Universidade federal do pará instituto de ciências da educaçÃO


FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A EXISTÊNCIA DE VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS



Baixar 206,88 Kb.
Página8/12
Encontro03.12.2019
Tamanho206,88 Kb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12
5 FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A EXISTÊNCIA DE VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS

O projeto de pesquisa “A violência nas escolas: um estudo sobre dinâmicas e alternativas para a resolução” coordenado pela Professora Ivany Pinto Nascimento, do Instituto de Ciências da Educação, da Universidade Federal do Pará (UFPA), aponta questões relevantes a partir dos resultados da investigação feita com 649 jovens, ambos os sexos, entre 12 e 24 anos, que cursavam o Ensino Médio em quatro escolas públicas localizadas na periferia e no centro de Belém.

O estudo revelou a presença de gangues como o principal fator que determina a violência. Isso foi confirmado por 52,2% dos jovens entrevistados nas escolas do centro e 40,9% nas da periferia. O uso de drogas, a desestrutura familiar, a falta de educação e de sentido à vida, são fatores que contribuem com a crescente violência na escola. “ O elevado índice de alunos (tanto homens quanto mulheres) envolvidos em gangues é um comportamento social que vem se perpetuando de forma negativa para formação dos jovens. Tanto a família quanto a escola devem se preparar para lidar com essa questão”, defende a pesquisadora.

É importante esclarecer que a desestrutura familiar a que o estudo se refere não representa, necessariamente, a separação dos pais ou até mesmo a ausência de um deles, mas a falta de responsabilidade pela orientação e pelo acompanhamento dos filhos, assim como a ausência de limites, de autoridades, de diálogos e de respeito. A desigualdade social, de certa forma contribui para o crescimento da violência, pois é um responsável pelo crescimento das evasões escolares, aumento das mortes violentas causadas por armas de fogo, favorece o recrutamento ao crime organizado, além de restringir as oportunidades de uma vida digna. De acordo com Ivany, compreender a dinâmica psicossocial do jovem significa entender quais fatores que podem influenciá-lo a se envolver em atos violentos, “ isso nos ajuda a pensar em estratégias que as escolas podem adotar a fim de minimizar, já que é tão crescente, o problema da violência.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa