Poder judiciário justiça federal goiáS


JORNAL – O POPULAR – 29.06.2012 – PÁG.10



Baixar 0.5 Mb.
Página2/13
Encontro28.11.2019
Tamanho0.5 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13
JORNAL – O POPULAR – 29.06.2012 – PÁG.10
CNMP condena ameaças
Membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) estiveram ontem em Goiânia para manifestar apoio aos procuradores da República que atuam na Operação Monte Carlo, depois que Léa Batista de Oliveira sofreu duas ameaças. A procuradora recebe proteção da Polícia Federal (PF) desde o começo dessa semana. Ela investiga suposto esquema criminoso chefiado pelo empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
O conselheiro do CNMP, Mário Bonsaglia, classificou as tentativas de intimidação como “intoleráveis”. De acordo com ele, todas as medidas já foram tomadas pelo setor de segurança institucional do Ministério Público Federal (MPF) para garantir a segurança dos procuradores. Ocupando a vaga da Ordem dos Advogados do Brasil no CNMP, o conselheiro Almino Afonso Fernandes afirmou que as instituições fundamentais para o estado democrático de direito não podem ser ameaçadas. “Além da integridade física dos seus membros, é preciso defender a integridade da democracia e da sociedade”, disse. O corregedor nacional do conselho, Jeferson Luiz Pereira Coelho, também estava presente.
Léa sofreu outra ameaça no último sábado. Dessa vez, de forma mais agressiva. O e-mail foi encaminhado pelo remetente Sílvio Caetano Rosa, com o assunto “cuidado”. No texto, ele xinga e ameaça a procuradora: “Sua vadia ainda vamos te pegar, cuidado, você e sua família correm perigo”.
A primeira tentativa de intimidação aconteceu no dia 13 de junho. Na ocasião, ela recebeu um e-mail em tom ameaçador que criticava a atuação “dura” da procuradora. A mensagem dizia que Léa Batista tinha destruído a família e colocado o trabalho do remetente em risco. O texto é assinado por alguém que se denominou “injustiçado”. “Me diga porque não pegaram quem ganha dinheiro com estas porcarias de jogos e afins?”, diz o e-mail.
Na mesma data, o juiz federal Paulo Augusto Moreira Lima – responsável pela ação penal da Operação Monte Carlo e pela ordem de prisão aos membros do núcleo da organização criminosa – pediu afastamento do processo com o argumento de que vinha sofrendo ameaças de pessoas ligadas à quadrilha.
A iniciativa do CNMP atende ao ofício do presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República , Alexandre Camanho. Ele solicitou que o conselho tomasse medidas com intuito de garantir a segurança da procuradora. O pedido foi acatado na segunda.
A unidade de segurança da Procuradoria Geral da República (PGR) já rastreava os remetentes, antes da medida do CNMP. Existe a suspeita de que as mensagens tenham sido enviadas por algum dos réus da ação penal ajuizada pelos procuradores. Roberto Gurgel classificou as tentativas de intimidação como intoleráveis e inúteis, uma vez que a PGR vai “continuar atuando com o mesmo destemor e determinação”.
Cachoeira tem hc rejeitado
Em despacho proferido ontem à noite, o ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou o habeas-corpus movido pela defesa do empresário Carlinhos Cachoeira, rejeitando em consequência o pedido de liminar para libertação do contraventor.
Na petição, a defesa alegou que Cachoeira é alvo de constrangimento ilegal e mantido preso por tempo exagerado. Ele está detido há 120 dias, embora não tenha sido julgado e outros réus tenham sido libertados. Barbosa considerou que Cachoeira tem “peculiaríssimas” atribuições na organização criminosa. Segundo o ministro, “circunstâncias fáticas e condições pessoais” diferenciam Cachoeira dos demais réus.


Baixar 0.5 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
oficial prefeitura
minas gerais
terapia intensiva
Conselho nacional
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ciências humanas
ensino aprendizagem
outras providências
secretaria municipal
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
Dispõe sobre
catarina prefeitura
Colégio estadual
recursos humanos
Conselho municipal
consentimento livre
ministério público
conselho estadual
público federal
psicologia programa
Serviço público