Atividade estruturada



Baixar 13.81 Kb.
Encontro27.10.2019
Tamanho13.81 Kb.

ATIVIDADE ESTRUTURADA

Disciplina: Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem.

Prof. THEREZINHA DE JESUS CONDE PINTO

Aluno: Afonso César de Souza Barros



DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DE BEBÊS, CRIANÇAS, ADOLESCENTES , ADULTOS E IDOSOS

As crianças observadas têm 2 e 5 anos. São meus filhos, Mauro e Mariana; logo o ambiente é minha própria residência.

Ambos têm um comportamento típico do descrito pelas Teorias Desenvolvimentistas.

Ainda recém-nascidos, lembro do comportamento ao aproximar algo de seus rostos: eles succionavam dedo, mordedor, coeiro, qualquer coisa que se aproximasse_ garantindo a observação Teórica Freudiana (Fase Oral) e Piaget (1º Período Sensório Motor).

Percebi um desenvolvimento comportamental logo após os 12 meses. Já iniciava seus passos, apoiando-se em parede, banco ou outro tipo qualquer de apoio para transpor um desnível no piso. Suas personalidades nessa idade já se apresentavam bem marcadas.

Hoje, com 2 anos e 2 meses cada dia esperamos algo novo dele. Como encontra-se na fase transitória dos estágios de desenvolvimento, vemos características ainda do estágio anterior. Tenho percebido que nos últimos meses o relacionamento de ambos tem sido turbulento: Segundo Piaget, Mauro encontra-se no 2º período: Pré-operatório- PRIMEIRA INFÂNCIA (marcado pelo uso de símbolos mentais, EGOCENTRISMO); e , segundo Cória-Sabini, Mariana já na ponta dessa fase, estabelece a característica de socialização_ SEGUNDA INFÂNCIA. Nota-se, claramente, a falta de entendimento entre ambos ao brincarem.

A seguir as etapas de desenvolvimento :

ASPECTO FÍSICO-MOTOR:

Para ambos, essa fase foi marcada por transformações rápidas. As mãos pegando tudo o que estivessem a seu alcance; capacidade de sentar-se tão precocemente (no caso de Mariana) e erguer a cabeça quando de bruços (Mauro).



ASPECTO INTELECTUAL:

Lembro de Mariana, aos dois anos já articular frases. Mauro ainda balbucia palavras sem sentido e fala papai e mamãe. (Não há uma regra específica para que o desenvolvimento se dê ao mesmo tempo para toda criança).



ASPECTO AFETIVO-EMOCIONAL:

Mauro encontra-se na fase do desfraldamento. É o estágio Psicossocial ANAL para FREUD. Mariana, no estágio FÁLICO, buscando sua identidade mais para o lado paternal, comigo.



Ainda observando os dois ao brincar, mesmo nas turbulências há um momento de “trégua”, onde vejo Mauro se influenciar pela liderança de Mariana. É o que defende VYGOTSKY, na Teoria Cognitiva_ onde há interação do meio na aprendizagem e uma criança mais nova (Mauro) pode ser instruída por outra mais velha (Mariana).

ASPECTO SOCIAL:

Nesse aspecto aguardo Mauro amadurecer, visto que ele se isola , enquanto Mariana já tem um comportamento mais social.

Baixar 13.81 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
oficial prefeitura
minas gerais
terapia intensiva
Conselho nacional
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ciências humanas
ensino aprendizagem
outras providências
secretaria municipal
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
Dispõe sobre
catarina prefeitura
Colégio estadual
recursos humanos
Conselho municipal
consentimento livre
ministério público
conselho estadual
público federal
psicologia programa
Serviço público