Universidade Federal Fluminense


A Educação Física e a FAETEC. Um pouco de história



Baixar 1.22 Mb.
Página276/334
Encontro27.05.2018
Tamanho1.22 Mb.
1   ...   272   273   274   275   276   277   278   279   ...   334
A Educação Física e a FAETEC. Um pouco de história

Na década de 70, com a crise estrutural do capitalismo, se busca novos paradigmas de produção, produzindo outras formas de reprodução, nascendo de um desgaste do padrão produtivo industrial taylorista/fordista, produção baseada na alta especialização e consequentemente a fragmentação do trabalho. Exigindo do trabalhador pouca qualificação tecnológica, comunicativa, e gerencial.

Hoje, com novos padrões de consumo, nasce uma nova produção industrial em que as empresas dão ênfase à qualidade dos produtos em detrimento da quantidade produzida. Com vistas a essa reestruturação as empresas se baseiam em novos conceitos de produção em uma administração participativa.

Neste sentido, o “novo papel” do trabalhador nesse padrão de desenvolvimento requer, então, uma qualificação mais abrangente, polivalente e polissêmica. Pensando nessa formação integral do aluno e de num novo trabalhador é que a Professora Nilda Teves criou o CEI (Centro de Educação Integral) em Quintino no ano de 1996, que logo depois ficou fazendo parte da FAETEC (Fundação de Apoio à Escola Técnica). Assim as Escolas Técnicas do Estado do Rio de Janeiro passaram a se chamar CEI, que eram assistidas pela FAETEC que surgiu com a extinção da FAEP (Fundação de Apoio à Escola Pública). Com a mudança do Governador Marcelo Alencar para Governador Anthony Garotinho o CEI tornou-se CETEP (Centro de Educação Tecnológica e Profissionalizante), ressaltando que o motivo desta mudança não é um ponto relevante nem objetivo deste estudo.

Segundo Nilda Teves (Professora Doutora do Curso do Mestrado e Doutorado da Gama Filho em EF e fundadora do CEI) o CEI foi criado em três pilares: Escolaridade, Ludicidade e Trabalho e é no pilar da Ludicidade que se encontrava a importância da EF Escolar na FAETEC . (Entrevista realizada em 13 de Maio de 2003)

Acredito que a EF torna-se um meio potencial para o desenvolvimento e a capacitação dos alunos e alunas da FAETEC para o agir solidário, cooperativo e participativo. Kunz (1994) afirma que, além de contribuir para o agir solidário nas aulas de EF, pode levar os alunos à compreensão dos diferentes papéis sociais existentes no esporte, fazendo-os se sentirem preparados para assumir esses diferentes papéis e entender/compreender os outros nos mesmos papéis ou em papéis diferentes.

Será que hoje com novas pessoas à frente da FAETEC a EF ainda pertence a algum pilar? Será que eles sabem que a EF pode oferecer uma proposta política pedagógica as Escolas Técnicas do Estado? Infelizmente não sei a resposta, gostaria muito de saber.

Metodologia

Trata-se de uma pesquisa empírica de caráter descritivo que se valeu de técnicas qualitativas e quantitativas. A amostra foi constituída de 60 alunos do 2º ano do Ensino Médio do CETEP- Barreto em Niterói- RJ. O instrumento de coleta dos dados foi a entrevista semi-estruturada e um questionário no período e 19 à 30 de Maio de 2003.

Por que investigar a representação dos alunos sobre a Educação Física Escolar do CETEP-Barreto?

Oferecer subsídios para uma mudança/renovação ou para uma continuidade do trabalho já desenvolvido, partindo da representação que os alunos tem da EF é de fundamental importância. Assim entender quais as principais influências na construção desta representação, além de saber como os alunos avaliam a atual prática pedagógica em EF na Escola Técnica Estadual Henrique Lage(CETEP-Barreto) se faz necessário.





Baixar 1.22 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   272   273   274   275   276   277   278   279   ...   334




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual