Unifae – centro universitário franciscano do paraná


Balanço Social – Prestação de Contas para com a Sociedade



Baixar 386,23 Kb.
Página44/50
Encontro02.03.2019
Tamanho386,23 Kb.
1   ...   40   41   42   43   44   45   46   47   ...   50
Balanço Social – Prestação de Contas para com a Sociedade.

Balanço Social é a obrigação que a empresa tem para com a sociedade em informar os benefícios sociais, treinamento de pessoal, enfim, a melhoria do bem estar social.

Segundo Marion (2003, p.486):

O Balanço Social visa dar informações relativas ao desempenho econômico e social da empresa para a sociedade em geral, tais como: quantidade de funcionários (entrando e saindo), gastos com treinamento, benefícios sociais e espontâneos etc. O principal item do Balanço Social é o valor adicionado.

Muito comum nos países da Europa Ocidental, o Valor Adicionado ou Valor Agregado procura evidenciar para quem a empresa está canalizando a renda obtida; ou, ainda, admitindo que o valor que a empresa adiciona por meio de sua atividade seja um “bolo”, para quem estão indo as fatias do bolo e de que tamanho são estas fatias?

O Balanço Social evidencia o perfil social das empresas: relações de trabalho dentro da empresa (empregados: quantidade, sexo, escolaridade, encargos sociais, gastos com alimentação, educação e saúde do trabalhador, previdência privada); tributos pagos; investimentos para a comunidade (em cultura, esportes, habitação, saúde pública, saneamento, assistência social); investimentos no meio ambiente.
Para Marion e Reis (2006, p.253) “O balanço social é um demonstrativo publicado anualmente pela empresa reunindo um conjunto de informações sobre os projetos, benefícios e ações sociais dirigidas ao empregados, investidores, analistas de mercado e à comunidade [...]”.

Ainda por Marion e Reis (2006, p.253):


No balanço social a empresa mostra o que fazer por seus profissionais, dependentes, colaboradores e comunidade, dando transparência às atividades que buscam melhorar a qualidade de vida para todos. Ou seja, sua função principal é tornar pública a responsabilidade social empresarial, construindo maiores vínculos entre a empresa, a sociedade e o meio ambiente [...]”.
Souza (1994) expõe que "Realizar o Balanço Social significa uma grande contribuição para consolidação de uma sociedade verdadeiramente democrática" e complementa a sua idéia explicando:

A idéia do balanço social é demonstrar quantitativamente e qualitativamente o papel desempenhado pelas empresas no plano social, tanto internamente quanto na sua atuação na comunidade. Os itens dessa verificação são vários: educação, saúde, atenção à mulher, atuação na preservação do meio ambiente, melhoria na qualidade de vida e de trabalho de seus empregados, apoio a projetos comunitários visando a erradicação da pobreza, geração de renda e de novos pontos de trabalho.


Para Iuldícibus, Martins e Gelbcke (2003, p.33):
O Balanço Social tem por objetivo demonstrar o resultado da interação da empresa com o meio no qual está inserida.

O Balanço Social busca demonstrar o grau de responsabilidade social assumido pela empresa e assim prestar contas à sociedade pelo uso do patrimônio público, constituído dos recursos naturais, humanos e o direito de conviver e usufruir dos benefícios em que atua.


Andion (2003) enfatiza que:
Vários movimentos nos indicam a importância que a questão vem tomando no mundo dos negócios no Brasil. Embora não podemos ainda dizer que esta é uma preocupação generalizada entre as empresas brasileiras, podemos identificar alguns fenômenos interessantes que indicam avanços neste campo. O Brasil conta com a primeira associação da América Latina constituída por organizações privadas doadoras de recursos para projetos sociais (...). Um outro movimento interessante, que começa a se desenvolver no Brasil e que já é bastante forte no exterior, é a criação do selo social. O selo social é uma espécie de certificação oferecida àquelas empresas que contribuem de alguma forma com o social. A Fundação Abrinq criou o selo da empresa amiga da criança e ele é hoje utilizado por empresas produtoras de brinquedos, até indústrias farmacêuticas. Junta-se ao selo social os chamados Balanços Sociais que também são importantes instrumentos para divulgar as ações promovidas pela empresa, visando a promoção social dentro de seu negócio (impostos, geração de emprego e renda, benefícios etc.) e fora dele (recursos investidos em educação, saúde, meio ambiente, esporte, cultura etc.). Empresas de porte como o Grupo Gerdau, a RBS e a CSN, além de divulgarem anualmente o seu balanço contábil, elaboram também seu balanço social e o divulgam nos principais jornais do país e na Internet.
Conforme citado por Andion (2003), o balanço social é um meio para divulgar as ações sociais promovidas pelas instituições, o que está em linha com a visão neopatrimonialista da missão da Ciência Contábil que é a prosperidade de todas ou da maioria das células sociais para que a sociedade como um todo também seja próspera.
Assim, o Balanço Social é um artifício que demonstra o que de bom a corporação proporcionou à Sociedade, quanto maior for o número de empresas que praticarem esta cidadania, maior será a melhoria do bem estar para todos.





    1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   40   41   42   43   44   45   46   47   ...   50


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal