Tentando reunir marxismo e existencialismo



Baixar 66.5 Kb.
Página1/6
Encontro13.06.2019
Tamanho66.5 Kb.
  1   2   3   4   5   6

INTRODUÇÃO
Sartre foi um filósofo nascido no início do século XX, em meio à onda de marcas históricas.O mundo estava passando por diversas modificações, tratados eram negociados e guerras eram travadas.Após a primeira grande guerra que privara a Alemanha de um oitavo de seu território, além das colônias e da indenização imposta para a reparação do caos nos países atingidos, estabelecera-se uma “paz”. No Brasil, o período era de agitação, até chegar a “Era Vargas”.A década de 20 foi marcada pelo progresso econômico, com várias inovações tecnológicas como o rádio, a vitrola, o cinema, a luz elétrica, os eletrodomésticos, os carros que já começavam a invadir as ruas e os aviões que agora ofereciam uma nova opção de transporte.

Sartre também presenciou a Segunda Guerra Mundial, quando os franceses, além de pouco preparados, não dispunham dos recursos das forças alemãs. Sua produção foi fortemente influenciada por esta guerra. Seu pensamento é muito reconhecido, pelo fato de ter se tornado principalmente um romancista e teatrólogo. Sua principal obra foi escrita em 1943, O Ser e o Nada.

Logo após a libertação da França, Sartre colaborou com os comunistas, mas logo separou-se deles travando polêmicas violentas contra o partido.Com o tempo fez-se mudar a concepção de literatura engajada, que deve combater a injustiça onde quer que ela apareça, mas depois da guerra argelina,tornou-se mais radical que o comunismo oficial exigindo violência e a ação direta. Em 1960 escreve Crítica da razão dialética, tentando reunir marxismo e existencialismo.

Ao lado de sua mulher Simone de Beauvoir, também existencialista, participou da vida política não só da França, mas também mundial.

Nunca deixou de criticar o autoritarismo, apesar de marxista.

Sartre pertence à ala dos filósofos ateus juntamente com Merleau-Ponty.

Em suas obras literárias procura a liberdade a autenticidade, embora se sabendo que as conseqüências podem ser trágicas.

Criou o conceito de literatura engajada,que discute os atuais problemas políticos e sociais. Depois numerosos artigos de crítica literária principalmente de natureza biográfica, servindo-se da psicanálise, tenta compreender as atitudes de escritores e artistas pelo esclarecimento dos seus projetos em face de decisões existenciais, muitos desses artigos têm tendência política.




Baixar 66.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa