Uso Indevido de Drogas por Universitários Resumo Simpósio



Baixar 22,6 Kb.
Página4/6
Encontro17.10.2018
Tamanho22,6 Kb.
1   2   3   4   5   6
Resultados parciais

A maioria dos sujeitos participantes da pesquisa, alunos e professores, afirma ser papel da Universidade a intervenção preventiva junto aos alunos. Aponta que os professores universitários nem sempre estão preparados para intervir com ações efetivas. Relata que a melhor metodologia de trabalho é a formativa/informativa, isto é, não basta informar sobre os malefícios biopsicossociais advindos do uso de drogas, mas, formar o aluno reflexivo-crítico a respeito do assunto. Revela que as intervenções devam ter caráter democrático e linguagem voltada à realidade do jovem. Não acredita que intervenções repressivas surtam efeitos positivos e duradouros. Afirma que o programa contribuiu com reflexões, pois possibilita o diálogo, trazendo a realidade concreta do ator social. Considera a metodologia adequada aos objetivos do programa, uma vez que, não tem como pressuposto uma verdade estabelecida. Revela importante a continuidade das ações, pois considera que grande parte dos alunos chega no “mundo universitário” imbuídos de fantasias relativas ao consumo de drogas. Aponta para o papel social importante da universidade, extrapolando a sua condição de transmissão de conhecimentos técnico-científicos.

A maioria dos professores revela o reconhecimento do importante papel da educação universitária frente à prevenção. Por outro lado, alguns, ainda, retratam percepções tradicionais, colocando à deriva a amplitude do significado do ato de educar para a cidadania.


: anteriores
anteriores -> Formação de professores e pesquisa: metodologias de participação, colaboração e autoformação
anteriores -> MediaçÃo da aprendizagem no ensino de psicologia de educaçÃo sob a perspectiva de reuven feuerstein: uma pesquisa-açÃo no curso normal nível médio
anteriores -> A influência da família na construçÃo da noçÃo de lucro na criança trabalhdora de rua de curitiba
anteriores -> EducaçÃo científica e atividade grupal na perspectiva sócio-histórica
anteriores -> O aprender do adulto: contribuições da teoria histórico-cultural
anteriores -> As implicaçÕes das emoçÕES, dos afetos e dos sentimentos na prática pedagógica a partir da psicologia sócio-histórica
anteriores -> Referências bibliográficas
anteriores -> Da inovaçÃo técnica à inovaçÃo edificante: o ensino de Didática em questão
anteriores -> O estágio supervisionado na formaçÃo do(A) professor(A) de educaçÃo física
anteriores -> RepresentaçÕes de alfabetizaçÃo em discursos escolares: harmonia entre palavras proferidas e coisas feitas


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal