Universidade federal de são carlos pró-reitoria de graduaçÃO



Baixar 68.54 Kb.
Página1/3
Encontro13.05.2020
Tamanho68.54 Kb.
  1   2   3


UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO


Rod. Washington Luís, Km 235 – Caixa Postal 676

Fones: (016) 3351-8108/8107

Fax: (016) 3351-9618

CEP: 13565-905 – São Carlos – SP – Brasil

e-mail: prograd@power.ufscar.br



ATA DA 46ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE GRADUAÇÂO
Data: 08/12/2014

Horário: 14h15min.

Presidência: Profa. Dra. Maria Sílvia de Assis Moura

Secretária: Sandra Regina Sabadini



Membros Presentes: Conforme assinaturas na lista anexa
Aos oito dias do mês de dezembro do ano de dois mil e quatorze, às quatorze horas e quinze minutos, no Anfiteatro da Reitoria da UFSCar, campus São Carlos, local equipado com meios de tecnologias de comunicação recíproca à distância, conectado com os campi de Araras, Sorocaba e Lagoa do Sino, a senhora Presidente do Conselho Profª. Dra. Maria Silvia de Assis Moura deu inicio a reunião, agradecendo a presença de todos. Em Araras o presidente foi Prof. Dr. Daniel Luiz da Silva e como secretária a Sra. Elaine Cristina Maldonado; em Sorocaba o presidente foi o Prof. Dr. José Mauro Santana da Silva, e como secretária a Sra. Ana Paula Gonçalves e em Lagoa do Sino a reunião estava sendo presidida pelo Sr. Fernando Moura Fabri Petrilli. 1. EXPEDIENTE.1.1. Comunicações da Presidência.1.1.1. Port. 089/2014-CCBS, de 03/12/2014. Nomeação “pró-tempore” do Prof. Dr. Marcos Arduin como Coordenador do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. 1.1.2. Port. 090/2014-CCBS, de 03/12/2014. Nomeação “pró-tempore” do Prof. Dr. Ivã de Haro Moreno como Vice-Coordenador do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. 1.1.2.A – Ato CECH nº 094/2014, de 01/12/2014. Nomeação “pró-tempore” da Profa. Lara Ferreira dos Santos como Coordenadora do Curso de Bacharelado em Tradução e Interpretação em Língua Brasileira de Sinais Libras/Língua Portuguesa. 1.1.2.B – Of. CECH nº 069/2014, de 08/12/2014. Indicação do Prof. Dr. Leonardo Antônio de Andrade como representante suplente do CECH no CoG. 1.1.3. Relato PEC-G. 1.1.4. Pesquisa FORNAPRACE – Fórum Nacional das Pró-Reitorias de Assuntos Comunitários e Estudantis.1.1.5. Aprovação ad-referendum do ConsUni para o aumento do nº de vagas do Curso de Bacharelado em Educação Física de 10 para 30 vagas. 1.1.6. Agenda de reuniões do CoG para 2015 - Pauta: Regimento da Graduação – 12/01 (1ª sessão) e 09/01 (2ª sessão); 09/02 (1ª sessão) e 23/02 (2ª sessão).1.1.7. Lembrar sobre eleição para cargos de coordenadores pró-tempore. 1.1.8. Informes da Coordenadoria de Ingresso na Graduação a) Reuniões realizadas nos campi de Araras, Sorocaba e Lagoa do Sino para tratar da organização de atendimento aos ingressantes 2015 - período de chamadas e matrículas; b) quantidade de inscritos, data de aplicação das provas e outras atividades relacionadas ao processo de seleção para ingresso no curso de Música - Licenciatura e para o ingresso de indígenas nos cursos de graduação presenciais. 1.2. Comunicações dos Membros. A Profa. Dra. Renata Maria Moschen Nascente, coordenadora do curso de Pedagogia, relata problemas de interrupção de aula para atender pesquisas sem autorização prévia das instâncias competentes. Solicitou uma orientação formal, talves da ProGrad, para padronizar esse tipo de pesquisa externa e fez a sugestão de entrar no regimento dos cursos de graduação. 2. ORDEM DO DIA. 2.1. Apreciação das Atas do Conselho de Graduação. A Profª. Maria Silvia perguntou aos conselheiros se tinham alguma observação com relação às atas 33, 34, 35, 36, 37, Reunião Extraordinária e 42. Não houve nenhum destaque e todas foram aprovadas. 2.2. Homologações das decisões tomadas pela ProGrad, ad-referendum do CoG, com relação aos seguintes assuntos: 2.2.1 Dispensa de disciplinas APROVADAS. 2.2.1.1. Dispensa da disciplina 110124 – Microeconomia (DEP) para alunos que cursarem a disciplina 492108 – Microeconomia 1 (DECo-So). 2.2.1.2. Dispensa da disciplina 524042 – Cálculo Diferencial e Integral 2 (DFQM) para alunos que cursarem as disciplinas 089206 – Cálculo 2 E 089400 – Séries e Equações Diferenciais (DM). 2.2.1.3. Dispensa da disciplina 510041 – Histologia (DBio-So) para alunos que cursarem a disciplina 510068 – Biologia Celular e Histologia Comparada (DBio-So). 2.2.1.4. Dispensa da disciplina 513016 – Biologia dos Microorganismos Procariontes (DBio-So) para alunos que cursarem a disciplina 513032 – Diversidade e Evolução dos Microorganismos (DBio-So). 2.2.1.5. Dispensa da disciplina 524050 – Cálculo Diferencial e Integral 3 (DFQM) para alunos que cursarem as disciplinas 089303 – Cálculo 3 E 089400 – Séries e Equações Diferenciais (DM). 2.2.1.6. Dispensa da disciplina 070068 – Química Tecnológica Geral (DQ) para alunos que cursarem as disciplinas 522317 – Química Geral Teórico-Experimental E 522350 – Química Orgânica Teórico-Experimental (DFQM). 2.2.1.7. Dispensa da disciplina 546178 – Linguística e Língua Portuguesa (DGTH) para os alunos que cursarem a disciplina 540056 – Leitura e Produção de Textos para Turismo (DGTH). Homologadas sem nenhum destaque. 2.2.2. Acordo de Cooperação para estágio. 2.2.2.1 Processo nº 23112.004281/2014-11 – Renovação de Acordo de cooperação entre a UFSCar e a Sakata Seed Sudamérica Ltda. A profa. Maria Silvia informou que trata de uma empresa de sementes de hortaliças e flores de Bragança Paulista/SP, e que a oferta de estágio são para os dos cursos graduação de Araras. Aprovado. 2.2.2.2 Processo nº 23112.004216/2014-96 – Acordo de Cooperação entre a UFSCar e a Raízen Energia S/A. para realização de estágio, destinado aos estudantes dos cursos de graduação. Aprovado. 2.2.2.3 Processo nº 23112.004338/2014-82 – Acordo de Cooperação entre a UFSCar e a Raízen Combustíveis S/A. para realização de estágio, destinado aos estudantes dos cursos de graduação. Aprovado. 2.2.3. Fichas de Caracterização de Disciplinas de 2015/1 dos departamentos: DPsi, DC-Sor, DFMC, DAC, DEE, CCN-LS, DCNME, DBPVA, DTAiSER, DC, DMP, DEd, DM, DQ, DF, DEFMH, DME, DL, DM, DEs, DEMa, DEBE e DDR. Profa. Maria Silvia explicou que todas às fichas foram conferidas pela Divisão de Desenvolvimento Pedagógico e aprovadas ad referendum e foram implementadas para início em 2015/1. Aprovado por unanimidade. 2.3. Assuntos a serem submetidos à apreciação dos membros do Conselho de Graduação. 2.3.1. Minuta de Regulamento para Ingresso nos Cursos de Graduação Presenciais 2015. Destaque das alterações em relação ao regulamento do ano de 2014; publicação em formato de edital e calendário preliminar. Com a palavra o Sr. Wagner Souza dos Santos, Coordenador da Coordenadoria de Ingresso na Graduação. O Sr. Wagner propôs ao Conselho um ajuste em relação ao formato da resolução para que ele seja feito no formato de edital, pois esse formato facilita a leitura e deixa mais evidente às informações para o candidato. O Prof. Pedro perguntou ao Sr. Wagner sobre a confirmação de interesse pela vaga depois da primeira matrícula, se essa confirmação continua tendo duas opções ou uma só. O Sr. Wagner respondeu que a confirmação de interesse pela vaga será apenas para a primeira opção, para suprimir uma opção no regulamento. O Prof. Pedro também falou que o item 8.1 deveria ser atualizado, pois ainda estava com a redação do ano anterior e manifestou sua preocupação com a questão das chamadas, pois quando é feita a manifestação de interesse, todo o candidato que não comparecer será automaticamente eliminado, ele diz que isso não está escrito de maneira clara. A Profª. Maria Silvia disse que esses pontos seriam reavaliados para que a redação fosse melhorada. O Prof. Daniel Luiz da Silva, Vice-Coordenador do Curso de Licenciatura em Física do campus Araras, argumentou que foi retirado a chamada de interesse de portadores de diploma e que isso é muito ruim para os cursos de licenciatura do campus, pois vinte por cento dos ingressantes são portadores de diplomas e que eles se opõem a essa mudança no regulamento. A Profª. Maria Silvia informou que o Conselho precisará decidir se isso será mantido ou não. O Prof. Dr. Roberto Antonio Martins, coordenador do curso de Engenharia de Produção, disse que a quarta chamada será uns quinze dias após o inicio das aulas e que isso deveria ser revisto. A Profª. Maria Silvia prestou esclarecimentos referente ao calendário das chamadas do SiSU justificando a necessidade de manifestação presencial da primeira até a terceira chamada, ressaltando que ainda não existe um meio suficientemente testado para que essa manifestação não fique presencial. A Profa. Renata destacou que partindo do princípio do número de vagas e de que a universidade serve a sociedade ela é totalmente favorável ter um procedimento para ingresso de pessoas já diplomadas, desde que tenham feito todas as chamadas possíveis. O Prof. Pedro Ferreira Filho, coordenador do curso de Estatística, disse que a universidade deve fazer o maior esforço possível para preencher todas as vagas e que eventualmente terá que se pagar o preço de receber um aluno quinze ou vinte dias depois do começo das aulas. A Profa. Maria Silvia colocou em votação recebendo aprovação por unanimidade. 2.3.2. Despacho 120/2014 – CCBS, de 21/10/2014 – Encaminha a composição do Conselho de Coordenação do Curso de Bacharelado em Gerontologia. A Profa. Maria Silvia explicou que a composição do Conselho atende às normas e colocou para votação. Aprovado por unanimidade. 2.3.3. Apreciação dos Calendários Acadêmicos da UFSCar. A Profa. Maria Silvia passou a palavra para o Diretor da DiGRA. O Sr. Fernando esclareceu que elaborou versões individualizadas dos calendários acadêmicos para cada campus e uma versão do calendários unificado. Segundo ele, a versão unificada ficou melhor, pois as datas de maneira geral são as mesmas para todos e as únicas diferenças são os feriados municipais e recessos, por conta das pontes desses feriados. Destacou que era necessário fazer uma alteração para os dias de digitação das notas e do conceito I. Informou que as disciplinas de verão ficariam de três de fevereiro até onze de fevereiro porque com essas datas haverá tempo para inscrição dos estudantes. A Profª. Marilde solicitou que fosse acrescentado mais um dia para terminar no domingo. O Sr. Fernando informou que pode ser acrescentado. A profª. Marilde disse que então esse dia fosse acrescentado tanto no primeiro quanto no segundo semestre. A prof. Isamara verificou que o calendário unificado, é somente para cursos presenciais e que ela gostaria que os cursos a distância fossem incluídos e que o termo unificado poderia ser confuso. A Profª. Maria Silvia disse que iriam trabalhar para unificar o calendário dos cursos a distância com o dos cursos presenciais. O Prof. Pedro Ferreira fez duas observações: a primeira foi de que o CoG havia acordado que a digitação de notas seria no inicio da última semana letiva e que para o segundo semestre o calendário apresentava esses período uma semana antes, e a segunda questão era de que no final do segundo semestre teria cinco dias para digitação de notas e no calendário estava começando dia doze e terminando dia dezesseis e se esse dia não podia ser mudado para dezoito? A Profª. Maria Silvia respondeu que sim. A profª Marilde perguntou se o CIC não estava previsto. A profª. Maria Silvia respondeu que não, ela também explicou que em 2015 não é ano de CIC, mas de Jornada que é um evento bem maior e precisa de mais programação para ser inserido no calendário. Ela também disse que o Sr. Evandro estava questionando se a universidade aberta seria mantida nos moldes atuais ou ela seria revista, por isso esta data precisa ser inserida no calendário e que também estava faltando colocar as datas da feira de oportunidade, mas isso não afetaria as datas da graduação diretamente e que cada campi fará o seu evento para acolher as diferenças entre cada cidade. Colocado em votação os calendários foram aprovados por unanimidade. 2.3.4. Calourada. A Profª. Maria Silvia lembrou aos conselheiros em reuniões passadas foi solicitado que o assunto fosse levado para o Conselho de Coordenação de Curso, para que na presente reunião o formato da calourada pudesse ser fechado. Com a palavra a representante discente Camila Lopes Seixas, do curso de Bacharelado em Turismo – campus Sorocaba, informou que foram feitas reuniões com os centros acadêmicos e que trouxeram propostas de trotes solidários e questões de atividades culturais durante a calourada, ela disse que foi decidido que os dias seriam segunda e terça-feira, na parte da manhã, as coordenações do cursos ficaram com as próximas semanas, porque foi julgado que nos primeiros dias alguns estudantes não comparecem e as atividades culturais serão a tarde e a noite. Ela também gostaria de discutir as questões da verba destinada. O prof. Vitor disse que no novo Conselho do curso de Física foi discutido que o curso tem um grave problema de retenção de estudantes e que o ponto estratégico para o curso é o acolhimento. O prof. Pedro disse que gostaria de retornar a proposta de a calourada não ser apenas um conjunto de atividades feitas com os alunos, ele deu o exemplo do curso de Estatística trazer antigos alunos para conversarem com os alunos ingressantes, por isso ele não acha que a calourada deve ser restrita por um número finito de dias e pela sua experiência a forma como estava sendo colocada a calourada ela acabou virando uma semana a mais de férias exceto para poucos alunos que participam, portanto ele não aconselha a calourada ser feita no primeiro dia letivo. Ele propõe para a calourada não ser mais em dias consecutivos, mas sim serem feitos quatro dias de integração ao longo do semestre. Ele também disse que além desses quatro dias poderia haver mais atividades durante o ano letivo. Também foi falado que a aula inaugural parece que parou de existir que deveria voltar, pois os alunos devem conhecer o reitor da universidade. O prof. Valter disse que no curso de Computação também foi feita uma reunião com o Conselho com a participação de discentes onde eles tentaram se planejar melhor para a calourada, eles pensaram nas segunda, terça e quarta-feira para atividades como uma gincana para os alunos conhecerem determinados setores da universidade, também pensaram em fazer um acompanhamento com os novos ingressantes durante o semestre e também o programa do PET de apadrinhamento onde cada “petiano” é padrinho de um determinado calouro e ajuda esse calouro em determinadas atividades durante seis meses. A profª Maria Silvia disse que o DCE e a Atlética, solicitavam recursos financeiros para a PROGRAD para realização de atividades, mas que isso não será mais possível. Ela disse que houve um pedido da PROACE em que eles pudessem ter um dia dentro da calourada. Ela lembrou que a biblioteca também faz um acolhimento, mas que desistiu de fazer isso na primeira semana devido não haver muito público. A profª. Também falou da calourada do curso de Engenharia Civil onde os alunos fazem pequenas obras em instituições de caridade.Foi sugerido o termo “Aula Magma” ao invés de” Aula inaugural”. A Profª. Maria Silvia acrescentou que é imprescindível a presença do reitor nessa aula. O Prof. Dr. Roberto disse ser contra o trote, principalmente o “pedágio”, profª. Maria Silvia concordou com ele, e ele diz que no dia que isso é feito ele tenta apresentar para os alunos slides que mostram desde o portal do campus até como o aluno poderá passar pela disciplina. Ele disse que o curso também oferece um café da manhã nesse dia, mas que metade dos alunos comparecem. O Prof. Dr. José da Costa Marques Neto, coordenador do curso de Engenharia Civil, informou que também fazem o que eles chamam de “trote verde”, onde os alunos plantam árvores no campus. Ele sugeriu que cada curso se espelhasse nisso e fizessem atividades com os seus alunos. O Prof. Dr. Emerson Carlos Pedrino, coordenador do curso de Engenharia da Computação, disse que essa iniciativa pode não funcionar. O representante discente Lucas, disse que gostou da proposta do professor Pedro, mas ele acha que o termo “trote” deve ser abolido. A profª Maria Silvia concordou que o termo “trote” não é apropriado. A Profa. Dra. Maria Teresa Marques Novo Mansur, coordenadora do curso de Biotecnologia, disse que tem a ideia de chamar os alunos que participaram do Ciência sem Fronteiras para falar com os novos ingressantes. A Sra. Estela disse que acha que os alunos devem saber de todas as oportunidades oferecida pela universidade, não somente o Ciência sem Fronteiras. A prof. Marilde complementou dizendo que os alunos das Ciências Humanas mesmo não podendo participar do Ciência sem Fronteiras, tem outras oportunidades que devem ser divulgadas. A Profa. Dra. Patrícia Waltz Schelini, coordenadora do curso de Psicologia, disse que sempre apresenta a grade do curso para os calouros, os tipos de bolsa, dá dicas gerais a respeito da cidade e também faz um café da manhã com alunos e professores. Ela sugere ter encontros para informar os alunos durante todo o primeiro ano. A Sra. Ana Paula, campus Sorocaba, informou que todos gostaram das propostas feitas, mas que já haviam programado a calourada de dois mil e quinze, então eles sugeriram que nesse ano cada campi organize sua própria calourada e que esse novo formato ficasse para dois mil e dezesseis. A profª. Maria Silvia propôs formar uma comissão para construir uma proposta de calourada inserindo a aula magma. Os nomes sugeridos foram: Prof. Vitor, Profª. Renata, Profª. Maria Tereza; Sra. Ana Paula, Sra. Elaine, Profa. Juliana, Prof. José da Costa Marques Neto e o representante discente Lucas, tendo como presidente a Pró-Reitora de Graduação Adjunta. O prof. Roberto disse que o trote ocorre durante a matrícula também, onde o aluno recebe informações excessivas sobre imobiliárias e isso pode acabar afugentando os calouros. Vários professores concordaram. O prof. Valter disse que na segunda-feira , no começo do período letivo, os veteranos levam os calouros para o “pedágio” para que arrecadem dinheiro para uma festa que ocorre na terça-feira. Ele disse que se esses alunos que levam os calouros não estiverem envolvidos nos preparativos, acabarão fazendo a mesma coisa no ano seguinte. A profª Maria Silvia respondeu que é por isso que é necessário incorporar o DCE e a Atlética nesses preparativos e que também agora haverá aulas na terça. Eu, Luana de Souza Rocha, transcrevi a presente ata que, se aprovada, será assinada pelos membros presentes.


Baixar 68.54 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana