A psicologia é simultaneamente uma das ciências mais antigas e uma das mais recentes



Baixar 76.97 Kb.
Página4/9
Encontro04.03.2018
Tamanho76.97 Kb.
#94
1   2   3   4   5   6   7   8   9
Willhelm Wundt


Papel na história da psicologia:

  • Criou o primeiro laboratório de psicologia, a nível mundial, o que deu asas a investigações dos mais prestigiados psicólogos.

  • Foi responsável pela atribuição da “independência”/autonomia da psicologia, separando-a da filosofia e da fisiologia, com métodos e perguntas “independentes” – pai da psicologia

  • Graças a ele a psicologia deixou de ser apenas uma série de considerações filosóficas acerca da alma humana e passa a ocupar-se dos processos mentais / de consciência

  • Usava métodos experimentais, ou seja, uma abordagem mais científica – serviu de exemplo a vários psicólogos, principalmente aos behavioristas, como Watson.

  • Centrou-se nos pensamentos, imagens e sentimentos, áreas básicas da psicologia cognitiva, isto leva-nos a uma afirmação: Wundt estimulou o interesse na psicologia cognitiva.

  • Foi professor, estimulando a capacidade dos seus alunos a estudar o homem e os seus comportamentos.


Objeto de estudo:

  • Para o autor, o objeto de estudo da psicologia é a mente ou a consciência, desta forma, estuda os pensamentos, lembranças e emoções – sensações, são os seus elementos básicos – estruturalismo.

  • Utiliza o método introspetivo, visto que, acredita que a psicologia deve estudar o consciente.


Método introspetivo:

  • Consiste numa análise ao nosso interior, ou seja, o sujeito concentra-se em si e analisa o seu espírito através de um ato praticado ou um sentimento

  • O autor provocava sensações (imagem, luz ou som), fazendo com que o paciente analisasse e descrevesse o que sentia, usando o seu consciente (após a descrição, o cientista tem de a registar e interpretar)

  • Para que a introspeção faculte dados viáveis, deve ser praticada a nível laboratorial, ou seja, deve ser controlada. Desta forma, interroga os pacientes logo após lhes ter provocado as sensações e tem cuidado a quem aplica os seus métodos.

  • O facto de o sujeito ser observador e ser observado, tem limitações.


Estruturalismo:

  • Consiste na descoberta da estrutura ou anatomia dos processos conscientes.

  • Para compreender a fundo a estrutura da consciência, adota uma perspetiva analítica, decompondo-a em fatores cada vez mais simples até chegar às sensações puras (sensações são as unidades básicas que constituem todos os fenómenos

  • Quer então saber o que está na base dos sentimentos e sensações

  • Através de muitas experiencias, chegam à conclusão que as sensações se combinam formando algo mais do que apenas a soma dos vários elementos que as constituem

  • Estas sensações associam-se segundo determinadas leis

  • O objetivo do autor é determinar essas leis de conexão que regem a organização dos elementos constituintes da consciência humana


Criticas:

Foram dirigidas ao seu método de estudo, o método introspetivo porque:



  • É difícil observar-se e ser observado, em simultâneo

  • Os fenómenos psíquicos não coincidem com a sua observação, levando a distorções por se recorrer à memória

  • A tomada de consciência de determinado fenómeno, altera esse fenómeno

  • A auto-observação não pode ser controlada por outros observadores, visto que, não se consegue aceder à consciência de outra pessoa

  • O sujeito pode não ter palavras para descrever o que sente

  • Não é aplicável a crianças ou doentes mentais, pela incapacidade de se exprimirem

  • Apenas dá importância ao consciente

Também o estruturalismo é criticado por tentar analisar processos conscientes através da decomposição de elementos, sendo assim considerado artificial, visto que, a experiencia não pode ser vista por partes mas sim como um todo, como uma unidade completa.




Contributo do autor para a Psicologia:

Wundt deu, sem dúvida, um forte contributo para a psicologia. Este definiu claramente o seu objeto de estudo: a experiência consciente. Os seus métodos de pesquisa seguiram a melhor tradição científica, envolvendo a observação, experimentação e medição. Embora o objeto de estudo dos estruturalistas esteja hoje ultrapassado, a introspeção é ainda usada em muitas áreas da Psicologia. Com a ajuda de Wundt e os estruturalistas, a Psicologia avançou além das suas fronteiras iniciais.



1   2   3   4   5   6   7   8   9




©psicod.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino médio
Processo seletivo
ensino fundamental
minas gerais
seletivo simplificado
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
Boletim oficial
Curriculum vitae
direitos humanos
Concurso público
saúde mental
Universidade estadual
educaçÃo infantil
educaçÃo física
Centro universitário
saúde conselho
ciências humanas
santa maria
Poder judiciário
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ensino aprendizagem
língua portuguesa
Colégio estadual
políticas públicas
outras providências
ResoluçÃo consepe
Dispõe sobre
recursos humanos
secretaria municipal
público federal
Conselho municipal
catarina prefeitura
educaçÃo universidade
Componente curricular
conselho estadual
projeto pedagógico