Universidade Federal Fluminense



Baixar 1.22 Mb.
Página208/334
Encontro27.05.2018
Tamanho1.22 Mb.
1   ...   204   205   206   207   208   209   210   211   ...   334
A escola

Começamos então a refletir sobre os motivos que estariam relacionados a pouca atração dos alunos pelo espaço escolar, já que muitas vezes é pensado apenas como uma obrigação a ser cumprida.

A imagem representada é de uma deficiente estrutura e organização institucional:

“ O aluno se inscrevia numa modalidade, mas quase não tinha aula. O professor faltava muito, a quadra estava sempre interditada. Não tinha aquelas condições para dar continuidade.” (informante 5)

A partir desta visão crítica dos alunos diríamos que a escola vive um círculo vicioso, onde corre-se atrás de culpados para se justificar as ações. Assim, o aluno sente-se desmotivado porque não tem aula, não tem aula porque as condições da escola são precárias, as condições são precárias porque o governo não investe, o governo não investe, o professor falta...

O reduzido número de aulas durante o ano letivo mostra que além de uma estrutura desfavorável, a Ed. Física também depende das “condições climáticas”.

“Na quadra e no campo quando chovia não tinha aula” ( informante 6).

Sabemos que é comum a suspensão das aulas nos dias chuvosos. Talvez o esporte tome uma dimensão de tal importância na escola, que não é utilizado como um dos conteúdos da Educação Física, mas como uma prática com fim em si mesmo. Portanto, se está chovendo não tem aula. A cabo disto, não temos o esporte da escola, mas o esporte na escola.(Caparroz, 1997)

A partir desta idéia teríamos então que nos perguntar: qual o papel da disciplina na escola?

Embora os aspectos corporais sejam bastante evidentes e observáveis nas aulas, penso que a Educação Física deva ser um espaço também para o aluno refletir sobre seus próprios valores, condutas, idéias, como os da relação entre esporte-sociedade.

O professor não tem como deixar de agir como educador na escola. Ninguém caminha sem uma direção. Portanto, além de oferecer instrumentos para a construção do conhecimento, o que é muito importante, a escola pública deve também ajuda-lo ter “percepções deste mundo”.

Reconheço, no entanto, que este tipo de discurso pouco atua no cotidiano, na medida que a escola não tem dado para o aluno referências concretas de organização, disciplina, limpeza, ética, responsabilidade etc...





Baixar 1.22 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   204   205   206   207   208   209   210   211   ...   334




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual