Um pouco de nós



Baixar 418,74 Kb.
Página2/11
Encontro01.12.2019
Tamanho418,74 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11
Preparando a viagem
Providências de responsabilidade do caravaneiro:

1. Passaporte: com validade mínima de 06 (seis) meses a contar da data da viagem.

. Passagens aéreas: A ONG indicará o dia e hora de saída e retorno da Caravana do aeroporto de Guarulhos/SP, inclusive número dos vôos, para que cada caravaneiro possa se planejar e providenciar a compra das passagens aéreas. As passagens devem estar emitida com até 90 dias antes da saída da caravana.

Importa destacar que a FSF não presta o serviço de agente de turismo, mas apenas orienta quanto a indicação dos voos e detalhamento aplicável àquela Caravana, permitindo ao caravaneiro emitir a passagem no formato que melhor lhe atender, diretamente com a companhia aérea operadora do voo ou através de agentes de viagem.

A compra das passagens também poderá ser realizada com agente de turismo indicado pela ONG com divulgação no grupo da Caravana, que providenciará a compra para os caravaneiros interessados, no mesmo voo de ida e de volta e horário de embarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos/São Paulo. Poderá também auxiliar aqueles passageiros que desejarem adquirir outros trechos de voos de deslocamentos de outras Cidades ou Estados do Brasil ou do exterior.

É obrigatório que os caravaneiros que saem do mesmo destino estejam no mesmo voo de ida para fins de aproveitamento dos traslados e/ou conexões, e ainda para solucionar eventuais dificuldades que possam surgir no decorrer da viagem.

A Caravana é estritamente de cunho voluntário, com oportunidade de vivenciar a grande força do povo africano na sua essência de humildade e pureza, servindo com fraternidade através da doação de afeto, disciplina, respeito, cooperação e compaixão. Os caravaneiros participarão das atividades designadas pelo coordenador da Caravana e aqueles que desejarem aproveitar sua viagem com turismo devem programar-se para o período pós Caravana, com retorno e custos de hotel às suas expensas.

Se sua partida não for do Brasil, deverá informar a Coordenadora Administrativa da Caravana essa particularidade, pois receberá outras orientações referentes à compra da sua passagem com as especificidades correlatas.



Exceções, entrar em contato com a Coordenadora Administrativa das Caravanas.

. Solicitação de Visto Consular:

Brasileiros com destino a Moçambique deverão obrigatoriamente solicitar permissão de entrada (visto). A solicitação é feita à embaixada de Moçambique no Brasil pelo próprio caravaneiro, que terá como opções:



  • Contratar um despachante ou agente de turismo da sua preferência para assessorá-lo;

  • Ou seguir as orientações que constam no site da Embaixada http://www.mozambique.org.br/;

Para o visto de Moçambique o passaporte deve conter obrigatoriamente pelo menos uma folha em branco, frente e verso e ir acompanhado do original do certificado internacional de vacinação de febre amarela (grampeá-lo na última página do passaporte). Para obtê-lo basta vacinar (caso ainda não o tenha feito) em uma unidade do SUS ou particular e levar o comprovante até um posto da ANVISA (veja as regras e procedimentos em www.portal.anvisa.gov.br), que emitirá o certificado internacional na hora.

Tipos e valores de vistos:

Os caravaneiros para Moçambique podem solicitar o visto de turismo.

Taxa de emissão do visto pela Embaixada de Moçambique: verificar no site da Embaixada



Documentos necessários para visto de Turismo em Moçambique - confirmar no site da Embaixada se esta relação não sofreu alteração.

  • Cópia simples da página principal do passaporte;

  • Cópia simples do certificado internacional de vacina contra a Febre Amarela;

  • Carta convite original emitida pela Fraternidade sem Fronteiras, que receberá por e-mail 50 dias antes da data de partida;

  • Formulário próprio impresso da embaixada devidamente preenchido:

http://www.mozambique.org.br/sgic/ext/visto/vt_DPessoal_InserirForm.html

  • 2 FOTOS 3x4

  • Passaporte original;

  • Cópia da reserva de passagem aérea;

Dúvidas mais frequentes para o preenchimento do formulário:

  • Categoria do Visto: Turista

  • Motivo Entrada: Conhecer o projeto Fraternidade Sem Fronteiras

  • Hospedagem em Moçambique: Rua: Aldeia de Muzumuia s/n, Terceiro Bairro

  • Província: Gaza

  • Cidade: Chokwe/Gaza

  • Distrito: Ckokwe

  • Dados da Pessoa para contato em Moçambique: Élide Maria B. C. Carneiro

  • Fone: +258 84 4613251 (celular)

  • Nacionalidade: Moçambicana

  • Parentesco: Nenhum

Sobre a emissão do visto

  • Para emissão do visto, é necessário o envio para embaixada de uma CARTA CONVITE que será gerada e encaminhada ao caravaneiro por e-mail pela FSF, 50 dias antes da viagem. Esta carta especifica o desejo do caravaneiro de ir a Moçambique.



  • Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal