Escola secundária da ramada



Baixar 26.93 Kb.
Página1/3
Encontro04.03.2018
Tamanho26.93 Kb.
  1   2   3




ESCOLA SECUNDÁRIA DA RAMADA

TESTE SUMATIVO DE PSICOLOGIA B

12º ANO TURMA F 07/12/2011


Grupo I

Na folha de respostas, indica claramente o número da questão a que estás a responder e a letra da alternativa que consideras correcta.

1. Segundo Watson, o comportamento depende da interação entre a personalidade do indivíduo e a situação em que está inserido. Esta afirmação é:

A. verdadeira, porque o mesmo indivíduo pode dar diferentes respostas em diferentes situações.

   B. falsa, porque ignora a personalidade como variável mediadora entre estímulos e respostas.

    C. verdadeira, porque a personalidade é a variável mais importante no comportamento.

   D. falsa, porque ignora a consciência como variável mediadora entre a personalidade e a situação.

2. Wundt considera que a Psicologia pretende:

A. compreender os fenómenos conscientes que influenciam a personalidade.

B. compreender a estrutura da mente a partir dos seus elementos constituintes.

  C. estabelecer leis que permitam explicar e prever os comportamentos observáveis.

D. estabelecer leis que permitam descrever e explicar o desenvolvimento humano.
3. Segue-se um conjunto de afirmações respeitantes ao behaviorismo watsoniano. Lê-as com atenção e, depois, seleciona a alternativa correta.

A. Watson valoriza o papel da herança genética no comportamento de homens e animais.

B. Watson considera que a psicologia pode estudar os processos mentais, desde que se recorra à experimentação animal.

C. A fórmula S-R é um conceito chave da psicologia behaviorista.

D. Para o behaviorismo, existe uma grande diferença entre psicologia animal e psicologia humana.

4. A teoria de Freud considera que:

A. a aprendizagem depende do meio; o pensamento funciona como uma totalidade.

  B. o comportamento relevante é observável; a sexualidade manifesta-se desde o nascimento.

   C. existem motivações inconscientes; a sexualidade tem um papel fulcral no desenvolvimento.

D. existem motivações inconscientes; a inteligência desenvolve-se por etapas ou estádios.
5. Na fase ou estádio genital, segundo Freud:

A. começa a constituir-se o Superego resultante do desejo de agradar aos pais e do receio de ser repreendido ou castigado por eles.



  1. as pulsões sexuais são habitualmente dirigidas para pessoas do sexo oposto exteriores ao agregado familiar.

C. as pulsões sexuais estão relativamente calmas e são canalizadas para a aquisição de novos conhecimentos e competências.

D. a maior fonte de prazer está concentrada na boca e nos lábios, desligando-se progressivamente da satisfação que acompanha a função alimentar.


6. Para que haja adaptação é necessária a combinação dos processos de equilibração e de assimilação. Esta afirmação é:

A. falsa, porque a adaptação resulta do equilíbrio entre assimilação e acomodação.

B. verdadeira, porque a adaptação implica o equilíbrio entre os processos de assimilação.

C. falsa, porque a adaptação resulta do desequilíbrio entre os processos de acomodação.

D. verdadeira, porque a adaptação implica a assimilação dos processos de equilibração.


7. O desenvolvimento intelectual, segundo Piaget, processa-se em quatro estádios:

A. sensório-motor, pré-sensório, pré-operatório e operações concretas;

B. sensório-motor, pré-operatório, operações concretas e operações formais;

C. sensório-motor, sensório-operatório, operações concretas e operações formais;

D. sensório-formal, sensório-motor, operatório formal e operatório concreto.

8. O cognitivismo de Bruner aposta no regresso da mente à psicologia. Esta afirmação é:

A. falsa, porque Bruner estava consciente de que o mentalismo introspecionista do séc. XIX deu provas de ineficácia por não ter conseguido chegar a leis explicativas da conduta humana.

B. verdadeira, porque o desenvolvimento do behaviorismo veio a revelar que as suas ideias só se tornavam úteis quando aplicadas a programas restritos de aprendizagem.

C. falsa, porque a revolução cognitiva tem mais a ver com os procedimentos sintácticos da cibernética do que com o regresso da mente à psicologia.

D. verdadeira, porque para Bruner, as ciências sociais deveriam encarar a mente como entidade doadora de sentido, formada em certos contextos histórico-culturais.

9. Segue-se um conjunto de afirmações relativas à revolução cognitivista. Lê-as atentamente e selecciona a alternativa correcta.

A. A eficácia dos processos ocorridos no computador contribui para incentivar o estudo da mente humana.

B. Um dos objectivos da revolução cognitiva é destronar o behaviorismo do lugar hegemónico que ocupava na psicologia.

C. Jerome Bruner é um dos pioneiros da revolução cognitivista.

D. Na perspectiva de Bruner, a psicologia pretende mostrar que as mentes e as vidas humanas não se relacionam com a cultura e com a história.


10. A observação de doentes com lesões cerebrais permitiu a António Damásio concluir que:

A. a mente não se distingue do corpo.

B. não há diferença entre emoção e sentimento.

C. a mente é um conjunto de capacidades intelectuais justapostas.

D. sem o equipamento emocional, a adaptação social fica comprometida.



Baixar 26.93 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
oficial prefeitura
minas gerais
terapia intensiva
Conselho nacional
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ciências humanas
ensino aprendizagem
outras providências
secretaria municipal
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
Dispõe sobre
catarina prefeitura
Colégio estadual
recursos humanos
Conselho municipal
consentimento livre
ministério público
conselho estadual
público federal
psicologia programa
Serviço público