Unifae – centro universitário franciscano do paraná



Baixar 386,23 Kb.
Página45/50
Encontro02.03.2019
Tamanho386,23 Kb.
1   ...   42   43   44   45   46   47   48   49   50
Repensar a Contabilidade.

Cosenza (2007) relata que é necessário repensar a contabilidade, o futuro deve ser diferente, apoiando firmemente as idéias do Prof. Lopes de Sá e afirma:
O processo mundial de unificação econômica, associado ao constante progresso científico-tecnológico, vem provocando transformações, ações e medidas no sentido do tratamento ágil e seguro das informações, de modo a se conhecer, realisticamente, a riqueza patrimonial constituída, bem como as decisões e previsões necessárias para a gestão eficaz desse mesmo patrimônio.

Somente um modelo teórico contábil sustentado em bases científicas e filosóficas teria condições de interpretar e mensurar os fenômenos contábeis-patrimoniais em todas as suas dimensões e relações. AS idéias neopatrimonialistas apresentadas pelo Prof. Lopes de Sá seriam as mais adequadas nesse sentido, uma vez que sua teoria, em essência, propõe, uma Contabilidade voltada para a observação, a mensuração, a informação, o estudo e a explicação dos fenômenos da riqueza patrimonial, em termos de comportamentos internos e externos, no relacionamento social como um todo. Urge, entretanto, ampliar o escopo de visão da riqueza aziendal, hoje enclausurada no âmbito das áreas financeira, econômica, jurídica e administrativa, para um horizonte “pluricientífico”, considerando a riqueza como essência, em suas dimensões internas na célula social e em suas relações ambientais endógenas e exógenas, como parte de um mundo pleno, em suas variáveis ecológicas, sociais, políticas, científicas, jurídicas, culturais e econômicas.

O Neopatrimonialismo está diretamente ligado ao bem-estar social das gerações vindouras, as organizações deverão se adaptar a essa nova doutrina científica, pois as células sociais não sobrevivem sozinhas; empresa, sociedade, meio ambiente devem interagir entre si.

Muito já se destruiu para a obtenção de riqueza, é necessário que os gestores tomem novos caminhos na tentativa de continuar tendo a agregação de valor na forma de lucro sem agredir e destruir. Faz-se necessário a cada dia novos seguidores da corrente neopatrimonialista, difundindo a idéia de prosperidade entre as células sociais.



6. CONCLUSÃO.

O mundo contemporâneo está sob sinal de alerta em relação ao futuro do planeta, diariamente se tem notícias a respeito do aquecimento global, destruição da camada de ozônio, falta de água potável, descongelamento das calotas polares, tudo isso é conseqüência da má administração do planeta terra nos últimos séculos. O homem apenas usou e abusou dos recursos naturais, que estão cada vez mais escassos.

O Neopatrimonialismo é uma alternativa que está viva desde os anos 80, quando ninguém ainda pensava em catástrofes naturais. Escola científica genuinamente brasileira tendo na vanguarda o ilustre Prof. Dr. Antônio Lopes de Sá.

A colaboração de todos é fator primordial não só para combater a destruição do planeta como também para a melhor interação entre as células sociais, gerando prosperidade e bem-estar social para a humanidade.







Compartilhe com seus amigos:
1   ...   42   43   44   45   46   47   48   49   50


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal