Unifae – centro universitário franciscano do paraná


(Ea): (Pm  f) (Pn  0) = Ea



Baixar 386,23 Kb.
Página40/50
Encontro02.03.2019
Tamanho386,23 Kb.
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   ...   50
(Ea): (Pm  f) (Pn  0) = Ea

mas


Ea  (Pn = 0).

Logo: Temos Eficácia se e somente se a necessidade se anular.

Essa a base axiomática que guiou todo o método de minha Teoria. Para a eficácia, adotei o mesmo critério das demais relações, ou seja, busquei sua temporalidade, especialidade, qualidade, quantidade, aprofundando na causa e no efeito da mesma. Nesse Particular, um dos estudos que mais demandou atenção foi o de enfocar o que denominei Eficácia Absoluta e Eficácia Relativa, chegando à conclusão de que a riqueza é eficaz apenas quando existe qualitativamente a satisfação da necessidade. Outra conclusão importante foi relativa à temporalidade, pois enunciei que quando a eficácia é permanente e ilimitada, com a concorrência de eficácia constante, existe a prosperidade, mas se e somente se a cada elasticidade defluente a eficácia permanecer em constância.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   ...   50


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal