Justificativa do Estágio



Baixar 29 Kb.
Página1/3
Encontro04.03.2018
Tamanho29 Kb.
#139
  1   2   3

Estágio em Psicologia Política no Sindicato dos Psicólogos no Estado do Rio Grande do Sul - SIPERGS

Justificativa do Estágio
Uma articulação formal da Psicologia no Brasil com a interface da Psicologia Política já vem acontecendo desde 2001, com a criação da Associação Brasileira de Psicologia Política. Desde então, o trabalho nessa área vem crescendo em dimensão e importância.

Entendemos que, desde a abertura democrática no Brasil, nos anos 80, a participação política de todos os cidadãos brasileiros têm se tornado cada vez mais relevante. Hoje em dia, talvez mais do que nunca, as possibilidades de ações políticas dentro das configurações do nosso Estado e da nossa sociedade são altamente ricas e instigantes, oferecendo muitas possibilidades para aqueles que forem capazes de se articular.

A Psicologia não se encontra à margem da Política. Pelo contrário, ela é constituída mesmo internamente por pressupostos ideológicos. Além disso, ela trabalha com a construção de saberes sobre o Homem e a Sociedade, e as relações que eles estabelecem. Ela também trabalha com as possibilidades de intervir tanto no homem quanto na sociedade com o intuito de tornar as suas relações “mais felizes”, “mais adaptadas”. Enfim, a Psicologia executa ações políticas rotineiramente e está também intimamente associada às macropolíticas e políticas públicas no nosso país, especialmente na área da saúde e assistência social.

Da Revista Brasileira de Psicologia Política:


O ponto de intersecção entre a Psicologia e as Ciências Políticas, tem sido a preocupação com a construção de um universo de debate no qual nem as condições objetivas nem as subjetivas estejam ausentes, pelo contrário, estão sendo compreendidas, por diferentes abordagens teóricas, como co-determinantes, portanto, constituintes dos comportamentos coletivos, dos discursos, das ações sociais e das representações que constituem antagonismos políticos no campo social.
O Rio Grande do Sul ainda não possui um trabalho organizado no campo da Psicologia Política. O Sindicato dos Psicólogos do Rio Grande do Sul (SIPERGS), a partir da recentemente criada Comissão de Estudantes de Psicologia, visa construir um trabalho na área da Psicologia Política através da criação de um estágio, portanto um Estágio de Psicologia Política. Apesar desse estágio estar intimamente associado à referida comissão, potencializando a sua ação, não deverá o trabalho do estagiário no sindicato vincular-se a mesma, no que tange suas ações. Entendemos que o estágio é uma forma de articular uma grande quantidade de movimentos sociais e políticos diferentes, incluindo as questões e participações estudantis; as questões trabalhistas da Psicologia; as questões políticas do Estado nas áreas que se conectam com a Psicologia; e os movimentos sociais e organizações coletivas brasileiras, com suas múltiplas implicações.

Baixar 29 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©psicod.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
Processo seletivo
ensino fundamental
minas gerais
seletivo simplificado
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
Concurso público
direitos humanos
Universidade estadual
saúde mental
educaçÃo infantil
educaçÃo física
Centro universitário
saúde conselho
ciências humanas
santa maria
Poder judiciário
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ensino aprendizagem
língua portuguesa
políticas públicas
Colégio estadual
recursos humanos
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
outras providências
secretaria municipal
público federal
educaçÃo universidade
Conselho municipal
catarina prefeitura
Componente curricular
conselho estadual
psicologia programa