Um pouco de história: o despertar para a questão



Baixar 2.56 Mb.
Página75/83
Encontro27.05.2018
Tamanho2.56 Mb.
1   ...   71   72   73   74   75   76   77   78   ...   83
RECURSOS NECESSÁRIOS


6.1 Recursos Humanos


      1. Equipe – contrapartida da UFJF




INFOCentros - EQUIPE

Coordenação

Paulo Villella , Marcos Tanure, Fernanda Campos

Supervisão Geral:


Maria Piedade Fernandes Ribeiro

Supervisão Técnica:

Ely Matos, Ivan Amorin, Márcio Resende

Supervisão de Logistica:

Cristina Ciampi, Julio Honorato, José Carlos Maluf

Conteúdo :

Romir Soares Souza Filho

Carlos Pernisa Jr. (Junito)



Suprimentos:

Julieta Barra

Wanderley Rodrigues



6.1.2 Recursos humanos necessários


CATEGORIA

QUANTIDADE

SALÁRIO UNITÁRIO

TOTAL

Bolsistas











Programadores











Gerente de rede











Digitadores























TOTAL






    1. Equipamentos




DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

CUSTO UNITÁRIO R$

TOTAL R$

Computadores

280







Servidores

5







Datashow

3







Televisor

3







Aparelhagem de som

3







Impressoras Laser

3







Ar condicionado

14



















TOTAL






    1. Mobiliário




DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

CUSTO UNITÁRIO R$

TOTAL R$

Bancada










Mesa










Cadeira










TOTAL





    1. Material de consumo



DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

CUSTO UNITÁRIO R$

TOTAL R$

Material elétrico










Tinta






















TOTAL






    1. Contratação de serviços


DESCRIÇÃO

TOTAL R$

Serviços de Edificações




Serviços de Rede elétrica




Serviços de Redes de dados




Serviços de Telefonia




Serviços de sinalização




TOTAL





    1. Manutenção



DESCRIÇÃO

TOTAL R$



















TOTAL





6.7 Totalização dos recursos



DESCRIÇÃO


TOTAL R$

6.1 Recursos Humanos




6.2 Equipamentos




6.3 Mobiliário




6.4 Material de Consumo




6.5 Contratação de serviços




6.6 Manutenção




TOTAL





7 ACOMPANHAMENTO, AVALIAÇÃO E CONTROLE
O desempenho dos Infocentros será acompanhado através de relatórios semanais, visitas presenciais e virtuais, e avaliações dos cursos oferecidos.
Os relatórios constarão de dados relativos a taxa de ocupação e o número de atendimentos por cadastro. A taxa de ocupação indica se equipamento está sendo utilizado em todo seu potencial e o número de atendimentos indica se essa utilização está sendo feita por um mesmo grupo ou por um público diversificado tornando-se um indicador do alcance do Projeto.
A avaliação envolverá ainda o critério qualitativo que envolve o tipo de uso, quanto maior o número de relatos de pessoas que utilizam o programa para elaborar trabalhos acadêmicos, realizar pesquisas, conseguir uma vaga de emprego, fazer cursos on-line, se comunicar com parentes distantes, etc. mais bem avaliado será o Infocentro. Com a automatização do cadastro teremos informações mais precisas sobre o perfil de uso sem invadir a privacidade dos usuários.

8 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES
8.1 Fase 1



ITEM




AÇÕES/ATIVIDADES


Responsabilidades

2004

2005

CO

O


S

U

P



T

É

C


L

O

G

COS

A

G

O



S

E

T



O

U

T



N

O

V



D

E

Z



J

A

N



F

E

V



M

A

R



1

Apresentação e aprovação do projeto conceitual – CONSU


X





































2

Apresentação do projeto às equipes


X





































3

Reuniões c/ equipes para definições de ações e prazos

X

X


































4

Visita às Unidades/Direção para definição do espaço físico e levantamento das necessidades




X




X




























5

Diagnóstico das redes física e lógica no Campus e Unidades








X































6

Elaboração dos projetos dos espaços físicos, especificação e quantificação dos materiais; levantamento orçamentário








X

X

X

























7

Elaboração do projeto das Redes, especificação e quantificação dos materiais; levantamento orçamentário








X

X

X

























8

Elaboração do Projeto Organizacional e Pedagógico


X

X


































9

Organização do Seminário de Inclusão Digital


X

X

X

X

X

























9

Realização do Seminário de Inclusão Digital.


X

X

X

X

X

























10

Finalização dos Projetos baseado nas recomendações do Seminário


X

X

X

X

X

























11

Apresentação e aprovação dos projetos Organizacional e Pedagógico, Redes e Lógico e Físico.


X







































8.2 Fase 2



ITEM


AÇÕES/ATIVIDDES

Responsabilidades

2005

CO

O


S

U

P

&

C

T

É

C


L

O

G

COS

J

A

N



F

E

V



M

A

R



ABR

M

A

I



O

J

UN


J

U

L



A

G

O



1

Licitação e contratação dos serviços de redes e edificações














X

























2

Licitação e aquisição dos equipamentos e mobiliários














X

























3

Realização das reformas físicas – obras








X

X




























4

Instalações das redes elétrica e lógica








X

X




























5

Desenvolvimento do sistema de

controle de acesso – SIGA-Infocentro




X

X

X































6

Desenvolvimento das atividades relativas à implementação dos produtos e serviços previstos


X

X

X































7

Treinamento de recursos humanos (servidores e bolsistas)








X































8

Implantação dos Infocentros e inicio de suas atividades


X

X

X

X





























8.3 Fase 3



ITEM


AÇÕES/ATIVIDDES

RESPONSABILIDADES

2005

2006

CO

O


S

U

P



T

É

C


L

O

G

COS

S

E

T



OUT

NO

V


DEZ

J

A

N




F

EV


M

A

R



1

Visita aos Bairros vizinhos para definição da Instituição que abrigará os infocentros, o espaço físico e levantamento das necessidades, definição do modelo, serviços e produtos


X

X































2

Diagnóstico das redes física e lógica nos espaços definidos








X

X

























3

Elaboração dos projetos dos espaços físicos, especificação e quantificação dos materiais; levantamento orçamentário








X

X

























4

Elaboração do projeto das Redes, especificação e quantificação dos materiais; levantamento orçamentário








X

X

X






















5

Licitação e contratação dos serviços de redes e edificações














X






















6

Licitação e aquisição dos equipamentos e mobiliários














X






















7

Realização das reformas físicas







X

X

























8

Instalações das redes elétrica e lógica







X

X

























9

Treinamento de recursos humanos (servidores e bolsistas)





X

X




























10

Implantação dos Infocentros e inicio de suas atividades


X




































9 REFERÊNCIAS

ASSMAN, H. A metamorfose do aprender na sociedade da informação. Ci.Inf., Brasília, v.29, n.2, maio/ago. 2000. Disponível em: ..... Acesso em: 20 set. 2004.

ASSMAN, H. Reencantar a educação: rumo à sociedade aprendente. 4.ed.. Petrpols: Vozes, 2000.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESERCH LIBRARIES. Information literacy competency for higer education. Chicago: ALA, 2000. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/ilcomstan.html. Acesso em: 15 set. 2004.


BELLUZZO, R.C.B. A information literacy como competência necessária à fluência científica e tecnológica na sociedade da informação: uma questão de educação.

CAMPELLO, B. O movimento da competência informacional: uma perspectiva para o letramento informacional. Ci. Inf., Brasilia, v.32, n.3, p. 28-37, dez. 2003

CAREGNAT, S.E. O desenvolvimento de habilidades infomacionais: o papel das bibliotecs universitárias no contexto da informação digital em rede. Rev. Bibliotecon. & Comum., Porto Alegre, v.8, p.47-55, 2000.

DRABENSTOTT, K.M.; BURMAN, C.M. Revisão analítica da biblioteca do futuro. Ci. Inf., Brasilia, v.26, n.2., maio/ago. 1997. Disponível em: < > . Acesso em: 29 set 2004.

DUDZIAK, E.A Information literacy: princípios. Filosofia e prática. Ci. Inf., Brasilia, v.32, n.1, p. 23-35, dez. 2003

EDUCAÇÃO na sociedade da informação. In: SOCIEDADE da Informação no Brasil: Livro verde. Brasilia: ME, 2000. Cap. 4, p. 45-56.

A ESCOLA DO FUTURO DA USP (São Paulo) Educação para o pensar e comunidade de investigação. Disponível em: < http://www.bibviru.futuro.usp.br> Acesso em: ago. 2004

SILVEIRA, S.A (Org.). Software livre e inclusão digital. São Paulo: Conrad, 2003

SOCIEDADE da Informação no Brasil: Livro verde. Brasilia: ME, 2000.

10 ANEXOS

Anexo A

Universidade Federal de Juiz de Fora



Pró-Reitoria de Infra-Estrutura
Pró-Reitoria Adjunta de Logística
Diretoria de Sistemas de Informação

Projeto Conceitual

INFOCENTROS
Centros de Inclusão Digital

Índice


APRESENTAÇÃO 191

OBJETIVOS 197



I.Sumário 220

II.Justificativa 220

III.Proposta 221

IV.Cronograma 222

V.Orçamento 222

VI.Equipe 222



  1. Catálogo: ppge -> files -> 2010
    ppge -> Ata da ducentésima octogésima sexta reunião ordinária do colegiado delegado do programa de pós-graduaçÃo em educaçÃO/ced/ufsc
    files -> Faculdade de educaçÃo programa de Pós-Graduação em Educação edital processo seletivo 2014 o programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora faz saber a todos quantos virem o presente
    files -> Maria fernanda van erven
    files -> O interessante é que o próprio Estevam de Oliveira em seus escritos não utilizou apenas uma denominação quando se referia às escolas graduadas
    2010 -> Um labirinto
    2010 -> Universidade federal do pampa
    files -> Universidade federal de juiz de fora faculdade de educaçÃo programa de pós-graduaçÃo em educaçÃo quadro de disciplinas para 2018/3

    Baixar 2.56 Mb.

    Compartilhe com seus amigos:
1   ...   71   72   73   74   75   76   77   78   ...   83




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual