Um modelo construtivista para o processo de busca da informaçÃo em bibliotecas virtuais



Baixar 52.5 Kb.
Página1/6
Encontro11.10.2018
Tamanho52.5 Kb.
  1   2   3   4   5   6

UM MODELO DE APRENDIZAGEM CONSTRUTIVISTA PARA BUSCA DE INFORMAÇÃO SIGNIFICATIVA EM BIBLIOTECAS VIRTUAIS

Maria Bernardete Martins Alves


Serviço de Referência da Biblioteca Central

Universidade Federal de Santa Catarina

Brasil

berna@bu.ufsc.br


Elise Barbosa Mendes

Departamento de Prática Pedagógica-UFU

Doutoranda em Eng. de Produção da UFSC

Brasil


elise@eps.ufsc.br


RESUMO


Este estudo tem como objetivo tecer considerações a respeito do modelo de aprendizagem Construtivista para Bibliotecas virtuais, com o intuito de orientar os usuários e incentivá-los na busca de informações significativas, no processo de construção do conhecimento. A era da informação requer pessoas com habilidades para localizar a informação e para buscar conhecimento significativo. Para isso, precisam desenvolver competências para decidir qual a melhor informação, e qual a informação suficiente para suas necessidades.


Baixar 52.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa