The bonds, the mass, the riots



Baixar 139 Kb.
Página12/12
Encontro06.04.2018
Tamanho139 Kb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12
O desprezo das massas: ensaio sobre lutas culturais na sociedade moderna. São Paulo: Estação Liberdade, 2002.

TARDE, Gabriel. [1901] A opinião e as massas. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

ZARETSKY, Eli. Secrets of the soul: a social and cultural history of psychoanalysis. Nova York: Vintage, 2004.



1 Trabalho apresentado ao Grupo de Trabalho Epistemologia da Comunicação, do XXIII Encontro Anual da Compós, na Universidade Federal do Pará, 27 a 30 de maio de 2014.

2 Professor (UERJ e FACHA/RJ). Doutor em Letras (UFRJ). Pós-Doutor (CECL/Universidade Nova de Lisboa). Pesquisador dos Grupos de Pesquisa/CNPq: “Redes Sociais, Ambientes Imersivos e Linguagem” e “ETC: Estudos Transitivos do Contemporâneo”.

3 Professor associado da Faculdade de Comunicação e do PPGCOM (UFJF). Doutor (Eco/UFRJ). Pós-Doutor (CECL/Universidade Nova de Lisboa). Psicanalista (NovaMente/RJ). Pesquisador dos Grupos de Pesquisa/CNPq: “Redes Sociais, Ambientes Imersivos e Linguagem” e “ETC: Estudos Transitivos do Contemporâneo”.

4 Regularmente, nos dois Grupos de Pesquisa/CNPq de que os autores participam. Nos últimos anos, em artigos apresentados no GT “Epistemologia da Comunicação” da Compós, e no Projeto “Crítica Epistemológica: Análise de investigações em curso, com base em critérios epistemológicos, para desenvolvimentos reflexivos e praxiológicos na pesquisa em Comunicação” (Procad / Capes, 2008: PPGCOMs da Unisinos, UFJF e UFG).

5 Cf. o verbete “Manifestações no Brasil em 2013”, na Wikipedia, em que há uma cronologia dos acontecimentos.

6 Cf. “Anonymous Brasil - As 5 causas!”: http://www.youtube.com/watch?v=v5iSn76I2xs. Acessado em 27 janeiro 2014.

7 As cinco causas são: 1. A rejeição ao PEC 37; 2. A renúncia de Renan Calheiros da presidência do Senado; 3. Investigações e punição de irregularidades nas obras da Copa do Mundo; 4. Lei que torna corrupção crime hediondo; e 5. O fim do foro privilegiado para políticos.

8 Lyotard está ciente de que se trata de uma clivagem simplificada, e mesmo não a aceita, pois “pertence a um pensamento por oposições que não corresponde às manifestações mais eloquentes do saber pós-moderno” ([1979], p. 27).

9 Continuando a citação, diz Lyotard ([1979], p. 28) referindo-se a Jean Baudrillard ([1978]): “...e a passagem das coletividades sociais ao estado de uma massa composta de átomos individuais lançados num absoluto movimento browniano”.

10 “Freud criou logo de saída aparelhos abstratos que independem de qualquer situação, mesmo que historicamente delongada dentro da espécie como sintoma repetitivo” (MAGNO [2005], p. 14).

11 As datas entre colchetes das obras de MD Magno, no decorrer do texto, se referem aos anos em que foram publicamente apresentadas em seminários e palestras.

12 Embora muito utilizada (sobretudo quanto a aspectos ecológicos), esta é uma metáfora ruim, pois a própria ideia de ‘primeira’ natureza é problemática por dizer respeito sobretudo ao biológico e suas decorrências, que, no caso do humano, sempre foram mediados por uma artificialidade (Cf. SILVEIRA Jr., 2006) que se confunde com seu próprio surgimento enquanto espécie.

13 (Cf. MAGNO [1986-87]). Esta reformatação ocorreu no âmbito da Escola de Comunicação/UFRJ e está documentada em publicações da época e atuais. Além da comunicação, continua reunindo pesquisadores de várias áreas (filosofia, psicologia, pedagogia, arquitetura [ARAUJO 2011, 2012, 2013], serviço social). Cf. as obras de MD Magno e de outros pesquisadores em: www.novamente.org.br. Cf. também ‘MD Magno’ na wikipedia.

14 Conceito introduzido em MAGNO [1982]. Considera-se o revirão instalado, de saída, na espécie humana como sua essencial dis­po­ni­bilidade (e não obrigação) para reverter, avessar o que quer que lhe seja apresentado. Acrescente-se que o revirão é também inerente ao que há, ao Haver, e não apenas à espécie.

15 Trata-se de um ponto de suspensão, ainda que por um átimo, do caráter opositivo das formações que pressionam umas as outras dentro do Haver (entre as quais, a formação chamada “humana”). Suspensão esta produzida por uma indiferenciação (isto é, uma equi-valência das diferenças) dos sentidos de seus polos como permanente possibilidade de passagem, em continuidade, de um polo a outro. É aí que se disponibiliza a criação (não de sínteses, mas) das próteses que têm caracterizado nosso modo de existir. Não confundir, portanto, indiferenciação com “superação”, dialética ou outra.

16 Ao que há ou venha a haver só é dada a possibilidade de haver vincularmente.

17 “...é na absoluta estranheza para com o próximo que encontro a minha absoluta vinculação” (MAGNO [1993], p. 122).

18 A neo-etologia diz respeito, por exemplo, a vinculações nacionais ou religiosas (portanto, históricas) que insistem em se fundamentar em etnia, cor da pele, sexo anatômico, etc.

19 São artifícios de dois tipos: espontâneos e industriais.

20 As idioformações de nosso caso terrestre são chamadas de pessoas.

21 O termo transa é aqui utilizado conceitualmente, englobando não só a ideia de transação (sexual, inclusive), mas também as de transe e transitividade das formações.

22 Para a teoria polar das formações, trata-se de buscar a adequação maior ou menor de tal configuração em tal momento, sem necessidade de qualquer apego a esta ou aquela formação.



Baixar 139 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual