Unifae – centro universitário franciscano do paraná


Neopatrimonialismo e o Desenvolvimento Sustentável



Baixar 386,23 Kb.
Página25/50
Encontro02.03.2019
Tamanho386,23 Kb.
1   ...   21   22   23   24   25   26   27   28   ...   50
3.1 Neopatrimonialismo e o Desenvolvimento Sustentável.

As empresas estão engajadas nessa busca, já que esses problemas possuem interferência direta na riqueza celular (fenômeno patrimonial / variação da riqueza): por exemplo, para empresas que têm suas atividades relacionadas à agricultura, é necessário que existam condições climáticas favoráveis (clima estável), condições de solo, ar e água adequados (sem poluição), que existam pessoas com recursos para comprar seus produtos (pessoas empregadas).

Dessa forma, é distorcida a visão antiga de que a empresa cumpre seu papel somente ao oferecer seus produtos e serviços para a sociedade, na verdade, o fluxo é duplo: tanto a sociedade precisa dos produtos e serviços da empresa para suprir suas necessidades, como a empresa necessita da sociedade para que consiga produzir seus produtos (condições climáticas estáveis, condições adequadas do solo, ar e água) e vendê-los (população precisa ter renda para comprar os produtos, dessa forma, precisam estar empregadas).

O Neopatrimonialismo está diretamente relacionado ao conceito de desenvolvimento sustentável, mas o que é o desenvolvimento sustentável? De acordo com o portal eletrônico WWF Brasil (2007):


A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.


Essa definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental.
De acordo Becke (2004):
Como o objeto de estudo do Neopatrimonialismo é a riqueza e tudo o que ocorre com a mesma (fenômeno patrimonial), a integração dos preceitos decorrentes do princípio de desenvolvimento sustentável justificam a sustentabilidade como objeto de interesse da Ciência Contábil.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   21   22   23   24   25   26   27   28   ...   50


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal