Unip-conteúdo programático


IMPORTÂNCIA DO ERRO NA APRENDIZAGEM



Baixar 64.77 Kb.
Página4/9
Encontro18.03.2018
Tamanho64.77 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9
IMPORTÂNCIA DO ERRO NA APRENDIZAGEM

Quando um indivíduo está tentando responder a um novo estímulo, sobre o qual ainda não possua estruturas cognitivas e motoras para fazê-lo adequadamente, terá que mobilizar os mecanismos internos e acomodar novas estruturas. Toda vez que estamos tentando construir novas estruturas, passamos, necessariamente pelo erro.

Segundo Piaget, o erro construtivo é um elemento fundamental no processo de aprendizagem, pois sinaliza um momento em que estamos tentando construir novas estruturas, cognitivas e motoras e, portanto, aprendendo.
Para ilustrar a importância do erro na aprendizagem, tomemos como exemplo a habilidade de manipular três bolinhas simultaneamente (malabarismo):
1 - lançar uma bola de uma mão para a outra .
2 - lançar, alternadamente, duas bolas de uma mão para a outra.
3 - lançar, alternadamente, três bolas de uma mão para outra.



Baixar 64.77 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana