Aluno (a): Disciplina: Língua Portuguesa



Baixar 61.92 Kb.
Página1/2
Encontro06.09.2020
Tamanho61.92 Kb.
  1   2



CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM INFORMÁTICA E GESTÃO LOURDES CARVALHO NEVES BATISTA

Aluno (a): Disciplina: Língua Portuguesa

Professor (a): Misael Abreu Data: Turno: noturno

Ensino: PROEJA - Médio Série: Módulo II – Técnico em Administração


Atividades
MENINOS NO BALLET
Não é muito comum a gente ver homens fazendo ballet, não é mesmo? Mais difícil ainda é ver meninos dançando desde criança. Eu mesma nunca dei aula para nenhum menino de 3 ou 4 anos, faixa etária na qual as meninas costumam começar a dançar. Há um tempo, no entanto, eu tive uma aluna que vinha para as aulas acompanhada do seu irmãozinho, que ficava do lado de fora da sala olhando interessado.

Certa vez, eu o convidei para entrar e ele prontamente aceitou, gostou e começou a fazer as aulas junto da irmã. Ele nunca se matriculou e fazia as aulas descalço e com a roupinha com a qual vinha de casa mesmo. Mas, embora não fosse nada formalizado, era ótimo ter um menino na turma. Com o tempo, no entanto, ele não apareceu mais e a avó que o levava sempre às aulas me explicou que o pai o havia proibido de continuar dançando.

Essa é uma situação ainda hoje bastante comum. Muitos pais não incentivam seus filhos pequenos a fazerem ballet por acreditarem que a modalidade é apropriada apenas para meninas. Mas nem sempre foi assim. Você sabia que quando o ballet surgiu, lá no século XVI, apenas homens tinham permissão para dançar? O próprio rei da França, Luís XIV, era um grande bailarino e criou a Academia Real de Dança (mais tarde rebatizada de Ópera de Paris). Até o século XVII apenas homens podiam se profissionalizar no ballet e todos os papéis femininos eram encenados por bailarinos travestidos de mulher.

Só a partir de 1681 que as mulheres começaram a fazer parte do mundo do ballet, com a estreia de Mademoiselle Lafontaine nos palcos. Com o passar dos anos, a leveza na execução dos movimentos e a forte expressão corporal necessárias na dança passaram a ser associados exclusivamente à figura da mulher e criaram estereótipos que, por fugirem do conceito de masculinidade em vigor em nossa sociedade, contribuíram para o afastamento dos homens desse universo.

Apesar disso, muitos meninos driblam o preconceito e com 14 e 15 anos começam a fazer aulas de ballet por iniciativa própria – caso dos meus alunos. A maioria deles começa nessa faixa-etária, e, com muita força de vontade e dedicação, conseguem uma evolução técnica muito rápida que me deixa sempre impressionada! Um deles, por exemplo, acima dos 20 anos, começou no ballet há apenas dois anos e hoje já faz aulas com meninas que praticam a modalidade há mais de 10 anos.

É preciso lembrar que muito mais que movimentos precisos e delicados, o ballet é uma expressão artística que exige força, equilíbrio e flexibilidade e, nesse sentido, a figura masculina é tão fundamental quanto a feminina. O que seria do ballet mundial sem as brilhantes parcerias como a da Prima Ballerina Assoluta Margot Fonteyn com o bailarino Rudolf Nureyev? Ou sem o talento dos nossos maravilhosos brasileiros Marcelo Gomes, Thiago Soares e Ismael Ivo? Ou sem o brilhantismo técnico de Mikhail Baryshnikov?

Fico imaginando quantos talentos são desperdiçados por preconceito e falta de oportunidades e conhecimento a todo o momento. É importante revermos essas questões e entender que o ballet é uma arte para todos!
PUOLI, Giovana.
Baixar 61.92 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual