Universidade federal de são carlos


Aprofundar maneira tradicional de ensino: O conhecimento científico está acabado, absoluto, verdadeiro



Baixar 372.5 Kb.
Página13/48
Encontro04.03.2018
Tamanho372.5 Kb.
#126
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   48
Aprofundar maneira tradicional de ensino: O conhecimento científico está acabado, absoluto, verdadeiro.

De acordo com TRABALHANDO COM A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: O PROCESSO DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS E PROFESSORES, publicado pelo MEC, temo que a:

Na concepção tradicional, o conhecimento é visto como sendo inerente ao objeto a ser conhecido. Conhecer é desvendar, neste objeto do conhecimento, a verdade nele presente.

Nesta concepção, o conhecimento não muda a menos que o objeto do conhecimento mude.

Como o objeto do conhecimento raramente muda o conhecimento dele também pouco muda.

Dentro desta visão, pouco ou mesmo nada importa o papel daqueles que pretendem conhecer este objeto. O subjetivo é desconsiderado.

Uma das conseqüências dessa atitude é trabalhar apenas com duas categorias de conhecimento: o certo e o errado. Certo é o conhecimento que expressa fielmente o objeto estudado e errado é aquele que não o faz.

Quando o aluno tenta responder perguntas de uma prova com as suas próprias palavras, muitos professores vêem nisso um sintoma de falta de estudo. Preferem que a resposta seja dada da forma mais próxima da que está no livro adotado. Com isso, livram-se do trabalho de ter que acompanhar o raciocínio do aluno e concluir se aceita ou não a resposta dele como certa.

Muitas vezes acontece que o critério para a inclusão nessas categorias de certo e errado nem sempre é lógico, científico e, às vezes, nem está ligado ao conhecimento.

É considerado certo porque está publicado e errado por que não está.. Outras vezes porque “deu” na televisão ou no rádio. É extremamente valorizada a “autoridade” de quem escreveu ou disse. Algumas vezes obedece a certa lógica de competência, como a do médico falando sobre saúde ou do advogado sobre as leis; outras de motivos aleatórios e até preconceituosos do tipo: é homem, é rico ou é o chefe.

O pior disso tudo é favorecer uma atitude equivocada frente a qualquer coisa que se pretenda conhecer. Há a crença de que existe apenas uma forma certa de conhecer e, por decorrência, todas as outras são erradas. Como ninguém quer conhecer a forma errada, a tentação é procurar o conhecimento considerado certo, que normalmente está nos livros didáticos ou na cabeça do professor, e memorizá-lo. Isto parece afastar a insegurança de estar errado. No entanto, esta atitude além de enganosa, porque o que está no livro ou na cabeça do professor pode estar errado, impede que se use o próprio discernimento, raciocínio e julgamento para conhecer o que precisamos.





  1. Baixar 372.5 Kb.

    Compartilhe com seus amigos:
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   48




©psicod.org 2023
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
universidade federal
prefeitura municipal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
seletivo simplificado
Conselho nacional
oficial prefeitura
terapia intensiva
Boletim oficial
Curriculum vitae
direitos humanos
Concurso público
saúde mental
Universidade estadual
educaçÃo infantil
educaçÃo física
Centro universitário
saúde conselho
ciências humanas
Excelentíssimo senhor
santa maria
Poder judiciário
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ensino aprendizagem
língua portuguesa
Colégio estadual
recursos humanos
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
outras providências
Dispõe sobre
público federal
educaçÃo universidade
secretaria municipal
catarina prefeitura
Conselho municipal
Componente curricular
conselho estadual
Serviço público