Um pouco de história: o despertar para a questão


A educação na Sociedade da Informação



Baixar 2.56 Mb.
Página61/83
Encontro27.05.2018
Tamanho2.56 Mb.
1   ...   57   58   59   60   61   62   63   64   ...   83
A educação na Sociedade da Informação

“A educação é o elemento-chave na construção de uma sociedade baseada na informação, no conhecimento e no aprendizado.” (Sociedade da Informação – Livro verde)

Historicamente, a finalidade da formação educacional é a de transmitir conhecimentos, formar profissionais para um trabalho estável, por toda a vida, aptos a exercer uma função especializada.

Educar em uma sociedade da informação significa muito mais que treinar as pessoas para o uso das tecnologias de informação e comunicação: trata-se de investir na criação de competências suficientemente amplas que permitam uma atuação efetiva na produção de bens e serviços, tomar decisões fundamentadas no conhecimento, operar com fluência os novos meios e ferramentas em seu trabalho, aplicar criativamente as novas mídias. Trata-se ainda de formar indivíduos para “ aprender a aprender” , de forma a serem capazes de lidar positivamente com a continua e acelerada transformação da base tecnológica.

Passamos de uma educação baseada na transmissão de informações, conteúdos para uma

“educação centrada no sujeito coletivo, que reconhece a importância do outro, a existência de processos coletivos de construção do saber e a relevância de se criar ambientes de aprendizagem que forneçam o desenvolvimento do conhecimento interdisciplinar.[...] levar o indivíduo a aprender a aprender, que se manifesta pela capacidade de refletir, analisar e tomar consciência do que se sabe, dispor-se a mudar os próprios conceitos, buscar novas informações, substituir velhas verdades por teorias transitórias, adquirir novos conhecimentos que vêm sendo requeridos pelas alterações existentes no mundo, resultantes da rápida evolução das tecnologias da informação.” (MORAES,1996, p. 64).


Os ambientes universitários estão associados à produção e disseminação do conhecimento, destacando-se a informação como um dos elementos relevantes neste processo. Para todas as pessoas, ter o acesso à informação é parte indissociável da educação, do trabalho e do lazer. São as pessoas que constroem o conhecimento, gerando informação, sendo esta diferença de posição, de agente passivo a agente ativo do conhecimento,
Dentro da universidade, o órgão encarregado de prover o suporte de informação, referencial teórico, é a biblioteca. Neste contexto, entende-se a biblioteca como algo bem mais amplo do que um depositório de livros, revistas e outros tipos de materiais.
As bibliotecas tradicionais estão em um momento de transição: a organização totalmente dependente do material impresso está passando para outro contexto, onde tudo, ou quase tudo, será armazenado sob o formato digital. Para melhor caracterização das várias modalidade de bibliotecas, apresentamos a seguir, alguns conceitos e classificações de bibliotecas :
• Bibliotecas Polimídias: são similares às tradicionais, porém, convivendo com livros, estão vídeos, fitas, CD-ROMs, microfilmes etc.;
• Bibliotecas Eletrônicas: pressupõem a existência de um acervo físico e utilizam recursos computacionais de uma forma ampla para armazenamento e recuperação de registros, construção e disponibilização de índices eletrônicos, busca e recuperação de textos completos em outras bibliotecas digitais;
• Bibliotecas Digitais: diferem das demais porque suas informações existem somente de forma digital (em disquetes, winchester, CDs etc.), não contendo livros na forma convencional. Dispõem de todos os recursos de uma biblioteca eletrônica, oferecendo pesquisa e visualização dos documentos (full text, vídeo etc.), tanto local como remotamente por meio de redes de computadores;
• Biblioteca Virtual: este termo remete a dois conceitos principais. Um, segundo Marchiori, está ligado ao conceito de realidade virtual e, portanto, utiliza recursos de software que simulam um ambiente de biblioteca na tela do computador, criando imagens em três dimensões que possibilitam entrar e circular pelas prateleiras de uma biblioteca virtual, acessar e ler livros, possuindo, assim, a característica de imersão. Por outro lado, CianconiI (Ref.) conceitua biblioteca virtual como uma relação de sites organizados segundo um critério temático, como se fosse um catálogo, não estando vinculada a nenhuma biblioteca do mundo real. (artigo tipologia das Bibliotecas)
As bibliotecas universitárias ou acadêmicas localizadas nas universidades e centros da produção técnico-científica são responsáveis pelo tratamento, armazenamento e disponibilização do acervo das mesmas e devem estar de acordo com os objetivos de suas instituições mantenedoras. Entretanto, como a implantação das tecnologias de informação e comunicação ainda é recente, essas unidades de informação disponibilizam as informações armazenadas em suporte impresso e em suporte eletrônico, dando um caráter "híbrido" ao seu acervo.
Ao empregar as tecnologias de informação e comunicação, as bibliotecas universitárias criaram novos serviços e aperfeiçoaram os já oferecidos.
Hoje, percebe-se que as bibliotecas universitárias caminham para uma dependência quase total do emprego das tecnologias de informação e comunicação e dos processos automatizados inerentes a essas tecnologias. Diante desta realidade, é quase impossível imaginar as tarefas de rotina realizadas em uma biblioteca sem o auxílio de processos automatizados, que possibilitam a conexão com a rede mundial de computadores em tempo integral.
Desta forma, as bibliotecas universitárias, ao utilizar e incorporar em suas práticas cotidianas as tecnologias de informação e comunicação, alteraram as formas de sociabilidade, implicando o redimensionamento dos papéis sociais dos atores que nela atuam, construindo novas formas de sociabilidade.
Assim, a criação de Infocentros - Centro de Inclusão Digital, faz-se necessária, como um novo espaço de acesso e uso da informação em seus novos suportes, sendo fundamental o aproveitamento do potencial da informação digital tanto no ensino presencial como no ensino a distância, mediante a utilização de documentos não estáticos, com âncoras para novas informações e com recursos naturais de navegação.


Catálogo: ppge -> files -> 2010
ppge -> Ata da ducentésima octogésima sexta reunião ordinária do colegiado delegado do programa de pós-graduaçÃo em educaçÃO/ced/ufsc
files -> Faculdade de educaçÃo programa de Pós-Graduação em Educação edital processo seletivo 2014 o programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora faz saber a todos quantos virem o presente
files -> Maria fernanda van erven
files -> O interessante é que o próprio Estevam de Oliveira em seus escritos não utilizou apenas uma denominação quando se referia às escolas graduadas
2010 -> Um labirinto
2010 -> Universidade federal do pampa
files -> Universidade federal de juiz de fora faculdade de educaçÃo programa de pós-graduaçÃo em educaçÃo quadro de disciplinas para 2018/3

Baixar 2.56 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   57   58   59   60   61   62   63   64   ...   83




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual