Universidade federal do ceará



Baixar 1,04 Mb.
Página23/37
Encontro30.11.2019
Tamanho1,04 Mb.
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   37
Estado civil

N

%

Casado(a)

33

36,7

Viúvo(a)

23

25,6

Solteiro(a)

23

25,6

Separado(a)

10

11,1

União consensual

1

1,1

Total

90

100,0

Fonte: Pesquisa de campo (questionário)

Os dados acima indicam que a maioria (62,3%) das pessoas que frequentam o PAI já perdeu ou não conseguiram manter o vínculo afetivo com parceiro do sexo oposto, podendo este fato explicar, em parte, porque eles têm se mantido vinculados às atividades do programa, ou seja, para suprir a sensação de solidão decorrente da ausência de parceiro. A condição civil predominante encontrada vai ter implicações diretas sobre quem se responsabiliza pelo sustento da casa, conforme veremos mais adiante.

Por outro lado a busca pelos grupos por parte das mulheres pode estar vinculadas á liberação das obrigações com o casamento e o cuidado com os filhos. Portanto na aposentadoria elas podem interagir, passear, conhecer novas pessoas, etc.

Com relação à tabela 2, encontramos que 28,9% moram com a família, ou seja, com esposo(a) e filhos(as), 16,7% apenas com o esposo(a), 15,6% apenas os filhos, 20,0% moram sozinhos, 8,8% moram com a mãe, irmã ou com sobrinhos e 7,8% moram com a secretária do lar. Tais dados mostram que, a despeito da maioria dos sujeitos serem separados, viúvos ou solteiros, apenas uma minoria (27,8%) moram sozinhos ou com pessoas que não são da família.


Tabela 2 - Com quem mora os aposentados e pensionistas




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   37


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal