Título do trabalho (com todas as palavras principais iniciando-se em maiúsculas)



Baixar 67.5 Kb.
Página1/6
Encontro26.08.2018
Tamanho67.5 Kb.
  1   2   3   4   5   6

Humor Escrachado: As Relações Homossexuais na Televisão
Esse trabalho tem por intenção analisar as representações homoafetivas nos meios televisivos e a sua receptividade pelos telespectadores, pois acompanhamos nas últimas décadas um grande avanço dos meios midiáticos, os quais hoje podem chegar a lugares inóspitos, transmitindo informações em uma rapidez jamais vista. Essas tecnologias influenciam a nossa vida de uma forma muito direta, mudando a nossa forma de nos comunicar, agir e pensar, principalmente no que diz respeito ao relacionamento com outros indivíduos.

Desta maneira, esse trabalho busca entender como essa nova forma de ver o mundo através de um aparelho eletrônico tem nos influenciado, e também que mundo que nos é mostrado, pois o que chega até nós passa pela ótica dos meios midiáticos, ou seja, não é uma visão neutra, mas sim carregada de intencionalidades e juízes de valores. Segundo Theodor Adorno (2002) criador do conceito de indústria cultural, os meios midiáticos têm como uma primeira funcionalidade criar mecanismos de dominação e alienação, de forma simples e sutil, a ponto de uma mensagem subliminar em um filme poder mudar os hábitos e comportamentos de uma pessoa, assim como uma simples novela pode acabar reforçando preconceitos e estereótipos na sociedade brasileira.

Esses meios de comunicação se dizem democráticos, pois abrangem um vasto público de diferentes opiniões, credos, etnias e classe social, porém quando se trata de um público homossexual eles não são democráticos nem inclusivos, pois a vida gay como ela é não é representada, pois muito que se vê é rodeado de preconceitos e com muita falta de informação.

Partindo dos conceitos de Adorno em torno da indústria cultural, podemos ter a certeza da forte influência dos meios midiáticos sobre os indivíduos, e ao mesmo tempo se constituindo em fortes potencializadores de preconceitos. Nesse sentido buscou-se compreender assim como Jesus Martín-Barbero aponta, em “descobrir o sentido que os meios, bem como as suas formas e aquilo de que falam, têm para as pessoas que os recebem, as quais ao mesmo tempo orientam a sua produção”.

Uma das hipóteses levantadas nesse trabalho é de que esses meios midiáticos, mais especificamente a televisão aberta tem em grande medida a culpa por vários estereótipos criados em torno do mundo GLS, pois o humor escrachado, a homossexualidade como algo passageiro ou algo promíscuo se faz presente em quase todos os programas humorísticos ou novelas. Desta forma criam no imaginário social, novos preconceitos e reforça os já existentes.

O que se percebe é que emissoras têm uma grande dificuldade em abordar o universo gay, pois é muito mais fácil partir de uma forma pré-existente fundada na comicidade e aceita pelo grande público, do que abordar temas mais sérios. Com isso acabam reproduzindo preconceitos e perdem a chance de utilizar da sua influência social para acabar com as barreiras entre o conhecimento heterossexual para com o homossexual, podendo apresentar um universo de pessoas que não são iguais, mas que a diferença faz parte.


Palavras chaves: mídia, homoafetividade, homofobia.




Baixar 67.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa