Universidade federal do piauí


Keywords: Ethics. Professional-Patient Relations. Intensive Care Units. SUMÁRIO



Baixar 1 Mb.
Página5/15
Encontro22.11.2019
Tamanho1 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15
Keywords: Ethics. Professional-Patient Relations. Intensive Care Units.

SUMÁRIO



1


CONSIDERAÇÕES PARA INICIAR...................................................................

09

2


A (BIO)ÉTICA, A ETICIDADE E OS DILEMAS ÉTICOS..............................

13

3


O CORPUS METODOLÓGICO DA INVESTIGAÇÃO....................................

23

4


REFLEXÕES SOBRE DILEMAS ÉTICAS: DIALOGANDO COM OS TEÓRICOS E PESQUISADORES........................................................................



29

5


CONSIDERAÇÕES PARA ARREMATAR.........................................................

39



REFERÊNCIAS.......................................................................................................

42




























































































“[...] Homens, sede humanos, este é o vosso primeiro dever; sede humanos para todas as condições, para todas as idades, para tudo o que não é alheio ao homem” (ROUSSEAU, 2004, p. 72).



1 CONSIDERAÇÕES PARA INICIAR
Os dilemas éticos acontecem cotidianamente em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), na forma de conflitos, indecisões, problemas e dúvidas, vinculados às práticas assistenciais, sociais, éticas e politicas dos membros da equipe interdisciplinar em relação ao paciente grave, a família cuidadora e a unidade de internação da instituição de saúde. Durante a interface com o dilema ético, é exigida do profissional de saúde a lucidez necessária para entender o significado das tomadas de decisões e de suas consequências, dessa forma, estamos nos preocupando com uma questão que envolve a ética, a moral e a legalidade.

Vivenciamos dilemas éticos em diversas áreas da sociedade da informação e do conhecimento, também na área da saúde, que afeta profundamente a nossa forma de reagir às situações dilemáticas no ambiente pessoal e profissional. No cotidiano das UTIs, os cuidados intensivos se interpenetram, se entrelaçam com as vivencias de cada equipe interdisciplinar, produzindo outras maneiras de interpretar e refletir sobre os dilemas éticos.

Na UTI, o processo de assistência ao paciente crítico é ininterrupta e especializada, o que favorece a qualidade no atendimento. Esta pesquisa tem como questão de partida: Quais os tipos de dilemas éticos vivenciados em Unidades de Terapia Intensiva. Propõe-se uma reflexão sobre o agir ético, moral, virtuoso e profissional, neste estudo, a fim de: amenizar o sofrer; evitar complicações e desespero; repensar os mecanismos de adaptação e superação ao paciente/família baseados nos conceitos de (bio)ética e moral.

O profissional intensivista respeita a vida, a dignidade e os direitos humanos, em todas as suas dimensões pautados na: justiça, compromisso, equidade, resolutividade, competência, responsabilidade, prudência, diálogo, dentre outros valores humanos.

Os dilemas éticos se apresentam no cotidiano profissional entre os interlocutores da área de saúde, que pressupõem avaliação, julgamento e decisão de resolução de cada um destes. Para Dewey (1979, p. 24), “[...] a necessidade da solução de uma dúvida é o fator básico e orientador em todo o mecanismo da reflexão”. Quando se trata em resolver um dilema ético, a equipe interdisciplinar de profissionais de saúde delibera sugestões dirigidas pela coerência moral de seus partícipes.

O interesse em particular, aprofundar os estudos sobre os dilemas éticos, surgiu da necessidade e inquietude, no decorrer da vida pessoal e profissional, tanto como enfermeiro assistencial quanto professor de disciplinas direcionadas aos cuidados intensivos. Sabemos que cada profissional da saúde exerce a sua profissão pautada em preceitos que estão baseados em seus códigos de ética específicos.

Partimos dos pressupostos suscitados tanto por ter vivenciar dilemas éticos no ambiente de trabalho como pelos estudos dos teóricos que investigam a ética e apresentam elementos que favorecem reinterpretações coerentes.

Para Cortella (2010, p. 107), existem três perguntas que são eficientes no sentido de possibilitar e ou contribuir a nossa ação de cuidarmos da vida, sendo elas: Quero? Devo? Posso? “[...] Há coisas que eu quero, mas não devo. Há coisas que eu devo, mas não posso. Há coisas que eu posso, mas não quero”. Resolvemos um dilema ético passando a questão por estes três tipos de questionamentos morais e éticos.

Estamos vivenciando transformações e mudanças na forma de pensar, de agir, de sentir tanto relacionada com as inovações tecnológicas sobre o cuidado quanto sobre as questões relativas à (bio)ética, o acolhimento e formação de vínculos afetivos. Os profissionais da saúde estão em processo constante de refinamento de cuidados para que a assistência esteja livre de danos e riscos desnecessários.

A partir das intenções empreendidas neste estudo, destacamos que a pesquisa tem a seguinte questão de pesquisa: quais os dilemas éticos vivenciados em Unidades de Terapia Intensiva? Considerando essa questão exploratória, apresentamos como objetivo geral do estudo: Investigar, nas produções científicas disponíveis na literatura nacional brasileira, os tipos de dilemas éticos vivenciados em Unidades de Terapia Intensiva. Para explorar metodologicamente a questão de partida e o objetivo geral da investigação, selecionamos como objetivos específicos: 1) Identificar as evidências científicas disponíveis na literatura sobre a categoria dilema ético; 2) Refletir sobre a importância da resolução dos dilemas éticos antes, durante e depois da assistência ao paciente criticamente enfermo admitidos em Unidade de Terapia Intensiva; 3) Classificar os tipos de dilemas éticos vivenciados em unidades de Terapia Intensiva.

Além das “Considerações para iniciar”, na qual contextualizamos o objeto de estudo, ressaltamos a questão exploratória deste estudo, está dividida em três capítulos. Na primeira seção, intitulada “A (bio)ética, a eticidade e os dilemas éticos”, abordamos a temática sobre a ética e a bioética e sua influência na resolução de dilemas éticos. As discussões sobre a ética e bioética fundamentam-se nas reflexões de Spinoza (1983), Cohen e Segre (2006), Dewey (2011), Sánchez Vázquez (2012), entre outros.

O Corpus Metodológico da Pesquisa encontra-se na segunda seção, onde delineamos o percurso metodológico do estudo. Desta forma, caracterizamos a pesquisa, os instrumentos utilizados para a coleta de dados e o contexto da pesquisa. As discussões sobre essa modalidade de pesquisa consubstanciam-se nas contribuições de Chizzotti (2003), Mendes, Silveira e Galvão (2008), Pope e Mays (2009), Creswell (2010), Polit e Beck (2011), Richardson (2012), entre outros. Para finalizar, descrevemos os detalhes dos procedimentos de análise de dados com base em Bardin (2011).

A terceira seção apresenta a análise dos resultados, tendo por base o referencial teórico utilizado no estudo, tomando como referência o instrumento de pesquisa. Nas Considerações para arrematar, divulgamos as constatações do estudo, enfatizando que o dilema ético é um acontecimento constante na prática profissional dos profissionais intensivistas. O estudo mostra que a equipe interdisciplinar de Unidades de Terapia Intensiva produzem diferentes tipos de dilemas éticos, tendo como objeto de análise a prática de detecção e de resolução. Os dilemas éticos, portanto, emergem como questões potencializadoras de reflexão, de conhecimento de si e do outro.

Além de sua pertinência científica, esta investigação intenciona colaborar com as vigentes pesquisas acerca da ética, da bioética e dos dilemas éticos vivenciados no ambiente de trabalho, que exige profissionais de saúde competentes, em que a sua atuação nas Unidades de Terapia Intensiva esteja voltada para o cuidado intensivo de pacientes criticamente enfermos.




“[...] Uma afecção não pode ser refreada nem suprimida, senão por uma afecção contrária e mais forte que a afecção a refrear” (SPINOZA, 1983, p. 231).





Baixar 1 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa