Disfonia Infantil da voz Brena thauane soares leite ra 6640060



Baixar 5.26 Kb.
Encontro20.09.2022
Tamanho5.26 Kb.
#62112
DISFONIA

Disfonia Infantil da voz

Brena thauane soares leite RA 6640060

Gabriela de oliveira gonçalves Ra 1710497

Juliana Ezequiel Mammolitti RA 3211981

Júlia santos machado ra 1643196

Kahena rocha magalhães 1540596

O que é ?

  • Qualquer dificuldade na produção da voz é um problema de voz como rouquidão, cansaço ao falar, voz fina ou grossa demais, fraca ou forte mais do que o esperado. As alterações ou problemas de voz, quando diagnosticados por especialistas são denominados por disfonia
  •  várias queixas como: “não consegue projetar a voz”, “chega ao final do dia sem voz”; “não consegue cantar como antes” ou as próprias crianças referem que “tenho dor e faço esforço na zona do pescoço enquanto falo” ou “a minha voz está mais grossa”. Estas queixas são muito comuns e significam que estamos perante uma disfonia ou rouquidão

Epidemiologia

  • Os comportamentos vocais abusivos são considerados como fatores predisponente ou agravante na disfonia infantil. Na infância isso pode ocorrer entre idades de 4 a 12 anos entre meninas e meninos. Na infância os meninos podem estar desenvolvendo um mecanismo fonatório que sua voz pode ficar mais grossa por devido as suas cordas vocais que podem ficar mais grossas de acordo com sua evolução do seu crescimento, e já as meninas isso não ocorre, pois, suas cordas vocais crescem também, porém sua voz é mais leve e suave.

etiologia

  •  A etiologia mais frequente da disfonia em crianças é o abuso vocal - muitas crianças que nos chegam apresentam uma personalidade de líder ou são emocionalmente instáveis, pelo que no seu dia-a-dia gritam e falam muito alto ou choram por longos períodos -; temos, ainda, a falta de hidratação ao longo do dia; a imitação de vozes de desenhos animados; o pigarreio constante (arranhar a garganta) e sinais de refluxo (azia)

Principais causas 

  • - Falar muito alto por longos períodos
  • - Não se hidratar com frequência
  • - Chorar por longos períodos
  • - Imitar desenhos animados
  • - Refluxo gástrico (Azia)
  • - Infecções e inflamações laríngea 
  • - Nódulos vocais (de origem multifatorial)
  • - Variação de qualidade vocal (Rouquidão ou até uma voz fraca)

Sintomas

  • - Rouquidão
  • - perda da voz
  • - esforço ao falar
  • - falhas durante a fala
  • - garganta seca,
  • - salivação excessiva e frequência da voz grave e aguda.

Orientações

  • Oriente-o a falar sem fazer força e abrindo bem a boca para articular as palavras. Ofereça-lhe água para beber regularmente, converse com ele para que evite pigarrear, gritar, falar muito em ambientes ruidosos, competindo com o barulho, evitar imitar vozes de personagens e não ficar próximo a fumantes. Cuidado com remédios caseiros, pois geralmente não surtem os resultados esperados e podem irritar a garganta. 

Tratamento

  • O enfoque básico aborda: orientação familiar, escolar e da criança e reeducação vocal, que dura em média 3 a 6 meses. O envolvimento da família e da escola é essencial para que a reabilitação seja efetiva, pois só assim ocorrerão modificações necessárias para eliminação da alteração vocal apresentada pela criança. Durante o trabalho de reeducação vocal, a criança identificará os seus abusos vocais e promoverá a eliminação dos mesmos. Além disso, fará exercícios que propiciem a produção da voz sem esforço, que melhor se adapta às suas características de personalidade.

Referências

  • Voz o livro do especialista volume II Autora- Mara Behlau 
  • MENDES TAVARES, Elaine Lara; BRASOLOTTO, Alcione; FERREIRA SANTANA, Marcela; ALBERTO PADOVAN, Carlos; GARCIA MARTINS, Regina Helena. Estudo epidemiológico de disfonias em crianças de 4 a 12 anos
  • SBFA

Baixar 5.26 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
Processo seletivo
ensino fundamental
minas gerais
seletivo simplificado
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
direitos humanos
Curriculum vitae
Concurso público
saúde mental
Universidade estadual
educaçÃo física
educaçÃo infantil
Centro universitário
saúde conselho
ciências humanas
santa maria
Excelentíssimo senhor
Poder judiciário
Conselho regional
assistência social
Atividade estruturada
ensino aprendizagem
políticas públicas
língua portuguesa
Colégio estadual
outras providências
recursos humanos
ResoluçÃo consepe
Dispõe sobre
secretaria municipal
público federal
educaçÃo universidade
Componente curricular
Conselho municipal
catarina prefeitura
conselho estadual
psicologia programa