Um pouco de história: o despertar para a questão



Baixar 2.56 Mb.
Página23/83
Encontro27.05.2018
Tamanho2.56 Mb.
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   83
Mirella: Economia e Administração!

Déa Pernambuco: Economia também decidiu vir para cá. Então nós todos nos alojamos ali!

Mirella: E como vocês decidiram e por quê vocês decidiram juntar o infocentro para ser das três.

(Fragmento da entrevista individual realizada no dia 13 de junho de 2006).
Mirella: E vocês influenciaram na escolha do lugar ou eles sugeriram o lugar e vocês aceitaram?

Fernando Fiorese: Na realidade, o único lugar que existia disponível ali entre a Economia e a Pedagogia era o espaço ali da Comunicação. Houve uma discussão, até porque existiam dois projetos: um projeto que foi elaborado pelos engenheiros e arquitetos da logística, que é o que foi implantado efetivamente e uma outra alternativa, mas era só uma questão de mais ou menos espaço, que era uma alternativa que o Paulo Vilella achava mais razoável. Venceram os engenheiros e arquitetos porque eles devem ter mais poder de argumentação. Era o único espaço disponível, porque era a área de convivência das duas faculdades e a única coisa que foi discutida... quer dizer, nem foi discutida, era a única área disponível. O que se discutiu era a proximidade com a cantina, porque antes era a cantina ali. Então era a proximidade com a cantina, se não teria muitos prejuízos em termos de poluição sonora ou mesmo de poluição e gordura, mas as coisas foram resolvidas.

(Fragmento da entrevista individual realizada no dia 12 de fevereiro de 2007).
Assim, percebo que não houve uma participação efetiva dos diretores no próprio processo de implantação do infocentro destinado às suas unidades, fazendo com que não vivenciassem sua chegada dentro das faculdades. Da mesma maneira, desconheciam o trabalho realizado no infocentro e as responsabilidades a eles atribuídas, o que parece gerar um certo descompromisso com este local. Descompromisso no sentido de não se sentirem responsáveis pelo infocentro, o que pode ser fruto da maneira como este foi implantado.

Fala-se na autonomia dos diretores, mas não lhes são dados subsídios e nem mesmo informações suficientes para desempenhá-la. Assim, até mesmo os relatórios que lhes são entregues parecem não ser relevantes. Um diretor nem sequer sabe de sua existência, o outro lembra de tê-los recebido, mas não sentiu necessidade de arquivá-los. Apenas Marise Mendes e Fernando Fiorese, diretora e ex diretor da Faculdade de Comunicação – que cuidam da chave do infocentro – demonstram ter um maior conhecimento e até mesmo controle desses relatórios. É isso o que evidencia as falas dos diretores:



Mirella: E aí você recebe alguma informação sobre o trabalho que está sendo realizado lá no infocentro?

José Humberto: Nada!

Mirella: Porque o Diogo fala que são entregues relatórios para as unidades todos os meses, para que os diretores tomem conhecimento do que está acontecendo no infocentro. Então não recebe?

José Humberto: Não, não me lembro de ter... veio essa bolsista uma vez, só uma questão de problema de horário que ela teve, mas que a gente sanou e aí ficou tranqüilo. Mas esse relatório, eu não me lembro de receber ele não.

(Fragmento da entrevista individual realizada no dia 28 de junho de 2006).
Déa Pernambuco: A informação que eu tenho do infocentro é da administração dele e não do uso dele. Do uso eu não sei nada. Da administração eu sei que pelas poucas visitas que eu fiz lá, que eu vi tudo muito organizado para o aluno entrar ali, usar... apoio, ajuda... Tirando aquele problema que não pode imprimir as coisas, que os alunos lamentam... tudo muito bom! Além disso, me causou uma impressão muito boa quando vem para nós... não sei se continua vindo... relatório mensal do infocentro.

Mirella: O que tem nesse relatório?

Déa Pernambuco: Eu não sei onde é que ele está aqui nessa altura de papel.

(...)

Déa Pernambuco: Eram relatórios da prática administrativa, dizendo como estava funcionando e eu já me desfiz desses relatórios. Mas me causou boa impressão o fato deles estarem prestando contas à unidade do que estava acontecendo lá no infocentro.


Catálogo: ppge -> files -> 2010
ppge -> Ata da ducentésima octogésima sexta reunião ordinária do colegiado delegado do programa de pós-graduaçÃo em educaçÃO/ced/ufsc
files -> Faculdade de educaçÃo programa de Pós-Graduação em Educação edital processo seletivo 2014 o programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora faz saber a todos quantos virem o presente
files -> Maria fernanda van erven
files -> O interessante é que o próprio Estevam de Oliveira em seus escritos não utilizou apenas uma denominação quando se referia às escolas graduadas
2010 -> Um labirinto
2010 -> Universidade federal do pampa
files -> Universidade federal de juiz de fora faculdade de educaçÃo programa de pós-graduaçÃo em educaçÃo quadro de disciplinas para 2018/3

Baixar 2.56 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   83




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual