A psicologia é uma profissão reconhecida, no Brasil, pela lei 4



Baixar 163.5 Kb.
Página4/9
Encontro04.03.2018
Tamanho163.5 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9
Resultados

Durante os dois primeiros anos do processo de estruturação da Clínica-Escola do Curso de Psicologia da URI/FW, foram realizados atendimentos pelos alunos da disciplina de Estágio Básico III (Prática em Psicodiagnóstico). Em 2003, a Clínica contou com 23 estagiários, que atenderam 23 pacientes. Em 2004, foram 21 estagiários, tendo sido atendidas 24 pessoas.

Em 2005, a Clínica passou, então, a funcionar também como local de estágio para o Estágio Profissionalizante em Psicologia Clínica, tendo ampliado a gama de serviços prestados à comunidade. Neste ano fizeram parte da equipe 21 estagiários de Psicologia Clínica e 19 estagiários de Estágio Básico III, além de cinco supervisoras.

Com esta nova realidade, durante o ano de 2005, foram atendidas 218 pessoas na Clínica-Escola, sendo que 89,5% dos atendimentos foram realizados pela equipe do estágio Profissionalizante em Psicologia Clínica – tanto no atendimento individual, quanto nas equipes dos projetos. O Gráfico 1 explicita esta informação.



Gráfico 1. Atendimentos Conforme Equipe Responsável


Além disso, em relação às diferentes faixas etárias, foram realizados 97 atendimentos de adultos, 60 de adolescentes, 58 de crianças e três de casais. Cabe ressaltar que, dos cinco projetos em andamento durante no ano de 2005, apenas um destinava-se ao atendimento infantil. Desta forma, abriu-se um número maior de vagas para adultos. O Gráfico 2 exemplifica estes dados.

Gráfico 2. Atendimentos Conforme Faixa Etária e Equipe Responsável



Um ponto fundamental da avaliação de um serviço de atendimento psicológico diz respeito às desistências. Na presente situação considera-se desistência a não conclusão do processo de avaliação ou de psicoterapia previsto pela díade estagiário-supervisor. Desta forma, estão incluídos como desistência aqueles atendimentos em que o paciente nunca compareceu, aqueles em que o mesmo compareceu apenas uma vez, e aqueles em que o paciente apenas não compareceu à última sessão.



A partir deste critério, dentre as 218 pessoas atendidas na Clínica-Escola, 96 (44%) desistiram do atendimento antes da conclusão do processo. Destes, o maior número de desistências encontra-se entre os adolescentes (58%), seguido dos adultos (40%) e das crianças (37,9%). Segue no Gráfico 3 a descrição das desistências conforme faixa etária e conforme equipe responsável.

Gráfico 3. Número de Desistências por Faixa Etária

Observa-se, ainda, que o maior número de desistência ocorre nos processos de psicoterapia, conforme pode ser observado no Gráfico 4.



Gráfico 4. Desistência Conforme Equipe Responsável





Baixar 163.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
ensino fundamental
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
ciências humanas
Conselho regional
ensino aprendizagem
Colégio estadual
Dispõe sobre
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Componente curricular
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
conselho estadual