Projeto Málaga



Baixar 0.69 Mb.
Página43/50
Encontro06.04.2018
Tamanho0.69 Mb.
1   ...   39   40   41   42   43   44   45   46   ...   50
CONTEXTO SOCIAL.

A primeira finalidade que nós, os pais do Projeto Roma, perseguimos no contexto social, é que nossos amigos, familiares, vizinhos e vizinhas etc. aceitem os princípios de igualdade para nossos filhos. Devemos comunicar-lhes que, a superproteção, a pena, a compaixão só vão prejudicar em sua aprendizagem e em seu comportamento. Temos que educá-los como qualquer outro de nossos filhos e, assim mesmo, exigir da sociedade que recebam o mesmo tratamento que aquelas pessoas com as quais convivem.


Somos conscientes de que a problemática de sua aceitação social nos acompanha durante toda a vida. A inserção no trabalho das pessoas adultas com Síndrome de Down é uma meta para o futuro que já hoje começa a buscar soluções nos distintos âmbitos de nossa sociedade, como o “Emprego com Apoio” e, que não duvidamos, serão motivo de discussão.
Do ponto de vista realista, a problemática social ameaça com a nossa destruição, mas todos somos conscientes de que hoje em dia, as coisas têm melhorado com relação à dez e não digamos há vinte anos. Pelo mesmo motivo, ninguém pode nos tirar o direito de pensar que ainda será melhor dentro de alguns anos.
Os pais do Projeto Roma querem emitir uma mensagem de otimismo para todas as famílias com filhos com Síndrome de Down. A filosofia de nosso projeto deve ir se estendendo mães, pais, profissionais do ensino e por todas as camadas da sociedade, do mesmo modo que a chuva mansa molha a terra de forma lenta mas inexorável. Podemos assegurar que assim será. Não queremos deixar lugar para a dúvida, pois a prova palpável são vocês: profissionais do ensino em suas distintas especialidades, da medicina, pais e familiares de pessoas com Síndrome de Down, trabalhando lado a lado durante quatro dias, compartilhando inquietações e encontrando soluções. Desta forma, conseguiremos que a sociedade possa acreditar nelas (pessoas com Síndrome de Down) como pessoas com competência para aprender, ser autônomos e definitivamente ser úteis para a mesma.

NÓS ACREDITAMOS QUE ISSO É POSSÍVEL!!!!

VALÉRIO

Valério VELA: a meu amigo Miguel López Melero. Estou muito contente de participar deste segundo encontro com rapazes com Síndrome de Down em Málaga. Meu primeiro pensamento ante este encontro é manifestar que estou muito agradecido de ter participado no Projeto Málaga em Santa Marinella. Penso que neste encontro, temos que aprofundar no Projeto Málaga, os pais e mães como as pessoas Down para organizar uma vida melhor para seus filhos. Eu gostaria de fazer um discurso para todas as mães: “Quando uma mãe tem um filho pequeno deve estar muito atenta à sua saúde e a sua vida; quando seu filho for maior poderá dizer, portanto, sou Down mas sou competente para viver com autonomia. Também as mães devem explicar o que significa que ele é uma criança com Síndrome de Down, quais são os motivos pelos quais ele é Síndrome de Down e depois lhe dizer que, ser Síndrome de Down não é um problema...

Devemos dar-lhe a liberdade, porque, assim, ele poderá construir sua vida. Devem deixá-lo viajar sempre assim obteremos muita cultura de todas as partes onde vamos. Devem deixar-lhe se de Boy Scouts, porque é uma fantástica aventura para seu filho. Eu, Valerio Vela, tenho aprendido tudo isto, porque me têm dado sempre uma grande liberdade. Agora, eu vivo em Londres há mais de um ano. Em 6 de março de 1997, começo o curso de computadores e depois tirarei meu primeiro diploma de técnico de computadores... Estou trabalhando num escritório que me permite utilizar o computador. Meu futuro é poder trabalhar com Giammarco em um banco, mas devo, primeiro, aprender e aprofundar-me na língua inglesa e depois farei todas estas coisas. Giammarco me prometeu que eu trabalharei duramente e ganharei um bom salário, me ajudará a encontrar uma garota para mim e ter um apartamento todo meu e eu o manterei com meu trabalho e com minha vida.” De teu melhor amigo...



Valerio, María, Pablo, Renata, Jesus, Giusueppe, Beatrice, Ramón e Jesus:

Demos a voz às pessoas com Síndrome de Down.



Baixar 0.69 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   39   40   41   42   43   44   45   46   ...   50




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual