Terapia Narrativa



Baixar 42.8 Kb.
Página8/13
Encontro23.05.2020
Tamanho42.8 Kb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13
Competências básicas:

  • Compreensão empática: o terapeuta experimenta uma compreensão empática do quadro interno de referência do paciente, tentando avaliar a situação do ponto de vista do paciente, verbalizando uma compreensão emocional e sensibilidade aos sentimentos do paciente no decurso da terapia. O terapeuta atribui total atenção ao paciente e às suas experiências, o que facilita sentir e compreender com precisão os sentimentos e os significados pessoais que o paciente comunica. Não se trata de um evento único, mas antes de um processo de interação com o paciente que acompanha a totalidade da evolução terapêutica REFORMULAR. A empatia é concebida como resultado de uma interação que inclui tanto a perspetiva cognitiva como a ressonância emocional, permitindo perceber a visão particular do mundo de determinada pessoa. A empatia é considerada uma habilidade essencial para os psicoterapeutas. O comportamento empático proporciona o fortalecimento do vínculo terapêutico e, consequentemente, a maior adesão ao tratamento e estabelecimento de uma relação terapêutica positiva. O exercício de se colocar no lugar do paciente possibilita a identificação, com maior facilidade, das dificuldades que ele pode sentir durante o tratamento. Aliás, a empatia é muitas vezes descrita metaforicamente como a experiência que nos permite ver a situação “através dos olhos da outra pessoa”.

  • Escuta ativa: é uma competência igualmente fundamental a ter por parte do psicólogo. Trata-se de um processo de receber, construir significado e responder a mensagens faladas e/ou não verbais. É uma reflexão sobre um conteúdo e ou sentimento a um nível profundo. Escutar ativamente não é só escutar a narrativa da pessoa mas também as suas emoções. Não é a história em si que importa mas como a pessoa a vivenciou. É preciso também mostra interesse, tanto verbal como não verbal, por exemplo por contacto ocular e gestão de silêncios.

  • A descentração: refere-se precisamente à capacidade de compreender o estado mental do outro de uma perspetiva não egocêntrica, permitindo reconhecer a natureza hipotética da nossa interpretação dos estados mentais dos outros e, simultaneamente, torna-nos capazes de produzir interpretações independentes do conhecimento que os outros têm de si próprios.

  • O psicólogo ajuda as pessoas a objetificar os seus problemas, retratando os problemas num contexto sociocultural maior. Tem de ser capaz de ensinar a pessoa a criar espaço para outras histórias dentro de uma mesma experiência.

  • Ser capaz de aplicar as regras, os princípios e as teorias do modelo narrativo mas também ser capaz de modificar algumas dessas mesmas regras, princípios e teorias para as adaptar a situações específicas. Ser capaz de adquirir insight das regras do processo narrativo na psicoterapia.

  • Saber manusear o desequilíbrio de poder na relação terapêutica, pois é importante que o terapeuta enfatize ao paciente que o seu feedback é apreciado e que as correções que o terapeuta faça não vão prejudicar a relação terapêutica, podendo até fortalecê-la.

  • Entender de que forma o ouvinte se envolve na história que está a ser contada.


Baixar 42.8 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana