Projeto pedagógico do curso de graduaçÃo em educaçÃo física – bacharelado ppc pró-Reitoria de Ensino de Graduação – prograd setor de Avaliação Institucional – seai sumário



Baixar 1.9 Mb.
Página176/204
Encontro04.03.2018
Tamanho1.9 Mb.
#125
1   ...   172   173   174   175   176   177   178   179   ...   204
CAPÍTULO V

DA ORIENTAÇÃO
Art. 9º- O TCC deverá ser elaborado individualmente pelo acadêmico, orientado por docente da Universidade, preferencialmente do Curso de Educação Física com a supervisão dos procedimentos pela Coordenação dos TCCs.
§ 1º - A titulação mínima exigida dos docentes para realizar orientação de TCC é a de especialista;
§ 2º - Os orientadores serão escolhidos de acordo com suas áreas de competência e conforme as temáticas do TCC, previamente entregues a coordenação do curso pelos professores;
§ 3º - A aceitação de orientar o TCC, facultada ao docente da Universidade, será formalizada por meio de instrumento próprio de termo de compromisso determinado pelo Curso de Educação Física;
§ 4º - O acadêmico deverá confirmar seu orientador, por meio da entrega da Ficha de Confirmação de Orientação, até a data estipulada no cronograma de atividades da disciplina de TCC. A não entrega até a data estipulada implicará na automática reprovação do acadêmico na disciplina, não cabendo recurso dessa decisão;
§ 5º - É admitida a co-orientação do TCC, com comunicado prévio a coordenação do TCC, apenas sob a forma voluntária, cuja função é a de auxiliar o orientador no processo de orientação do acadêmico.
Art. 10º - São atribuições do professor orientador:

  1. Orientar e acompanhar o desenvolvimento do TCC;

  2. Solicitar ao orientando, relatórios de atividades;

  3. Realizar, junto com o orientando, o preenchimento dos documentos referentes ao Comitê de Ética em Pesquisa e enviar a Plataforma Brasil, quando necessário;

  4. Acompanhar e avaliar o TCC, observando as normas metodológicas estabelecidas pela Universidade, coerência linguística e o desenvolvimento dos objetivos propostos;

  5. Vetar a defesa do TCC sempre que verifique falta de condições, por parte do acadêmico, com referência à fundamentação teórica, estruturação metodológica, de domínio do tema escolhido ou a existência de plágio na elaboração do mesmo;

  6. Realizar o controle de frequência de cada orientação de TCC em formulários específicos, assinando-os juntamente com o orientando;

  7. Presidir os trabalhos da banca examinadora;

  8. Informar por escrito ao Coordenador do TCC, qualquer irregularidade decorrente do não cumprimento, pelo orientando, das condições estabelecidas nesta resolução e demais orientações do curso;

  9. Garantir o cumprimento das horas-aula estabelecidas para cada acadêmico/orientando;

  10. Entregar a ficha da Avaliação Final até a data estabelecida pelo calendário do Curso.

Art. 11º - O professor orientador poderá desobrigar-se da incumbência de orientação, mediante apresentação de justificativa escrita e devidamente autorizada pelo Coordenador do TCC e do Curso.


§ 1º - Quando for aceita a desobrigação da função de orientador, o Coordenador do Curso deverá indicar novo orientador no prazo máximo de até 10 (dez) dias, contados da data de aceite da desistência;
§ 2º - A data limite para desobrigação do orientador será de até dois meses antes do início das apresentações dos TCCs.


Catálogo: portal -> resources -> files
files -> Coordenadora do Curso: Prof. Izabel Regina de Souza, Msc
files -> Projeto pedagógico do curso de graduaçÃo em educaçÃo física – licenciatura ppc pró-reitoria de Ensino de Graduação – prograd setor de Avaliação Institucional – seai sumário
files -> do preenchimento das vagas as vagas serão preenchidas pelos candidatos aprovados nos respectivos cursos, no Concurso Vestibular acafe 1º semestre/2016, por ordem de classificação. Da matrícula
files -> Universidade do extremo sul catarinense unesc
files -> Projeto político pedagógico (ppc) curso de geografia licenciatura
files -> Relatório de atividades 2015 curso de nutriçÃO
files -> Tecnologias para a integralidade do cuidado nas redes de atençÃo em saúde como possibilidade para o fortalecimento do sistema

Baixar 1.9 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   172   173   174   175   176   177   178   179   ...   204




©psicod.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
Processo seletivo
ensino fundamental
minas gerais
seletivo simplificado
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
Concurso público
direitos humanos
Universidade estadual
saúde mental
educaçÃo infantil
educaçÃo física
Centro universitário
saúde conselho
ciências humanas
santa maria
Poder judiciário
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ensino aprendizagem
língua portuguesa
políticas públicas
Colégio estadual
recursos humanos
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
outras providências
secretaria municipal
público federal
educaçÃo universidade
Conselho municipal
catarina prefeitura
Componente curricular
conselho estadual
psicologia programa