Um pouco de nós



Baixar 418.74 Kb.
Página2/11
Encontro01.12.2019
Tamanho418.74 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11
Preparando a viagem
Providências de responsabilidade do caravaneiro:

1. Passaporte: com validade mínima de 06 (seis) meses a contar da data da viagem.

. Passagens aéreas: A ONG indicará o dia e hora de saída e retorno da Caravana do aeroporto de Guarulhos/SP, inclusive número dos vôos, para que cada caravaneiro possa se planejar e providenciar a compra das passagens aéreas. As passagens devem estar emitida com até 90 dias antes da saída da caravana.

Importa destacar que a FSF não presta o serviço de agente de turismo, mas apenas orienta quanto a indicação dos voos e detalhamento aplicável àquela Caravana, permitindo ao caravaneiro emitir a passagem no formato que melhor lhe atender, diretamente com a companhia aérea operadora do voo ou através de agentes de viagem.

A compra das passagens também poderá ser realizada com agente de turismo indicado pela ONG com divulgação no grupo da Caravana, que providenciará a compra para os caravaneiros interessados, no mesmo voo de ida e de volta e horário de embarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos/São Paulo. Poderá também auxiliar aqueles passageiros que desejarem adquirir outros trechos de voos de deslocamentos de outras Cidades ou Estados do Brasil ou do exterior.

É obrigatório que os caravaneiros que saem do mesmo destino estejam no mesmo voo de ida para fins de aproveitamento dos traslados e/ou conexões, e ainda para solucionar eventuais dificuldades que possam surgir no decorrer da viagem.

A Caravana é estritamente de cunho voluntário, com oportunidade de vivenciar a grande força do povo africano na sua essência de humildade e pureza, servindo com fraternidade através da doação de afeto, disciplina, respeito, cooperação e compaixão. Os caravaneiros participarão das atividades designadas pelo coordenador da Caravana e aqueles que desejarem aproveitar sua viagem com turismo devem programar-se para o período pós Caravana, com retorno e custos de hotel às suas expensas.

Se sua partida não for do Brasil, deverá informar a Coordenadora Administrativa da Caravana essa particularidade, pois receberá outras orientações referentes à compra da sua passagem com as especificidades correlatas.



Exceções, entrar em contato com a Coordenadora Administrativa das Caravanas.

. Solicitação de Visto Consular:

Brasileiros com destino a Moçambique deverão obrigatoriamente solicitar permissão de entrada (visto). A solicitação é feita à embaixada de Moçambique no Brasil pelo próprio caravaneiro, que terá como opções:



  • Contratar um despachante ou agente de turismo da sua preferência para assessorá-lo;

  • Ou seguir as orientações que constam no site da Embaixada http://www.mozambique.org.br/;

Para o visto de Moçambique o passaporte deve conter obrigatoriamente pelo menos uma folha em branco, frente e verso e ir acompanhado do original do certificado internacional de vacinação de febre amarela (grampeá-lo na última página do passaporte). Para obtê-lo basta vacinar (caso ainda não o tenha feito) em uma unidade do SUS ou particular e levar o comprovante até um posto da ANVISA (veja as regras e procedimentos em www.portal.anvisa.gov.br), que emitirá o certificado internacional na hora.

Tipos e valores de vistos:

Os caravaneiros para Moçambique podem solicitar o visto de turismo.

Taxa de emissão do visto pela Embaixada de Moçambique: verificar no site da Embaixada



Documentos necessários para visto de Turismo em Moçambique - confirmar no site da Embaixada se esta relação não sofreu alteração.

  • Cópia simples da página principal do passaporte;

  • Cópia simples do certificado internacional de vacina contra a Febre Amarela;

  • Carta convite original emitida pela Fraternidade sem Fronteiras, que receberá por e-mail 50 dias antes da data de partida;

  • Formulário próprio impresso da embaixada devidamente preenchido:

http://www.mozambique.org.br/sgic/ext/visto/vt_DPessoal_InserirForm.html

  • 2 FOTOS 3x4

  • Passaporte original;

  • Cópia da reserva de passagem aérea;

Dúvidas mais frequentes para o preenchimento do formulário:

  • Categoria do Visto: Turista

  • Motivo Entrada: Conhecer o projeto Fraternidade Sem Fronteiras

  • Hospedagem em Moçambique: Rua: Aldeia de Muzumuia s/n, Terceiro Bairro

  • Província: Gaza

  • Cidade: Chokwe/Gaza

  • Distrito: Ckokwe

  • Dados da Pessoa para contato em Moçambique: Élide Maria B. C. Carneiro

  • Fone: +258 84 4613251 (celular)

  • Nacionalidade: Moçambicana

  • Parentesco: Nenhum

Sobre a emissão do visto

  • Para emissão do visto, é necessário o envio para embaixada de uma CARTA CONVITE que será gerada e encaminhada ao caravaneiro por e-mail pela FSF, 50 dias antes da viagem. Esta carta especifica o desejo do caravaneiro de ir a Moçambique.


  • Baixar 418.74 Kb.

    Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
minas gerais
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
outras providências
secretaria municipal
ResoluçÃo consepe
políticas públicas
Dispõe sobre
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Colégio estadual
conselho estadual
ministério público
consentimento livre
psicologia programa
público federal
Serviço público