbito escolar busca, na verdade, mostrar a cada aluno que existem caminhos, mas que só se tornarão possíveis através da participação de todos na construção da sociedade que acreditamos ser possível.

A educação física enquanto componente curricular deve ser capaz de contribuir para esse processo através de atividades que possam ir ao encontro dos saberes dos alunos e utilizem-nos como referência na elaboração de um planejamento cujos objetivos e conteúdos tenham por finalidade a participação de todos.

Sendo assim, é pertinente observar a necessidade de uma educação física da escola, comprometida com a inclusão e a permanência de todos os alunos e em que os mesmos sintam-se capazes de construir o jogo em que todos possam jogar: o jogo da vida feliz.

A partir da participação dos alunos, torna-se possível resgatar “alguns aspectos constitutivos do esporte, tais como: a cooperação, a sociabilidade, a integração, a auto-estima, a auto-superação, o autoconhecimento e a autoconfiança” (Barbieri,1996:16).

Nesse sentido a escola busca dar sua contribuição através de um projeto pedagógico que, objetivando mudanças, possibilite a seus membros repensá-la enquanto espaço de exercício da autonomia e da cidadania.





Baixar 1.22 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   300   301   302   303   304   305   306   307   ...   334




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual