Projeto pedagógico do curso de graduaçÃo em educaçÃo física – bacharelado ppc pró-Reitoria de Ensino de Graduação – prograd setor de Avaliação Institucional – seai sumário


ORGANIZAÇÃO CURRICULAR 8.1 Estratégias de implantação do currículo



Baixar 1.9 Mb.
Página60/204
Encontro04.03.2018
Tamanho1.9 Mb.
1   ...   56   57   58   59   60   61   62   63   ...   204

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR




8.1 Estratégias de implantação do currículo

A estrutura curricular é composta por disciplinas/créditos com regime de matrícula semestral. O curso é matutino, no entanto o estágio é realizado também no período diurno. As atividades-acadêmico-científico-culturais são obrigatórias para integralizar a matriz curricular e são normatizadas pelo Colegiado do Curso e cumpridas no decorrer do Curso, como complementar a matriz curricular.

A fim de articular o alcance dos objetivos e a construção do perfil do egresso, o Curso possibilita uma organização curricular integrada ao cenário da prática pedagógica em Educação Física na contemporaneidade problematizando questões ligadas a cinco grandes áreas de conhecimento enfocando a questão do ser e fazer docente na educação básica. Isso é reforçado pelo princípio da flexibilização da curricular da matriz, mediante as equivalências e aproveitamentos com os núcleos de disciplinas comuns da matriz curricular do Curso de Educação Física – Bacharelado –, do Núcleo Comum da Unidade Acadêmica de Humanidades, Ciências e Educação (UNAHCE) e das disciplinas optativas da própria Matriz Curricular (conforme anexo 1). Articulações entre as disciplinas efetivam a interdisciplinaridade que ocorre por meio de elaboração de projetos que envolvem unidades de conteúdos passíveis de relações (conforme descrito no item 8.2). Ademais, as disciplinas permeiam as diferentes manifestações da cultura corporal de movimento em diálogo com a formação docente nessa área que constitui o currículo da educação básica. Estabelece parcerias oferecendo cursos de formação continuada, viagens de estudo, participação em grupos de pesquisa, em grupos de estudo, em projetos de pesquisa e extensão, no programa de iniciação à docência, em eventos científico-culturais, em estágios não-obrigatórios entre outras ações que estimulam a formação do professor.

A organização curricular ainda incentiva acadêmicos a realizarem Atividades Acadêmico Científico Culturais (AACC), tanto para o cumprimento do que determina as DCNs para o curso de graduação em Educação Física (2004), quanto para efetivamente ampliar o repertório dos bacharelados, contribuindo para fortalecer a formação no intuito de possibilitar um melhor desempenho profissional.

Como são institucionalmente muito importantes os temas relacionados à Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena (como detalhadas no subitem 8.1.1) são tematizados ao longo do Curso, mais notadamente nas disciplinas de Sociologia, Capoeira, Jogos Brincadeiras e Brinquedos, Futebol e Futsal, e Educação Física e Meio Ambiente. Estas têm conseguido desenvolver em seus planos os conteúdos, reflexões e debates a respeito dos temas em questão. Destaca-se, nesse quesito, a realização institucional dos eventos Maio Negro e Semana Indígena da UNESC, com participação do curso de Bacharel em Educação Física.

O evento Maio Negro na UNESC é periodicamente realizado há 12 anos e teve sua última edição em 2016: Maio Negro: Negritude, Identidade, Imigrantes Contemporâneos. É uma iniciativa que tem como proponentes o Curso de História da UNESC, a ONG ACR - Anarquistas Contra o Racismo e a Unidade Acadêmica de Humanidades Ciências e Educação - UNAHCE. Tem como público a comunidade da UNESC (estudantes, docentes, funcionários e gestores), movimentos sociais de Criciúma e região.

A Semana Indígena da UNESC: História e Cultura do Povo Guarani é um evento organizado pela UNESC para tratar da Cultura Indígena. No Brasil e na América, de um modo geral, a história dos povos indígenas ainda é uma realidade desconhecida pela maioria da população. No meio acadêmico o uso do termo “índio” no sentido genérico continua sendo uma prática cotidiana.

Conhecer a história e a cultura dos povos indígenas da América não é uma simples atividade de ensino e pesquisa para suprir uma lacuna ignorada pela educação e pela História; é uma possibilidade de “um conhecer” para vislumbrarmos um novo modo de vida no Planeta. A participação nestes eventos, que acontecem a cada dois anos, busca debater com os estudantes a História e Cultura do Povo Guarani.

Além disso, pensamos que o debate sobre a cultura Afro-brasileira tenha uma excelente inserção nos debates desenvolvidos na disciplina Metodologia da Capoeira, cuja ementa aponta o estudo da História, organização e normatização da capoeira.

Na disciplina de Sociologia (Ementa: Contexto histórico do surgimento da sociologia. A sociologia como ciência. Os clássicos da Sociologia. As instituições e as organizações da sociedade. Questões sociológicas na modernidade e os novos paradigmas), apresenta-se como unidade didática a temática da História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena.

Em relação à Política de Educação Ambiental, a vinculação entre a universidade e a região em que está inserida é profunda, mesmo que não percebida imediata e diretamente. A Universidade não determina os rumos da sociedade, mas exerce uma influência inegável e considerável sobre ela. De alguma forma, a Universidade e o que ela produz se unem ao conjunto de forças que compõe o todo da sociedade e se irradiam de forma sistêmica na cidade, na região, no Estado, nos cenários nacional e internacional. Sobre esse tema compreendemos que a disciplina Educação Física e Meio Ambiente aborde esse assunto e, em articulação com a Semana do Meio Ambiente (evento institucional realizado anualmente) possibilita ampliar o debate a partir da construção de uma agenda ambiental construída na disciplina com os estudantes.

O curso promove também sistematicamente momentos/eventos que desenvolvem uma relação reflexiva com o meio ambiente como “a caminhada dos tropeiros” – realizada na Serra do Rio do Rastro – e “corridas orientadas” utilizando várias trilhas da região.

Quanto às políticas de Educação Inclusiva (levando em consideração a Resolução 12/2010/CAMARA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO da UNESC), é importante destacar a presença da disciplina Fundamentos e Metodologia da Educação Inclusiva. Essa disciplina é institucional e a partir da sua ementa (Aspectos históricos do conceito deficiência. Legislação e políticas de educação inclusiva. Construção das identidades e práticas pedagógicas: surdo, cego, deficiente intelectual, deficiente físico, deficiente múltiplo e as síndromes) destacamos o seu papel na constituição de um currículo que trate do contexto da Educação para todos. Além disso, a disciplina Metodologia dos Esportes Adaptados (Ementa: Contexto histórico, fundamentos técnicos e táticos, regulamentação básica e processo pedagógico de ensino dos esportes adaptados) dá conta da especificidade do debate apresentado pelo curso de Bacharelado em Educação Física.

Ainda sugerimos que os temas tratados na disciplina de Produção e Interpretação de Textos (PIT) e os assuntos debatidos na disciplina Metodologia Científica e da Pesquisa sejam atravessados pelos temas de contexto nacional que trata das minorias e seus direitos dentro da sociedade atual.

Todas essas ações consideram também os aspectos de acessibilidade de forma plena articulada assim ao PDI da UNESC que “[...] consciente de seu compromisso em promover a inclusão social, concretiza seu plano de adequações a fim de atender as necessidades de acesso aos portadores de necessidades especiais em seu campus”. (UNESC, 2009, p. 170). Desse modo, os alunos encontram em sua trajetória de formação, programas que possibilitam o acesso e a permanência dos estudantes como os núcleos Necessidades Especiais, Necessidades Econômicas e Estudos Afro-brasileiros que, entre outras ações, disponibilizam cursos de LIBRAS, materiais em Braille, softwares específicos, intérprete de LIBRAS, sinalização visual e tátil, assessoria pedagógica para dificuldades de aprendizagem, orientação educacional e bolsas de estudo específicas.

Enfim, a UNESC, na missão que lhe compete junto à sociedade, tem no Curso de Educação Física – Bacharelado – a finalidade de atender às atuais demandas da comunidade por intermédio da capacitação profissional relacionada ao conhecimento das necessidades atuais da sociedade.






      1. Catálogo: portal -> resources -> files
        files -> Coordenadora do Curso: Prof. Izabel Regina de Souza, Msc
        files -> Projeto pedagógico do curso de graduaçÃo em educaçÃo física – licenciatura ppc pró-reitoria de Ensino de Graduação – prograd setor de Avaliação Institucional – seai sumário
        files -> do preenchimento das vagas as vagas serão preenchidas pelos candidatos aprovados nos respectivos cursos, no Concurso Vestibular acafe 1º semestre/2016, por ordem de classificação. Da matrícula
        files -> Universidade do extremo sul catarinense unesc
        files -> Projeto político pedagógico (ppc) curso de geografia licenciatura
        files -> Relatório de atividades 2015 curso de nutriçÃO
        files -> Tecnologias para a integralidade do cuidado nas redes de atençÃo em saúde como possibilidade para o fortalecimento do sistema

        Baixar 1.9 Mb.

        Compartilhe com seus amigos:
1   ...   56   57   58   59   60   61   62   63   ...   204




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual