Filme "Enjaulados" Cenas 52: 36 a 55: 25 e 1: 08: 21 a 1: 08: 31



Baixar 15.1 Kb.
Encontro21.11.2022
Tamanho15.1 Kb.
#62733
Análise do filme

Filme “Enjaulados”
Cenas 52:36 a 55:25 e 1:08:21 a 1:08:31
Na cena escolhida, os alunos mais baderneiros e que não tinham perspectiva de aprender aquilo que era discutido dentro de sala de aula, foram enjaulados pelo professor Waslen, esse que tinha como objetivo transmitir conteúdo para os adolescentes através da introdução de estímulos aversivos, ou seja punições positivas, que possivelmente reduziriam os comportamentos grosseiros dos alunos, que foram observados nas cenas e também por reforços negativo, onde os alunos se viam obrigados a estudar afim de evitarem, os estímulos desagradáveis e irritantes, por exemplo os choques, as músicas altas e o aprisionamento. No entanto, na cena 52:36 a 57:31 nota-se que o professor distribui um material de estudos sobre geografia para os alunos, esperando que eles estudem e no outro dia expliquem o conhecimento absorvido por eles, porém, o aluno mais rebelde do grupo resolve questionar e afrontar o professor dizendo que ele poderia fazer tudo, mas não poderia matá-los, evidentemente, o professor responde dizendo ser uma pena ele ter dito que ele não poderia matar nenhum dos alunos. Dessa forma a jaula do aluno mais aplicado da turma se abre e o senhor Waslen o mata, dizendo “viu Dave? Conhece isso aqui? (fazendo referência a arma que ele tomou do aluno no episódio do assédio sexual) Todas as suas ações tem uma consequência, vocês só não tinham visto ainda”. Após a cena da morte do aluno preferido, os enjaulados começam estudar dia e noite, episódio marcado então, por reforço negativo, tendo em vista que se eles estudassem, evitariam a consequência de serem mortos. Porém, Dave não faz questão de estudar e ainda esbraveja “sabe o que vocês são? Um bando de covardes”. Entretanto, observa-se que as punições positivas aplicadas em Dave não estavam surtindo efeito, podendo então, compreender o determinismo probabilístico exposto por Skinner, onde não se pode prever 100% a ocorrência de um comportamento, tendo em vista que aquilo que é punitivo ou reforçador para um indivíduo, pode não ser para outro. Além disso, na cena 1:08:21 um dos alunos ri de uma das colegas, e quando vai xinga-la, não conclui a fala, uma vez que o professor avisa que eles não poderiam mais usar palavrões, sendo então, punidos por choques. Logo, é notável que o choque se caracteriza por um estimulo punitivo aversivo, que reduz a probabilidade da ocorrência desse comportamento inapropriado, ou seja, o professor tem como recurso a punição positiva proposta por Skinner (Moreira, M. B.; Medeiros, C. A.; 2007).

Cena 1:30:40 a 1:31:30


Na cena escolhida, a professora de artes começa a ensinar os alunos enjaulados, porém Dave a ofende, nesse momento, ela dá um choque nele usando o controle que aciona um som de sino, utilizando da punição positiva, pois ela adiciona um estímulo aversivo, no entanto, quando ela utiliza o controle do projetor para passar o slide, ele emite um som e esse aluno pula do chão, achando que levaria mais um choque, com isso podemos trazer uma relação dos efeitos colaterais de se usar a punição positiva objetivando a modelagem, o indivíduo passou a associar o som de sino com o choque, ficando com medo de qualquer barulho semelhante, conforme mostra a cena 1:44:17, além disso, essa punição positiva eliciará respostas emocionais aversivas à professora. Por mais rápida que seja a eliminação do comportamento através do uso da punição, isso gerou diversos efeitos colaterais (Moreira, M. B.; Medeiros, C. A.; 2007).
Após a análise e descrição das 5 cenas, observa-se que o uso de punições, tanto positivas quanto negativas, foi extremamente frequente nesse filme, os alunos foram privados da liberdade, da privacidade e entre outros, adicionaram estímulos aversívos como a fome, o choque, a sede e etc. Percebe-se que de fato os alunos aprenderam o conteúdo ensinado pelos professores, porém, passaram a ter diversos efeitos colaterais, como a síndrome de estocolmo e a associação de determinados barulhos ao choque. Com isso, é notável que a punição modela com muito mais facilidade e imediaticidade, porém desencadeia muitos efeitos colaterais no indivíduo punido.

Referência Bibliográfica: MOREIRA, M. B.; MEDEIROS, C. A. Princípios básicos de análise do comportamento. Artmed, 2007. Cap 4
Baixar 15.1 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
universidade federal
prefeitura municipal
ensino superior
ensino médio
Processo seletivo
ensino fundamental
minas gerais
seletivo simplificado
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
direitos humanos
Concurso público
Universidade estadual
saúde mental
educaçÃo física
educaçÃo infantil
Centro universitário
saúde conselho
ciências humanas
Poder judiciário
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
Atividade estruturada
Colégio estadual
ensino aprendizagem
língua portuguesa
políticas públicas
recursos humanos
ResoluçÃo consepe
outras providências
Dispõe sobre
público federal
educaçÃo universidade
secretaria municipal
catarina prefeitura
Conselho municipal
Componente curricular
conselho estadual
Serviço público