Universidade Estácio de Sá



Baixar 15.72 Kb.
Encontro14.12.2019
Tamanho15.72 Kb.

Universidade Estácio de Sá

Atividade Estruturada :Desenvolvimento e aprendizagem de bebês , crianças ,adolescentes ,adultos e idosos

Disciplina : Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem

Tutor : Taisa Vliese

Aluno : Juliana Barbalho da Silva

Matrícula : 201509132104

Curso : Licenciatura em História

27/09/2015

Índice

1-Introdução



2-Explanação da teoria

3-Dias de observação

3.1 –Primeiro dia

3.2-segundo dia

3.3-Terceiro dia

4- Conclusão

5- Referência

Introdução

O presente trabalho tem o objetivo de colaborar para a compreensão do comportamento infantil . Sob a ótica da teoria de Piaget ,é realizado a observação sistemática de uma criança visando a compreensão prática da lógica piagetiana .

2 –Explanação da teoria

Jean Piaget (1896-1980) , renomado psicólogo e filósofo suíço realizou seu trabalho no campo da Inteligência infantil ,estudando seu processo de raciocínio .

Construiu a Teoria do Desenvolvimento Cognitivo , onde afirma que a criança tem uma evolução gradativa .Realizou diversas experiências e observações com as mesmas , de várias idades ,onde propõe a existência de 4 estágios do desenvolvimento :os estágios sensório – motor ,que vai do nascimento até os 2 anos de idade ;o pré-operatório ,dos 2 anos até os 7 anos em média ;o operatório concreto, que vai dos 7 anos aos 11 anos e o operatório formal a partir dos 2 anos em média.

O trabalho foi realizado com a observação sistemática de um criança que se encontra no estágio operatório concreto , onde a esta começa a utilizar conceitos como os números e relações .Desenvolve uma lógica interna consistente e passa a solucionar problemas concretos .

A criança deixa de ser excessivamente egocêntrica , torna-se mais socializada ,levando em conta o ponto de vista do outro .Pessoas e objetos passam a ser mais explorados nas interações da criança .

O indivíduo compreende números , substância , volume e peso .Também desenvolve noções de tempo ,espaço , velocidade ,ordem e casualidade.

Passa a fazer operações mentais , considera simultaneamente o todo e suas partes .Desenvolve a reversibilidade ,podendo explorar caminhos distintos para se resolver um problema e ao pensar sobre um fato ,fazê-lo valendo-se de diferentes perspectivas .

A criança passa a analisar logicamente os fatos , se concentra mais nas atividades e se torna mais colaborativa com os colegas .

O estudo foi realizado em uma residência ,o sujeito observado foi uma criança ,Suellen Maceta do Nascimento ,de 8 anos de idade .

3.1-Primeiro dia de observação :

A criança chegou pela manhã acompanhada da mãe ,

cumprimentou os presentes e pôs-se a ver televisão ,onde passava uma programação infantil .Permitiu que o canal de televisão fosse trocado ,demonstrando levar em conta as vontades dos outros .Passou um tempo interagindo com os adultos presentes .Quando a mãe começou a pintar as unhas a criança repetiu o comportamento mostrando destreza com o manuseio de objetos pequenos ,escolheu a cor do próprio esmalte e deu opinião na cor escolhida pela mãe .Após isso ,foi embora .

3.2-Segundo dia de observação :

A criança chegou acompanhada pela mãe , abraçou-a e ficou no sofá por um tempo com ela ,demonstrando afeto .Trouxe o caderno da escola e efetuou os cálculos matemáticos do dever de casa com capricho nas letras e números , como demonstra a teoria de Piaget onde as crianças nessa idade são capazes de realizar operações com números .Com o fim desse trabalho ,conversou os adultos ,viu revistas enfim explorou o ambiente e os presentes neste .

3.3-Terceiro dia de observação :

Pela manhã a criança chegou acompanhada pela irmã mais velha com quem interagiu conversando sobre as atividades do lar . Realizou uma crítica à irmã , observando que esta não se empenhava em ajudar a mãe nas tarefas do lar ,demonstrando ser capaz de perceber e criticar as relações em casa .Logo após pegou uma vassoura e pôs-se a varrer o ambiente em que estava . Novamente pôs-se a brincar com esmaltes , ficando encantada com a variedade de cores e teceu comentário sobre como as amigas da escola se maquiavam e pintavam as unhas .

Por fim , brincou com uma paleta de sombras e observou que já estava na hora de ir pra casa se preparar para ir à escola ,mostrando ser capaz de lidar com o tempo .

4-Conclusão

O trabalho demonstrou empiricamente a aplicação da teoria de Piaget no estudo comportamental infantil .

Ficou claro que a criança que se encontra no estágio operatório concreto pode lidar com operações numéricas ,observar e considerar os indivíduos a sua volta ,assim como o ambiente .

Também se encontra menos egocêntrica e é capaz de compreender e aplicar a noção de tempo, como foi observado .

5-Referência

PIAGET, J. Seis estudos de psicologia. Tradução de: Profª Maria Alice Magalhães D’Amorim e Paulo Sérgio Lima Silva. 10ª Ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1980. http://pt.wikipedia.org/wiki/Jean_Piaget



Mirian Ilza Santana, Jean Piaget . Disponível em : Acesso em: 25/10/2015

Portal da Educação , Jean Piaget Biografia . Disponível em: < www.portaleducacao.com.br › Psicologia › Artigos › Desenvolvimento>. Acesso em: 21/10/2015

Baixar 15.72 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
oficial prefeitura
minas gerais
terapia intensiva
Conselho nacional
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ciências humanas
ensino aprendizagem
outras providências
secretaria municipal
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
Dispõe sobre
catarina prefeitura
Colégio estadual
recursos humanos
Conselho municipal
consentimento livre
ministério público
conselho estadual
público federal
psicologia programa
Serviço público