Xi simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico da anpepp



Baixar 94.82 Kb.
Encontro03.04.2018
Tamanho94.82 Kb.










XI Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico da ANPEPP

Florianópolis, 15 a 19 de Maio de 2006



Formação: Ensino e Pesquisa na Pós-Graduação em Psicologia

Nome do GT

Psicologia Escolar/Educacional 

Composição do GT


Participantes

Filiação

PPG

E-mail

Categoria

Coordenador

Herculano Ricardo Campos



UFRN

Psicologia

hercules@ufrnet.br

Professor

Alacir Villa Valle Cruces

USP

Psicologia escolar

alacircruces@uol.com.br

Professora

Albertina Mitjáns Martinez

UnB

Educação

amitjans@terra.com.br

Professora

Alexandra Ayache Anache

UFMS

Educação

alexandra.anache@brturbo.com

Professora

Célia Vectore

UFU

Psicologia aplicada

vectore@ufu.br

Professora

Claisy Maria Marinho Araújo

UnB

Processos de desenvolvimento humano e saúde

claisy@unb.br

Professora

Marilene Proença Rebello de Souza

USP

Psicologia escolar e do desenvolvimento humano

mprdsouza@usp.br

Professora

Marisa Maria Brito de Justa Neves

UnB

Processos de desenvolvimento humano e saúde

marisa.brito.neves@uol.com.br

Professora

Raquel Souza Lobo Guzzo

PUCCAMP

Psicologia

rguzzo@mpc.com.br

Professora

Sônia Maria Rocha Sampaio

UFBA

Psicologia

sonia.sampaio@terra.com.br

Professora

Histórico do GT:


Foi a partir do II Simpósio, em 1989, que a Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP) passou a organizar-se pelo sistema de Grupos de Trabalho (GTs), com vistas a “ampliar a cooperação entre instituições e pesquisadores com objetivos comuns”. Ainda que temas – de estudo e de investigação – afeitos à formação e ao exercício profissional do psicólogo que atua na fronteira com a Educação viessem sendo objeto de discussão desde então, somente em 1994 é constituído grupo de trabalho específico na área, cuja denominação inicial é GT de Psicologia Escolar: pesquisa, formação e prática.

Tanto a conformação da temática específica, quanto de um GT próprio para tratar das discussões, encaminhamentos e produção na área obedeceram à dinâmica própria das reuniões da ANPEPP, no interior das quais observa-se significativa mobilidade entre os membros dos grupos, resultando no surgimento de novos grupos e em renovado perfil dos já existentes. Não obstante essa mobilidade e as diferentes perspectivas emprestadas às discussões pelos participantes do GT de Escolar, com diferentes inserções institucionais e regionais, a constatação de coesão grupal e continuidade das ações é decorrente tanto da identidade dos que atuam na interface com a Educação, quanto da permanência no Grupo de pesquisadores que dele fazem parte já há bastante tempo. Assim é que, quando do levantamento que analisou a participação dos Grupos de Trabalho nos simpósios da ANPEPP, desde a sua criação, apresentado durante o IX Simpósio, em 2002, esse GT destacou-se como um dos que revelavam maior freqüência e continuidade.

Atualmente denominado de GT Psicologia Escolar/Educacional, o Grupo é constituído por 11 professores doutores, todos membros de Programas de Pós-Graduação de nove diferentes Universidades brasileiras, distribuídas por três regiões do país mais o Distrito Federal. Ademais, acorde com orientação adotada desde o IX Simpósio, conta-se com a participação de uma doutoranda. Revela-se, assim, a representatividade do Grupo em face da diversidade acadêmica e regional do Brasil.

Versando sobre importantes questões teóricas e práticas, as discussões têm enfocado a interface da Psicologia com a Educação, a atuação do psicólogo em diferentes espaços educativos e especialmente na escola, a formação do psicólogo para o trabalho em contextos educativos, bem como a pesquisa e a produção de conhecimento científico neste campo. Elas se têm caracterizado por obedecer a um tema norteador, definido coletiva e consensualmente, de modo a consolidar a perspectiva do Grupo como um veículo de discussão, articulação e produção coletivas, consoante com os objetivos da ANPEPP, ao invés de simples espaço para exposição da produção individual dos pesquisadores.




Objetivos e Proposta do GT:


O GT Psicologia Escolar/Educacional tem se configurado enquanto um espaço privilegiado para a discussão de diferentes aspectos relativos à formação acadêmica e ao exercício profissional do psicólogo que atua na interface com a Educação. Tais discussões vêm sendo alimentadas pelas pesquisas desenvolvidas por cada um dos docentes que compõem o Grupo, de modo que suas investigações conformam um sensível instrumento de detecção da realidade na área, suas tendências, seus desafios. Em decorrência, no mesmo movimento em que detecta e discute essas questões, caracteriza-se o Grupo por buscar dar direção para elas, notadamente através da sua produção teórica, mas também através do conteúdo da participação dos seus membros em diversos fóruns de discussão.

Assim é que, enquanto no IX Simpósio, em 2002, tanto a formação quanto a atuação tenham sido objeto do debate, visto que se problematizavam as habilidades, a competência e a ética necessárias para fazer frente a novas demandas como inserção em equipes de avaliação psicopedagógica, relação com os efeitos das políticas públicas de Educação etc., em 2004, na X Reunião da Anpepp, as atenções do Grupo se voltaram mais especificamente para o sentido que estava sendo emprestado às práticas então desenvolvidas pelos psicólogos escolares/educacionais, cotejando-as com as propostas de uma intervenção socialmente comprometida.

Já nessa oportunidade avaliou-se que os discursos se mostravam mais avançados que as práticas efetivadas, de modo que cabia um aprofundamento das investigações voltadas para a formação desenvolvida, notadamente quando crescia o movimento de adaptação dos currículos às novas Diretrizes, e quando se sabia da dificuldade para a definição da área de Escolar/Educacional enquanto ênfase curricular. Posteriormente, ao se tomar conhecimento dos resultados do levantamento efetuado pelo IBGE a respeito da prática do psicólogo, se confirmou a urgência de retomarmos a discussão a respeito da formação – inicial e continuada – atualmente disponível no Brasil.

Assim, o tema definido para este XI Simpósio é “Formação em Psicologia Escolar: experiências atuais e perspectivas futuras”. Buscar-se-á, por meio de trabalhos teóricos e empíricos, relatos de experiências, assessoria etc., desenvolver uma discussão que aborde questões teórico-práticas, políticas, epistemológicas etc. relativas à formação, desde a inicial até a do especialista.

São objetivos do grupo para este XI Simpósio:


  1. Discutir, a partir da experiência e reflexão dos participantes apresentada na forma de produção científica, aspectos da realidade da formação do psicólogo escolar no Brasil;

  2. Analisar as tendências de tais experiências, considerando-as em relação às especificidades dos contextos educativos e da realidade social brasileira;

  3. Identificar os desafios que se apresentam para uma formação que habilite a uma análise crítica do contexto sócio-econômico do país, notadamente aqueles concernentes à dimensão pessoal da formação;

  4. Apontar alternativas de formação que possam resultar em um exercício profissional mais comprometido com a maioria da população brasileira e em temas de investigação que venham subsidiar tais ações;

  5. Analisar a possibilidade de articular ações conjuntas de pesquisa e de formação profissional que potencializem os resultados do trabalho do Grupo, visando incrementar sua contribuição ao desenvolvimento da Psicologia Escolar/Educacional no país.

Modalidade de trabalho do GT:

    • Breve apresentação individual do trabalho de cada membro do Grupo, seguida de discussão coletiva que tome por referência o tema central Formação em Psicologia Escolar: experiências atuais e perspectivas futuras;

    • Discussão de questões relativas ao ensino e pesquisa na pós-graduação, notadamente em Psicologia Escolar/Educacional. Análise coletiva de possíveis encaminhamentos;

    • Discussão sobre possíveis articulações entre os membros do Grupo para a realização de atividades de pesquisa, de divulgação científica e de formação profissional. Definição das ações necessárias para efetivar a publicação do livro com os trabalhos apresentados pelos membros do Grupo neste Simpósio;

    • Avaliação conjunta do trabalho realizado, definição do tema para o próximo Simpósio e escolha do coordenador do GT para o biênio seguinte.



Produção:


Ao longo dos últimos anos, a produção científica dos membros do Grupo vem sendo publicada como artigos em periódicos nacionais e internacionais, como capítulos de livro, ou reunida em livros que expressam a produção coletiva do trabalho. Esta última modalidade constitui já uma tradição, expressão da intencionalidade do Grupo de articular os trabalhos apresentados e discutidos nos Simpósios em forma de livro. São eles:

Mitjans Martinez, A. (Org.). (2005). Psicologia Escolar e Compromisso Social: Novos discursos , novas práticas . Campinas: Alínea

Almeida, S.F.C. (Org.). (2003). Psicologia escolar: ética e competências na formação profissional. Campinas: Alínea.

Del Prette, Z. A. P. (Org.). (2001). Psicologia escolar e educacional: saúde e qualidade de vida. Campinas: Alínea.

Guzzo, R. S. L. (Org.). (1999). Psicologia escolar e a nova conjuntura educacional brasileira. Campinas: Átomo.

Weschler, S. (Org.). (1996). Psicologia Escolar: pesquisa formação e prática. Campinas: Alínea.


Observam-se outras formas de colaboração e integração dos membros do Grupo em atividades diversas, como bancas examinadoras de teses, seminários em disciplinas da pós-graduação, atividades de extensão universitária e mesas redondas em congressos e simpósios. Destacam-se, neste último aspecto, o Simpósio Psicologia escolar: ética e competências na formação e atuação profissional, apresentado no VI Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional (Salvador/BA, 2003); a reunião de trabalho do Grupo realizada nesse evento; a Mesa Redonda Formação inicial e continuada em Psicologia Escolar: um debate em torno de idéias e propostas, realizada no III Congresso Norte-Nordeste de Psicologia (João Pessoa/PB, 2003); e os simpósios Psicólogo Escolar: caminhos para a formação e Atuação do Psicólogo Escolar: novos caminhos, apresentados no VII Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional (Curitiba/PR, 2005).

Avaliação:

O Grupo compartilha uma visão positiva de seu funcionamento e realizações, direcionando esforços para consolidar sua produção sobre temas emergentes de indubitável interesse científico-social e para incrementar a realização de ações conjuntas nas áreas de pesquisa e formação profissional. A consolidação do Grupo tem sido favorecida, entre outros fatores, pela abertura do Grupo à diversidade teórico-metodológica, pelo respeito à qualidade da produção cientifica de cada um de seus membros, pela significativa produção e participação em atividades conjuntas e pela qualidade das relações humanas que tem caracterizado seu percurso.



Baixar 94.82 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa