Nota sobre a autora


O valor educativo dos jogos



Baixar 0.5 Mb.
Página31/48
Encontro04.03.2018
Tamanho0.5 Mb.
1   ...   27   28   29   30   31   32   33   34   ...   48
4.1.1 O valor educativo dos jogos

Podemos considerar que atividades lúdicas ou jogos e brincadeiras são exercícios de comunicação que o sujeito usa para ressignificar o real, enfrentando-o e desenvolvendo-se como sujeito capaz. O jogo pode significar para o sujeito uma “folga”, ou seja, um relativo descompromisso com a contínua necessidade de adaptação e de sobrevivência.



No contexto educacional, podemos pensar nessa premissa como a possibilidade que o educador tem, com os jogos, de trabalhar conteúdos necessários à facilitação da aquisição de conhecimentos de maneira que o educando envolva-se na sua inteireza, interagindo nessa situação funções lógicas, afetivas e sociais.

Figura 4.1 – A funcionalidade do jogar

O processo obtido com o jogo intervém diretamente na capacidade do ser humano em desenvolver um pensamento anterior à ação, isto é, ser capaz de avaliar, discernir e não agir de forma impulsiva, fortalecendo-se no enfrentamento dos conflitos.

No contexto educacional, o educador que utiliza o jogo na sua programação pedagógica possibilita que o educando experimente sentimentos múltiplos e generalize a experiência educativa para situações da vida cotidiana. Somado a este aspecto, o educador permite ao educando conhecer suas habilidades, superar limitações, desenvolver valores e considerar individua­lidades.

O educador deve considerar a essência inseparável do ato de brincar com o ato de aprender. Em muitas escolas essas atividades acontecem como se fossem instâncias independentes, não encarando que as atividades lúdicas possibilitam o desenvolvimento de conteúdos que são pré-requisito para aquisição de muitos conhecimentos, uma vez que estão envolvidos no ato de jogar diversos aspectos do desenvolvimento, como físico, intelectual, cognitivo, artístico, criativo, sensorial, social, ético, funcional e psicomotor6.

Segundo Visca7, os jogos podem ser classificados em lógicos, afetivos e sociais. O primeiro desenvolve o raciocínio, os afetivos estimulam a emoção e os sociais auxiliam na aquisição de condutas próprias do meio.



Baixar 0.5 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   27   28   29   30   31   32   33   34   ...   48




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual