Título do trabalho



Baixar 117,17 Kb.
Página1/9
Encontro23.05.2018
Tamanho117,17 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9



Universidade Estadual de Maringá

13 a 15 de Maio de 2015





LEVANTAMENTO DE TESES E DISSERTAÇÕES PUBLICADAS NO BRASIL SOBRE AUTISMO, NO PERÍODO DE 2009 A 2014.
SILVESTRE, Christiane Cordeiro

VESTENA, Carla Luciane Blum



Introdução

O presente apresenta o mapeamento das teses e dissertações publicadas sobre autismo no período de 2009 a 2014, no Brasil. O trabalho é um recorte da dissertação, intitulada “A escolarização de crianças autistas na perspectiva da educação inclusiva” a qual analisa o processo de inclusão de crianças autistas no ensino fundamental regular na rede municipal de Guarapuava. Os resultados apontam que a maioria das pesquisas relacionam-se a área da Saúde, em especial na subárea da Psicologia em detrimento das poucas pesquisas na área da Educação sobre o tema do autismo.

Atualmente o autismo vem sendo discutido por diversas áreas de conhecimento, bem como pela educação devido às novas Políticas que circulam no âmbito educacional como a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, a qual permite que a discussão de alunos com necessidades especiais venha a ser colocado em pauta, pois estes alunos estão cada vez mais nas classes regulares, o que permite discutir a inclusão escolar.

A debate sobre a temática do autismo amplia-se com a homologação Lei n° 12.764 de Dezembro de 2012, a qual classifica a pessoa com transtorno do espectro autista, com deficiência para todos os efeitos legais, e desta forma permite que ela seja incluída na classe regular.

Devido implantação das leis e políticas inclusivas conforme já supracitada acima e também com a Lei n° 12.796 de Abril de 2013 que altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, nota-se que ocorre a inclusão das crianças autismo nas classes de ensino comum, o que ocasiona a preocupação dos professores e demais membros das escolas com o processo de inclusão, adaptação de recursos, dentre outras limitações.

Diante disso, almejou-se realizar este mapeamento das pesquisas de mestrado e doutorado publicadas sobre o tema do autismo no Brasil, com intuito de identificar quais as temáticas pesquisadas até o momento.

O levantamento foi realizado na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) Os principais critérios para realizar essa busca, foram: período de 2009 a 2014, produções realizadas no Brasil e o descritor Autismo.

Diante disto foram encontrados 1870 e selecionados 87 para análise, de diferentes áreas, respectivamente (Tabela 1).


TABELA 1 – Distribuição do número de pesquisas por áreas do conhecimento





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal