Projeto pedagógico do curso de farmácia da faculdade de ciências sociais e agrárias de itapeva fait



Baixar 1.89 Mb.
Página2/295
Encontro30.11.2019
Tamanho1.89 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   295

SUMÁRIO




APRESENTAÇÃO 28

1. A INSTITUIÇÃO 29

1.1. Identificação 29

1.2. Localização da Instituição 29

1.3. Estrutura Organizacional Regimental da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva - FAIT 29

1.3.1. Administração Superior: Atribuições e Competências 29

1.3.2. Administração Básica: Atribuições e Competências 30

1.4. Dirigentes principais 31



1.5. Breve Histórico Institucional 31

1.6. Missão, Finalidades, Objetivos Institucionais e Áreas de Atuação 34

1.6.1. Missão Institucional 34

1.6.2. Finalidades 35

1.6.3. Objetivos Institucionais 36

1.6.4. Áreas de Atuação 37



1.7. O Perfil do Egresso da FAIT 38

2. ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DO CURSO 40

2.1. Dados Gerais do Curso de Farmácia da FAIT 40

2.2. Forma de acesso ao curso 40

2.3. Objetivos do Curso de Farmácia 41

2.3.1. Objetivo Geral 42

2.3.2. Objetivos Específicos 42

2.3.3. Alinhamento dos Objetivos com o perfil do Egresso do curso 44

2.3.4. Construção dos Objetivos na Estrutura Curricular 45

2.4. Perfil Profissional do Egresso do Curso 47

2.4.1. Competências e Habilidades 47

2.4.2. A análise de contexto e as características locais e regionais que influenciam a formação de profissional e que devem ser trabalhadas em atividades previstas no curso 51

2.4.3. O processo de análise do PPC - configuração de perfil de egresso, em função das novas demandas do mercado de trabalho 53

2.5. Matriz Curricular do Curso de Farmácia da FAIT 54

2.5.1. Disciplinas optativas a serem cursadas em Regime Especial 56

2.6. Conteúdos Curriculares 57

2.6.1. Seleção dos Conteúdos e elaboração do Currículo 58

2.6.2. Eixo de Formação do Núcleo Comum 60

2.6.3. Estratégia de Flexibilidade na organização curricular 63

2.6.4. A interdisciplinaridade na organização curricular 64

2.6.5. A articulação entre os componentes curriculares na estratégia do curso 64

2.6.6. O Decreto 5.626/2005 65

2.6.7. Coerência da Estrutura Curricular com as DCNs e demais legislações 65

2.7. Adequação da Metodologia de Ensino às concepções do Curso 65

2.8. Ementário e Bibliografia do Curso 66

2.9. Estágio Curricular Supervisionado 127

A Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008 (D.O.U. de 26/09/2008), que dispõe sobre estágio de estudantes, assim conceitua estágio em seu Art. 1º: “Art. 1o Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular em instituições de educação superior...” e outras modalidades de ensino. Acrescenta, em seu § 1o O estágio faz parte do projeto pedagógico do curso, além de integrar o itinerário formativo do educando. 128

Explicitando, significa o período que o acadêmico dispõe para realizar, na prática, o aprendizado obtido em sala de aula e em outros espaços de ensino-aprendizagem; ou seja, é o período de estudos práticos, exigido como parte integrante dos currículos para obtenção do título. É considerado, ainda, como período probatório, durante o qual uma pessoa exerce uma atividade temporária numa empresa. Portanto, todo período em que o aluno se aplica para adquirir aprendizagem e experiência em determinada área, podemos denominar de estágio. Isto responde ao que dispõe o Art. 2º, § 3o da Lei de estágio que estabelece: “As atividades de extensão, de monitorias e de iniciação científica na educação superior, desenvolvidas pelo estudante, somente poderão ser equiparadas ao estágio em caso de previsão no projeto pedagógico do curso”. 128

Objetivos do Estágio Supervisionado 128

Em seu Art. 1º § 2º, a Lei nº 11.788/2008, define o objetivo geral do estágio, em qualquer modalidade de ensino “O estágio visa ao aprendizado de competências próprias da atividade profissional e à contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho”. E no Art. 2º § 1o “Estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma”. 128

O Estágio Supervisionado em FARMÁCIA da FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA - FAIT visa a proporcionar o crescimento profissional de seus alunos mediante uma dinâmica de condições e de situações que os tornem aprimorados em sua técnica, partícipes do grupo profissional e mais conscientes de suas responsabilidades com a pessoa humana, permitindo, sobremaneira, a aprendizagem de técnicas pela prática; e, acima de tudo, proporcionar ao acadêmico a complementação educacional e prática profissional, mediante sua efetiva participação no desenvolvimento dos programas e planos de trabalhos afetos à unidade organizacional onde se realize o estágio, ou seja, à parte concedente. 129

A formação acadêmica tem como base o fornecimento ao aluno de conhecimentos teórico-práticos e científicos do aluno, requeridos para o exercício das competências e habilidades específicas, definidas nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em FARMÁCIA, formando profissionais técnica e politicamente competentes, para atuar na realidade local e regional; para o gerenciamento dos serviços de FARMÁCIA; zelando pelo cumprimento da legislação do exercício profissional da FARMÁCIA; buscando, para este exercício, inovações científicas, tecnológicas, políticas e legais que contribuam para o desenvolvimento da FARMÁCIA profissional, e para o contexto do País; e reconhecendo, desde o início do curso, a autoridade e as diretrizes operacionais emanadas do Conselho Regional de Farmácia – CRF/SP o órgão de classe profissional. 129

O estágio supervisionado é uma atividade curricular obrigatória que se configura a partir da inserção do aluno no espaço sócio institucional, objetivando capacitá-lo para o exercício do trabalho profissional, o que pressupõe supervisão sistemática. Enquanto parte indissociável da formação acadêmica alia o pensar e o agir, à teoria e a prática. Para o Curso de Farmácia da FAIT, a proposta é desenvolver, concomitante às aulas teórico práticas da matriz curricular, um processo de ensino aprendizagem, através dos estágios curriculares e supervisionado, os quais permitem ao estudante vivenciar o universo da atividade farmacêutica. Pretende-se que o estudante analise os problemas do contexto real do trabalho, propondo soluções e intervindo para a transformação da realidade de saúde. Na prática do estágio é esperado que os alunos interiorizem o papel do farmacêutico, compondo o cenário adequado à percepção de seu papel profissional através do desenvolvimento de atividades que devem refletir situações reais do exercício da profissão. 130

Como desdobramento do objetivo geral do Estágio Supervisionado, definido pela Lei nº 11.788/2008, em seu Art. 1º § 2º, foram propostos os objetivos específicos para o Curso de Graduação em Farmácia, em pauta: 130

- proporcionar a articulação entre a teoria e a prática de Farmácia, possibilitando ao aluno uma visão holística, humanista e interdisciplinar, doas processos implicados e de seus resultados; 130

- habilitar o aluno para o planejamento, sistematização e gerenciamento das ações da Farmácia, nas diferentes especialidades da prática profissional; 130

- desenvolver competências e habilidades psicomotoras, cognitivas, reflexivas, críticas e criativas necessárias à atuação em Farmácia; 130

- integrar as ações de Farmácia às ações multiprofissionais, incrementando a visão sistêmica da profissão e da prática profissional. 130

Organização do Estágio Supervisionado 130

O Estágio Supervisionado do Curso de Farmácia da FAIT está devidamente regulamentado e institucionalizado, considerando, em uma análise sistêmica e global, os aspectos de carga horária, existência de convênios, formas de apresentação, orientação, supervisão e coordenação. 130

Os estágios são realizados sob orientação de docente, em campo de atuação profissional da área farmacêutica, com supervisão local, realizada por profissional com formação superior e com competência na área do estágio, entendido esse como preceptor, obedecendo à proporção máxima de 10 (dez) estudantes por supervisor/preceptor local. Além disso, conta com um coordenador de estágios. 131

O Estágio Supervisionado do Curso de Farmácia da FAIT oferecido ao aluno tem a carga horária total de 880 horas, sendo desenvolvido nos 3°, 4°, 5°, 6°, 7°, 8° e 10° semestres respectivamente, de forma articulada, em complexidade crescente, da seguinte forma: 131





Baixar 1.89 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   295




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual