Quero fazer os poemas das coisas materiais, pois imagino que esses hão de ser



Baixar 129.5 Kb.
Página3/31
Encontro27.05.2018
Tamanho129.5 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   31
2.2. CONVERGÊNCIAS E DIVERGÊNCIAS

Existem muitas semelhanças entre os conceitos de energia utilizados por Reich e pelas diversas linhas psicoterápicas neo-reichianas. Concorda-se em que há uma bioenergia, que esta interfere na fisiologia e na fisiopatologia do organismo humano, que existe um campo energético (aura) que vai além dos limites da pele, que essa energia pode ser bloqueada pela hipertonia muscular (7, 35, 36, 48, 50).

Nas conversas e discussões entre psicoterapeutas parece ser dado como implícito que os autores concordam sobre o que seja bioenergia. Na verdade, entretanto, existem diferenças importantes tanto no aspecto teórico-conceitual como no aspecto técnico, de como manejar terapeuticamente essa energia.

Chama a atenção em primeiro lugar que os chamados neo-reichianos, sem exceção, têm como um dos principais divisores de águas com as propostas reichianas clássicas, exatamente uma divergência não explicitada quanto ao conceito de bioenergia. Por divergência não explicitada quero dizer que nenhum dos autores neo-reichianos critica abertamente, ou afirma discordar, ou diz que são bobagens algumas das afirmações fundamentais de Reich sobre a bioenergia. Entretanto, são muitos os pontos de afastamento.

A começar pelo nome: os neo-reichianos não utilizam a denominação de energia orgone. Bioenergia, força vital ou simplesmente energia são os nomes mais comuns. E isto não é um simples detalhe, é quase que um resumo da diferença. Pois podemos perceber que toda a produção de Reich posterior ao “Análise do Caráter” (que é quando surge e se desenvolve o conceito de energia orgone), parece ter sido desprezada, ou “esquecida” pelos neo-reichianos. O Reich que é citado, homenageado, a quem se debitam influências, é aquele que existiu até meados da década de 1931. As pesquisas com bions; o acumulador de energia orgone; a câmara de energia orgone; as concepções astrofísicas e meteorológicas baseadas na energia orgone; o tratamento orgonoterápico do câncer; o medidor de energia orgone; o conceito de energia DOR; os experimentos sobre energia orgone com radiografias, contadores Geiger, tubos fluorescentes; tudo isso está ausente da teoria e da técnica neo-reichianas.

Na Psicologia Biodinâmica encontram-se referências aos conceitos de Reich: “eu concordo totalmente com os últimos trabalhos de Reich sobre orgonomia e sua pesquisa de 'raios cósmicos' “ (9, p. 91); “e logo comecei a incluir as teorias de Reich de fluxos vegetativos e energia orgônica” (9, p. 90); fala-se de um “suprimento de vida dado a todas as criaturas por uma energia cósmica (cf. 'mar cósmico' de Reich). Esta energia cósmica dá pulsação a todas as células vivas e está presente nas vísceras e em outros tecidos vivos” (9, p. 91). Apesar da aparente concordância com as idéias de Reich, o que podemos perceber a partir do exame atento das concepções de energia da Psicologia Biodinâmica é que há uma grande diferença entre estas e a teoria da Orgonomia conforme formulada por Reich, como veremos a seguir.

É curioso notar que os chamados neo-reichianos parecem fazer com Reich o que este fez com Freud: fundamentam-se nos trabalhos iniciais e descartam a produção posterior, retomando caminhos abandonados pelo autor que os influenciara.

Além disso, encontram-se divergências quanto a outros aspectos. Examinaremos aqui basicamente as diferenças conceituais entre as proposições de Reich, e as de dois dos principais ramos neo-reichianos: a Bioenergética de A. Lowen, e a Psicologia Biodinâmica de Gerda Boyesen.




Baixar 129.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   31




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual