Clara Regina Rappaport



Baixar 295 Kb.
Página27/32
Encontro27.05.2018
Tamanho295 Kb.
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   32
Estádio 2. as primeiras adaptações adquiridas e a reação circular primária (1-4 meses)
Neste subestádio podemos falar em adaptações adquiridas, ou então em reflexos condicionados ou associações adquiridas. Isto porque a partir do primeiro mês de vida observamos o início da transformação dos comportamentos (até então quase que só reflexos) em função da experiência. Dito de outra forma, passa a haver retenção de dados que não pertenciam ao próprio mecanismo reflexo. A adaptação adquirida, contrariamente à adaptação hereditária, supõe uma aprendizagem relativa aos dados novos do meio externo. Assim, a assimilação e acomodação começam a se dissociar.
Teoricamente talvez pareça simples a distinção entre o estádio do exercício dos reflexos e este, o das adaptações adquiridas. Na prática, porém, é muito difícil distinguirmos a aquisição real da simples coordenação pré-formada (puramente hereditária).
Como exemplos de hábitos adquiridos relativos à sucção, podemos citar a sucção sistemática do polegar (“chupar o dedo”) e a protusão da língua (colocar a língua para fora e passá-la sistematicamente pelos lábios, como se fosse mamar).
Por que consideramos a sucção do polegar como hábito adquirido, se já foram inclusive tiradas fotos de fetos com o dedo na boca? Realmente, não é só a partir deste subestádio que o bebé vai colocar o dedo na boca. A novidade está na coordenação mão/boca, obtida através da experiência. Até então, a mão era acidentalmente colocada na boca e não havia uma coordenação suficiente para mantê-la aí. O bebê já contava, no seu equipamento hereditário, com os reflexos da boca e da mão, mas não com a coordenação eficiente entre estes dois tipos de movimentos reflexos. Como diz textual- mente Piaget em seu livro O nascimento da inteligência na criança:
“Não existe o instinto de chupar o polegar”. Não há um estímulo
79

L

que elicie a resposta de chupar o dedo! É por isso que falamos em adaptação adquirida.


A partir do momento em que resultados obtidos por acaso passam a ser conservados por repetição, temos o que foi denominado reação circular. Deter-nos-emos neste ponto para que o conceito de reação circular fique bem claro, uma vez que será utilizado inúmeras vezes na descrição do que ocorre nos subestádios seguintes. São as reações circulares que vão possibilitando a incorporação cada vez maior dos dados do ambiente e, conseqüentemente, a adaptação em nível crescente de complexidade da criança ao seu meio. Eis como Piaget a define: “A reação circular é, pois, um exercício funcional adquirido, que prolonga o exercício reflexo e tem como efeito alimentar e fortificar não já um mecanismo inteiramente montado, apenas, mas todo um conjunto sensório-motor de novos resultados, os quais foram procurados com a finalidade, pura e simples, de obtêlos. Como adaptação, a reação circular implica, segundo a regra, um pólo de acomodação e um pólo de assimilação” (Piaget, 1975).
A palavra circular é utilizada para lembrar a repetitividade do processo. A coordenação mão/boca da sucção, por exemplo, é repetida inúmeras vezes. Ã medida que o bebê repete, consolida este “conjunto sensório-motor”. Para podermos aplicar corretamente o termo reação circular necessitamos de duas condições básicas:
aquisição de algum elemento exterior aos mecanismos hereditários (como uma coordenação “nova” mão/boca — da sucção do polegar); atividade por parte da criança, isto é, inversamente ao que sucede no reflexo puro onde a criança é passiva (pois o estímulo quase automaticamente provoca uma resposta), temos uma criança que “descobre” na sua exploração do meio, mesmo que não intencional- mente, novos resultados (criança com papel ativo no desenvolvimento).
É importante mencionar que Piaget reconhece um fator motivacional básico para que haja a repetição continuada de um conjunto de ações que é justamente a busca de prazer.
Um ponto que ainda precisa ser esclarecido é o motivo de utilizarmos a denominação reação circular primária. Por que primária? Neste subestádio denominamos primárias as reações circulares, pois o conteúdo dos comportamentos está relacionado ao próprio corpo do bebê e muito ligado aos mecanismos hereditários. Voltando ao exemplo sucção do polegar: a criança descobriu esta coordenação mão/boca, repete-a inúmeras vezes (reação circular). Embora a coordenação seja “adquirida” (nova), suas partes integrantes, ou seja, a sucção e os movimentos das mãos já faziam parte do equipamento hereditário. Além do mais, mesmo que exista uma aquisição, esta está ligada ao próprio corpo da criança (e não ao meio

ambiente externo, como veremos no próximo subestádio). A denominação primária está indicando a conexão dos comportamentos do bebê com os mecanismos hereditários relativos ao seu próprio corpo.


Para explicar o conceito de reação circular primária, utilizamos como exemplo principal a sucção do polegar. Há, no entanto, como já foi mencionado, outras condutas desse tipo, tais como: exploração sistemática do olhar, o balbuciar, o agarrar, etc.
Na parte inicial do capítulo referimo-nos ao interesse de Piaget em pesquisar como se dá o processo do conhecimento, como a criança chega à noção de um objeto permanente, isto é, à noção de que um objeto existe independentemente de ser acessível ou não, naquele momento, aos seus órgãos sensoriais. Pois bem, acompanhemos a partir deste momento quais os progressos do bebê nesta direção.


Baixar 295 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   32




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual