Universidade federal do pará instituto de ciências da educaçÃO


FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A EXISTÊNCIA DE VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS



Baixar 206,88 Kb.
Página8/12
Encontro03.12.2019
Tamanho206,88 Kb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12
5 FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A EXISTÊNCIA DE VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS

O projeto de pesquisa “A violência nas escolas: um estudo sobre dinâmicas e alternativas para a resolução” coordenado pela Professora Ivany Pinto Nascimento, do Instituto de Ciências da Educação, da Universidade Federal do Pará (UFPA), aponta questões relevantes a partir dos resultados da investigação feita com 649 jovens, ambos os sexos, entre 12 e 24 anos, que cursavam o Ensino Médio em quatro escolas públicas localizadas na periferia e no centro de Belém.

O estudo revelou a presença de gangues como o principal fator que determina a violência. Isso foi confirmado por 52,2% dos jovens entrevistados nas escolas do centro e 40,9% nas da periferia. O uso de drogas, a desestrutura familiar, a falta de educação e de sentido à vida, são fatores que contribuem com a crescente violência na escola. “ O elevado índice de alunos (tanto homens quanto mulheres) envolvidos em gangues é um comportamento social que vem se perpetuando de forma negativa para formação dos jovens. Tanto a família quanto a escola devem se preparar para lidar com essa questão”, defende a pesquisadora.

É importante esclarecer que a desestrutura familiar a que o estudo se refere não representa, necessariamente, a separação dos pais ou até mesmo a ausência de um deles, mas a falta de responsabilidade pela orientação e pelo acompanhamento dos filhos, assim como a ausência de limites, de autoridades, de diálogos e de respeito. A desigualdade social, de certa forma contribui para o crescimento da violência, pois é um responsável pelo crescimento das evasões escolares, aumento das mortes violentas causadas por armas de fogo, favorece o recrutamento ao crime organizado, além de restringir as oportunidades de uma vida digna. De acordo com Ivany, compreender a dinâmica psicossocial do jovem significa entender quais fatores que podem influenciá-lo a se envolver em atos violentos, “ isso nos ajuda a pensar em estratégias que as escolas podem adotar a fim de minimizar, já que é tão crescente, o problema da violência.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal