Variáveis sócio-demográficas e psicosociais



Baixar 14,12 Kb.
Página3/4
Encontro29.11.2019
Tamanho14,12 Kb.
1   2   3   4
Unidade doméstica
Unidade doméstica é definida como sendo pessoas que vivem e comem juntas, o que tem relevância para a epidemiologia nutricional. É considerada diferente de família ou de co-residentes, excluindo aqueles com comportamentos fora do padrão ou muito complexos.

Há uma variação na estrutura das unidades domésticas entre os grupos étnicos; há também evidencias que os membros de uma unidade doméstica costumam ter um padrão de dieta similar, o que não implica numa ingestão de nutrientes similar.

A adoção do conceito de “chefe da casa” é adotada para fins de pesquisas como o censo, mas tem na prática, um significado quase simbólico. Este posto é quase sempre assumido pelo homem, havendo variações entre os grupos étnicos do significado e da relevância deste conceito.
Critérios para escolha das variáveis
É importante que as variáveis adotadas sejam padronizadas de forma a poder permitir a possibilidade de comparação. Algumas sugestões são oferecidas:


  • As variáveis devem ser medidas com exatidão;

  • Devem diferenciar populações com características relevantes de saúde;

  • As diferenças observadas nos padrões de doença devem gerar hipóteses testáveis ou ser aplicadas no planejamento e cuidados com a saúde.






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal