Tema: a relação entre Literatura e Cinema



Baixar 9,96 Kb.
Encontro16.11.2019
Tamanho9,96 Kb.

Atividade Estruturada

Tema: A relação entre Literatura e Cinema

O Filme a Hora da Estrela é uma adaptação muito interessante da Obra de Clarice Lispector, a obra a qual ela Publicou um pouco antes de sua morte, em 1977, "A Hora da Estrela" é a última obra de Clarice Lispector. A narrativa, complexa, é marcada pela presença dos conflitos existenciais da protagonista.

O Filme então entende que se trata uma historia de Macabéa é uma migrante nordestina semianalfabeta que trabalha como datilógrafa numa pequena firma e vive numa pensão. Ela conhece o também nordestino Olímpico, um operário metalúrgico, e os dois começam a namorar. Mas Glória, uma colega de trabalho de Macabéa, rouba-lhe o namorado, seguindo o conselho de uma cartomante. Macabéa faz uma consulta à mesma cartomante, Madame Carlota, e esta prevê seu encontro com um homem rico, bonito e carinhoso. Há o retrato de uma jovem nordestina, Macabéa, que tenta sobreviver na cidade grande.

Em "A Hora da Estrela", ficam visíveis algumas das principais características dos autores da terceira fase modernista no Brasil (posteriores aos romances regionalistas), como a utilização de análise psicológica mais aprofundada dos personagens, que revela, por meio da narrativa interior, o fluxo de consciência e o intimismo. No plano formal, há a preocupação por uma linguagem mais elaborada, com a presença das digressões, o uso inusitado da pontuação, ou mesmo sua ausência, as metáforas e a metalinguagem.

Achei muito Interessante esse trabalho, pois fez com que agente aprende-se um pouco mais sobre comparações, como poderíamos fazer uma comparação do Cinema e um livro. A característica de ambas por serem diferentes linguagens uma escrita e a outra utiliza um mais voltado para o Cinema.

Que Podemos Observar que a obra possui, também, uma peculiaridade: antes do início da narrativa, há, na primeira página, o título do livro, seguido de 13 outros títulos, inclusive um repetido, além da assinatura manuscrita de Clarice. Essa peculiaridade que se torna pelo menos para mim as característica da própria escritora.

A estrutura da obra tem três grandes eixos narrativos e simultâneos, o que torna o enredo fragmentado e quebra a tradicional construção linear. A primeira narrativa tem Rodrigo S.M. relatando a história de Macabéa; a segunda mostra o narrador falando das próprias experiências e do drama existencial que vive; na terceira, vemos o próprio processo de construção da obra, o que caracteriza a metalinguagem.

A protagonista é um grande exemplo da miséria humana. Passava seus dias sem nada, era uma inútil, mal sabia que era uma peça descartável. Não tinha nem consciência da sua própria existência, era passiva diante de tudo, se conformava com a vida que tinha. Aliás, ela até mesmo pensava que era feliz. Era uma alienada, um verdadeiro 'cabelo na sopa'.

"Já que sou, o jeito é ser."

“Ela acreditava em anjo e, porque acreditavam, eles existiam”.

São trechos do livro em relação à personagem principal nos mostra de forma clara o que o trecho acima define a personagens, são passagens do livro que achei de grande valia para mostrar como é vista, durante o processo da leitura e da vista do filme.

"Maca, porém, jamais disse frases, em primeiro lugar por ser de parca palavra. E acontece que não tinha consciência de si e não reclamava de nada, até pensava que era feliz. Não se tratava de uma idiota, mas tinha a felicidade dos idiotas. E também não prestava atenção em si mesma: ela não sabia."

Um Trecho Interessante também, pois nos mostra e nos faz refletir sobre o desamparo que sentimos algumas vezes, em nossa vida é uma dos caracteres que achei bem marcante da Obra de Clarice Lispector. A descrença da personagem em relação a ela mesma a ida dela para a cartomante para saber quando sua vida ira melhorar, ou melhor, sua “Estrela irá Brilhar”.

Uma Obra realmente muito boa Clarice foi muito astuta Mesmo criando um falso narrador, motivada pelo desejo de desaparecimento, Clarice não conseguiu concretizar sua saída discreta pela porta dos fundos. Em seu último livro publicado em vida fica provado que ela era realmente a mestra de sua literatura.

Referencia Bibliográfica

http://www.acrobatadasletras.com.br/2014/01/resenha-hora-da-estrela-de-clarice.html

http://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/literatura/hora-estrela-analise-obra-clarice-lispector-698966.shtml



http://filmow.com/a-hora-da-estrela-t8244/


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa