Teoria da aprendizagem social albert bandura



Baixar 31,01 Kb.
Página1/8
Encontro14.04.2018
Tamanho31,01 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8



TEORIA DA APRENDIZAGEM SOCIAL - ALBERT BANDURA

Os principais enfoques teóricos sobre o desenvolvimento humano são divididos entre quatro classes, sendo elas: a Teoria Maturacional, que estuda a origem biológica e origem do código genético; a Teoria da Aprendizagem, estudo das transformações geradas por conta de estímulos do ambiente; a Teoria Psicanalítica, estudo da dinâmica da personalidade e a Teoria Cognitiva, estudo das estruturas e processos cognitivos.


Albert Bandura, psicólogo canadense, nascido em 1925, iniciou seus estudos pelo comportamento agressivo, publicando sua primeira obra em 1959 “Adolescent Agression”. Seu estudo se enquadra na Teoria da Aprendizagem que estuda o comportamento humano por meio da observação do comportamento do outro e suas consequências, dessa forma sua teoria parte do aprendizado social. O estudo de Albert Bandura  considera os mesmos pressupostos do condicionamento operante, marcados pela Teoria de Skinner de comportamento por  associação entre estímulo e resposta, porém Bandura vai muito além, pois considera que o comportamento depende do mundo simbólico interno e conta com a previsão das consequências do comportamento. Dessa forma, para Bandura, no condicionamento operante a consciência das respostas são levadas em consideração, todas as mudanças comportamentais são mediadas cognitivamente.
(...) o condicionamento operante dificilmente se obtém sem consciência das respostas requeridas para o reforço; em algumas circunstâncias, a expectativa de reforço é mais poderosa do que o próprio reforço (...) (ROSA,2003)
O sistema simbólico de auto-estimulação  pode se dar a partir de um estímulo externo e uma resposta manifesta. O sistema de autorregulação e autocontrole, da mesma forma, se dão a partir da percepção das consequências do comportamento, levando em conta os processos cognitivos e que muitos comportamentos  são adquiridos pela observação de um modelo.  Bandura no estudo do comportamento deu maior notação a aprendizagem pela observação de um modelo, que intitulou de modelação. Em várias culturas as crianças apresentam padrões de comportamento, conhecimentos e atitudes, aprendidos e modificados, por meio do padrão apresentado pelos adultos. Isto significa que não é somente um ensaio entre erros e acertos, mas a consequência dessa experiência. Essa aprendizagem observacional contribui para o desenvolvimento de mecanismos cognitivos e nas pautas sociais.
Segundo Rosa (2003)”A teoria da Aprendizagem Social supõe que o ser humano seja um agente intencional e reflexivo, dotado de prerrogativa de autodireção, no que concerne ao comportamento.”
O processo de aprendizagem por observação e seus mecanismos

Atenção – Para que a aprendizagem ocorra é necessário a atenção quanto aos comportamentos exibidos pelo modelo e suas consequências. A valoração dada à actividade é atribuída a sua utilidade, contribuindo para fortalecer a atenção.


Retenção – O comportamento observado é retido na memória por meio de um sistema de codificação para que possa posteriormente ser resgatado. Esses acontecimentos são transformados na memória em representações mentais, em forma de imagens simbólicas ou símbolos verbais. Os comportamentos podem ser mentalmente praticados, antecipando prováveis consequências, dessa forma tornam-se quase que automáticos, proporcionando a pessoa espaço para novas aprendizagens.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal