Universidade Federal Fluminense



Baixar 1.22 Mb.
Página191/334
Encontro27.05.2018
Tamanho1.22 Mb.
1   ...   187   188   189   190   191   192   193   194   ...   334
Considerações finais

Considerando o indivíduo um ser biopsicossocial e indissociável, cuja personalidade, corpo e mundo devem conviver em harmonia e integração, o profissional de Educação Física não pode desprezar as possibilidades de contribuir efetivamente para o desenvolvimento pleno do ser humano.

O professor deve, portanto, utilizar o movimento humano e a expressão corporal como meio de diagnóstico para detectar possíveis dificuldades e necessidades dos alunos, no sentido de auxiliá-los na superação das mesmas.

Uma metodologia voltada para a formação de valores, construção das noções de cidadania e relacionamentos interpessoais pode oferecer aos alunos possibilidades de enfrentar melhor os desafios na realização de atividades físicas e no decorrer de suas vidas.

O clima motivacional nas aulas é de fundamental importância na transmissão de valores que vão sendo introjetados pelos alunos e contribuem para o desenvolvimento de suas personalidades. A formação de uma atmosfera psicológica positiva e de um ambiente de segurança, de aceitação e respeito às diferenças individuais, de cooperação, solidariedade e justiça, são importantes para uma convivência prazerosa e de aceitação mútua entre os integrantes do grupo.

Os alunos possuem seus ambientes psicológicos próprios e estão sempre processando informações, valores e conhecimentos vindos do ambiente de classe. As diversas ações pedagógicas (pistas, orientações, gestos e verbalizações) formam um currículo oculto que é transmitido para os alunos e que deve estar carregado de valores positivos para as suas formações.

As atividades de aula devem ser diversificadas e com diferentes níveis de dificuldades para que os alunos possam vivenciar e experimentar suas competências e reais possibilidades, enfrentando sucessos, fracassos e desenvolvendo sua autocrítica. As atividades devem propiciar momentos de espontaneidade, criatividade, autenticidade, auto-expressão, autonomia e autodeterminação, visando o desenvolvimento da identidade dos alunos e sua formação mais ampla.

É de fundamental importância o trabalho integrado entre a Educação Física e a Orientação Pedagógica e Educacional, pois através da leitura da linguagem corporal de nossos alunos, podemos dar significativas contribuições para um investimento qualitativo na educação dos mesmos. Faz-se necessário, também, ressaltar que a Educação Física por si só não irá solucionar determinadas dificuldades dos alunos, mas poderá colaborar na detecção dessas e no encaminhamento para profissionais de outras áreas.

Dentro de uma proposta educativa, a construção de consciências críticas deve ser um objetivo constante e a escola não deve se eximir desse papel, sinalizando a inversão de valores que coloca o homem cada vez mais para o “ter” em detrimento do seu “ser”.

Na construção de seu conhecimento, o aluno deve saber respeitar os seus limites e capacidades, valorizar a sua experiência corporal, participar ativamente da aprendizagem do uso de seu corpo, buscar fontes de pesquisa diversificadas para compará-las e criar mecanismos para interagir com o meio, usufruindo os benefícios da prática de atividades físicas para uma vida saudável e de qualidade em todos os sentidos.

Finalizando, a preocupação com os estados emocionais dos alunos nas aulas, segundo Deustsch (op.cit., p.28), [...] “nos dá a verdadeira dimensão do “fazer” atividade física e a responsabilidade do profissional-orientador da atividade, que não propõe um “exercício” para um “corpo”, mas uma atividade-processo para um ser uno”.

O autor: prof. Walmer Monteiro Chaves, mestre em Ciência da Motricidade Humana (UCB); professor das redes municipais de Itaboraí e São Gonçalo e particular de Niterói





Baixar 1.22 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   187   188   189   190   191   192   193   194   ...   334




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual