M unicípio de concórdia


META 5: Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do Ensino Fundamental



Baixar 4.14 Mb.
Página42/57
Encontro04.03.2018
Tamanho4.14 Mb.
1   ...   38   39   40   41   42   43   44   45   ...   57
META 5:

Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do Ensino Fundamental.
ESTRATÉGIAS:


    1. Articular momentos de formações continuadas coletivas, específicas na área de alfabetização e letramento, com professores que atuam do 1º ano do Ensino Fundamental e na Educação Infantil, visando construir processos pedagógicos alicerçados na continuidade de um segmento com o outro.

    2. Fomentar políticas de formação, em alfabetização e letramento, aos professores que atuam nos 3 (três) primeiros anos do Ensino Fundamental, garantindo, preferencialmente, que os mesmos permaneçam atuando no Ciclo de Alfabetização.

    3. Instituir instrumentos de avaliação sistêmica, com o intuito de aferir o processo de qualidade da alfabetização das crianças do 1º ao 3º ano, bem como estimular as redes de ensino a criar estratégias de avaliação e monitoramento do processo de ensino e aprendizagem.

    4. Fomentar o desenvolvimento de tecnologias educacionais e de práticas pedagógicas inovadoras que assegurem a alfabetização de todas as crianças, no máximo, até o 3º ano do Ensino Fundamental e favoreçam a melhoria do fluxo escolar e a aprendizagem dos alunos, consideradas as diversas abordagens metodológicas e sua efetividade.

    5. Assegurar a alfabetização de crianças do campo e de populações itinerantes, com a produção de materiais didáticos e metodologias de trabalho que respeitem a identidade cultural e as linguagens desses estratos sociais.

    6. Promover e estimular a formação inicial e continuada de professores para a alfabetização de crianças, com o conhecimento de novas tecnologias educacionais e práticas pedagógicas inovadoras, estimulando a articulação entre programas de pós – graduação stricto sensu e ações de formação continuada de professores para a alfabetização.

    7. Criar políticas para a alfabetização das pessoas com deficiência, respeitando as suas especificidades, inclusive a alfabetização bilíngue de pessoas surdas, sem determinação de terminalidade temporal.

    8. Criar políticas para a alfabetização de alunos que possuam dificuldades de aprendizagem, Transtorno e Déficit de Atenção e Hiperatividade – TDAH assegurando a elas o direito de apropriarem-se da leitura, interpretação, produção e resoluções matemáticas, levando em consideração as especificidades de cada dificuldade apresentada, bem como o tempo para que se dê a construção e a apropriação desses conceitos.

    9. Promover, em consonância com as Diretrizes do Plano Nacional do Livro e da Leitura, a formação continuada de professores e de bibliotecários para atuarem como mediadores da leitura fomentando a formação de leitores.


META 6:



Baixar 4.14 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   38   39   40   41   42   43   44   45   ...   57




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual