Unifae – centro universitário franciscano do paraná


As Diferenças do Neopatrimonialismo em relação às demais Doutrinas



Baixar 386,23 Kb.
Página41/50
Encontro02.03.2019
Tamanho386,23 Kb.
1   ...   37   38   39   40   41   42   43   44   ...   50
4.11 As Diferenças do Neopatrimonialismo em relação às demais Doutrinas.

Lopes de Sá (2003a) descreve que a novidade no Neopatrimonialismo é a “forma de disciplinar os estudos, as observações, os raciocínios, levando para o campo holístico”, sempre procurando as relações lógicas que levaram à transformação da riqueza. Lopes de Sá (2003a) descreve ainda o que diferencia a sua doutrina das demais:




  1. Classifica os fatores que produzem o fenômeno patrimonial em três grandes grupos específicos;

  2. Grupa as funções em oito sistemas e lhes dá o tratamento metodológico como tal;

  3. Aprofunda-se no regime da autonomia, concomitância e interatividade dos sistemas;

  4. Estabelece axiomas que sustentam uma teoria geral do conhecimento contábil, da qual devem ser derivadas todas as demais;

  5. Enuncia proposições lógicas que apresentam as verdades sobre as relações entre os fatores determinantes do fenômeno patrimonial;

  6. Considera como finalidade fundamental a ótica da eficácia, esta como satisfação plena da necessidade através da função dos meios patrimoniais;

  7. Admite o sentido de conexão da função patrimonial com os agentes motores que  produzem a transformação patrimonial e busca conhecer as causas dos fenômenos;

  8. Adota a visão holística da função da riqueza de modo que ela possa ser percebida como algo a serviço de  objetivos humanos e humanísticos;

  9. Considera as unidades de empreendimentos humanos que em caráter permanente buscam seus objetivos como “células sociais”, ou seja, como algo integrado ao ambiente externo da sociedade;

  10. Admite que o escopo deve ser o de tornar todas as células sociais prósperas para que também, por decorrência, seja próspera a sociedade humana.

Analisando as teorias da contabilidade pura e a neopatrimonialista, conclui-se que é necessário seguir as teorias para que a contabilidade cumpra o seu papel natural, de zelar pelo patrimônio e consequentemente pela vida das empresas, a teoria neopatrimonialista surge para melhorar ainda mais os benefícios que a ciência contábil pode trazer, indo além do meio interno das corporações, interagindo com o ambiente, com todas as células sociais, trazendo a tão sonhada prosperidade, na tentativa de diminuir a desigualdade social existente a muito tempo, principalmente no mundo capitalista.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   37   38   39   40   41   42   43   44   ...   50


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal