Súmula do projeto pedagógico



Baixar 0,61 Mb.
Página1/45
Encontro01.03.2020
Tamanho0,61 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   45




SÚMULA DO PROJETO PEDAGÓGICO
CURSO DE PEDAGOGIA


Unidade

Campus - Sede - Umuarama

2009


1. HISTÓRICO DO CURSO

O Curso de Pedagogia, da Universidade Paranaense – UNIPAR do Campus de Umuarama / Sede, hoje, se constitui como parte do processo evolutivo e do desenvolvimento da sociedade umuaramense e suas instâncias regionais, cuja existência deu-se através de manifestações dos professores da Secretaria Municipal de Educação, Câmara de Vereadores e Prefeitura Municipal de Umuarama, que reivindicaram a implantação do curso de Pedagogia para atender a demanda crescente de formação de professores, diretores, supervisores e orientadores das redes municipal e estadual de ensino. A maioria destes profissionais havia ingressado no mercado de trabalho sem graduação, uma vez que a Universidade mais próxima estava a cerca de 150 km de Umuarama. Esta demanda era ainda pressionada, ano a ano, pelos jovens que concluíam o Ensino Médio e por suas buscas incessantes de formação em nível superior, as grandes distâncias de instituições existentes na época - formadoras de profissionais da educação, e as lideranças desta cidade, encontraram respaldo junto aos anseios dos fundadores desta I.E.S. onde, teve seus primórdios na antiga – FAFIU / Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Umuarama – PR. Analisadas as reivindicações e constatada a necessidade de formação de profissionais da educação, foi implantado o Curso de Pedagogia, junto a outros de licenciatura, criado em 1972, e autorizado pelo Decreto Federal n.º 70128/72, de 07/02/1972, publicado no D.O.U., de 08/02/1972, e reconhecido pelo Decreto Federal n.º 74.962/74, de 25/11/1974, oferecendo inicialmente, Licenciatura de 1.º Grau: Habilitação em Administração Escolar e em Inspeção Escolar; e, Licenciatura Plena: Habilitação em Magistério das Disciplinas Pedagógicas do 2.º Grau. Posteriormente, modificado pelo Parecer n.º 467/74 de 07/02/75, onde houve a reestruturação do currículo do Curso de Pedagogia, ora existente, introduzindo a Habilitação em Orientação Educacional (Licenciatura Plena). Em 1975, pelo Decreto n.º 75.713/75 de 12/05/75, ficou autorizado o funcionamento desta Licenciatura Plena no Curso de Pedagogia com Habilitação em Orientação Educacional, que ficou Reconhecida pela Portaria - MEC n.º 02, de 06/01/83.

Em 1993, pela Portaria n.º 1.580/93 de 07/12/93 e pelo Parecer – CONEPE n.º 10/93, ficou autorizada a criação da Habilitação em Supervisão Escolar no Curso de Pedagogia da FAFIU, onde pela Resolução – UNIPAR n.º 08/93 de 11/12/93 criou-se a Habilitação em Supervisão Escolar junto ao Curso de Pedagogia da unidade FAFIU/UNIPAR. As terceiras séries das Habilitações anteriores foram alteradas pela Resolução CONEPE n.º 03/94, de 02/02/94, e a Habilitação de Supervisão Escolar foi Reconhecida pela Portaria – MEC n.º 669, de 25/06/96; criou-se e autorizou-se também, a Habilitação em Magistério na Educação Pré-escolar, junto ao Curso de Pedagogia da unidade FAFIU/UNIPAR pela Resolução – UNIPAR n.º 11/93, de 24/11/93.

O Estágio Supervisionado do Curso de Pedagogia, inicial e atual, como parte formativa importante e através de seus representantes busca preparar o acadêmico para o trabalho educacional - profissional, de maneira reflexiva com uma visão social mais ampla e uma maior precisão na construção da identidade profissional, agregando a teoria e a prática aos reflexos do cotidiano educativo numa visão de unicidade que permita preparar o profissional competente para atuar nas instituições escolares e não escolares.

A formação vivenciada no âmbito do Curso de Pedagogia, com conteúdos e disciplinas entrecruzadas com visitação / ação “in loco” nas instituições promove um conhecimento da prática docente e social mais ampla com a formação pedagógica articuladora. Toda ação docente e não-docente na escola, as relações humanas, concepções, modos de vida e produção histórico-social da vida humana, passa pelo processo dinâmico do saber profissional pela relação, integração e superação das condições e necessidades econômicas, políticas - ideológicas e sociais com as quais o pedagogo irá vivenciar e trabalhar nestes meios, possibilitando assim, maior vivência, experiência que contribuirão para uma ação formativa mais profissional e generalista.

Desta forma, o Estágio Supervisionado do Curso de Pedagogia, também passou por processos de mudanças e evolução histórica e administrativo-pedagógica e, suas regulamentações foram apresentadas como poderemos visualizar a seguir em cada mudança da estrutura curricular: Resolução CONEPE nº. 06/94, de 02/02/1994 – FAFIU. – aprova o Estágio Supervisionado das Licenciaturas.

Em 1996, fixaram-se os novos currículos para as Habilitações: Hab. I - Magistério das Matérias Pedagógicas - 2.º Grau; Hab. II - Administração Escolar; Hab. III - Orientação Educacional; Hab. IV - Supervisão Escolar; Hab. V - Magistério da Educação Pré-escolar, através da Resolução CONEPE n.º 01/96, de 06/01/96.

Em 1998, pela EMENDA NÚMERO TRÊS ocorreu nova alteração da nomenclatura da Habilitação: Magistério das Matérias Pedagógicas – 2.º Grau, para Magistério das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio (Normal) e da Habilitação Magistério da Educação Pré-escolar, para Magistério da Educação Infantil, a mesma Emenda também alterou as terceiras séries das Habilitações: Hab. I - Magistério das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio (Normal); Hab. II - Administração Escolar; Hab. III - Orientação Educacional; Hab. IV - Supervisão Escolar; Hab. V - Magistério da Educação Infantil.

Em 17 de janeiro de 1998, a UNIPAR pela Resolução CONEPE nº. 05/98, de 17/01/98, aprova nova estrutura curricular para as Habilitações: Magistério das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio - Normal e, para as Habilitações: Orientação Educacional; Supervisão Escolar e, Magistério da Educação Infantil, ficando também aprovado a mudança no Estágio Supervisionado pela Resolução CONEPE nº. 07/98, de 01/02/98 - Estágio Supervisionado – Grade Curricular de 1998. Em 1999, a EMENDA NÚMERO QUATRO, altera a nomenclatura da Hab. I – Matérias Pedagógicas do Ensino Médio – Normal, para Magistério das Matérias Pedagógicas de Formação de Professores.

A Universidade Paranaense e o Curso de Pedagogia vinham crescendo vertiginosamente, em virtude do acompanhamento - crescimento e desenvolvimento político, social, econômico e cultural do país e da região, sendo necessárias outras modificações na grade curricular e a expansão das suas habilitações, assim também, houve a necessidade da autorização de funcionamento das diversas habilitações do Curso de Pedagogia nas unidades campi (descentralizadas) da UNIPAR Contemplando as mudanças das Políticas Educacionais e do mercado de trabalho, atualizou-se o Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia da unidade de Umuarama, pela necessidade de expansão e atualização das habilitações já existentes nos Cursos de Pedagogia da UNIPAR, havendo também a ampliação da oferta da Habilitação – Formação para o Magistério nas Quatro Primeiras Séries do Ensino Fundamental – que teve sua autorização para funcionamento pela RESOLUÇÃO UNIPAR nº. 51/99, de 28/11/99 e Reconhecida pela Portaria MEC n.º 1107, de 13/07/99. Em 2000, nova atualização se fez necessária e mais uma modificação foi realizada na grade curricular do Curso de Pedagogia, destacando-se algumas alterações no Regime Letivo de estudos que, pela Resolução CONEPE n.º 87/99, de 28/1/99, e Resolução UNIPAR n.º 42/99, de 15/07/99 alterou-se a Estrutura Curricular de Regime Letivo Seriado Anual, para Regime Letivo Seriado Semestral, onde uma nova Estrutura Curricular foi incluída ao Regimento Geral da UNIPAR (Regime Letivo Seriado Semestral) pela Resolução CONEPE n.º 06/00, de 31/01/2000. Havendo, por conseguinte, mudanças no Estágio Supervisionado pela Resolução CONEPE n.º 26/00, de 31/01/00 - Estágio Supervisionado - Grade 2000, sempre acompanhando as atualizações formativas profissionais exigidas conforme mudanças das políticas educacionais.

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – CONEPE / UNIPAR, em reunião, verificou a necessidade do retorno ao Regime Anual de estudos, nos seus cursos de graduação, por vários fatores de ordem administrativo-pedagógica, e macro estrutural adaptando e mudando a antiga grade curricular agora entendida como Matriz Curricular que retornou ao Regime Letivo de estudo Seriado Anual, pela Resolução CONEPE n.º 01/01, de 13/01/2001, publicado em 29/01/200, Resolução UNIPAR n.º 21/01, de 05/07/2001, para início no ano letivo de 2002.

Visando a qualidade formativa – marca expressiva do Curso de Pedagogia da UNIPAR, o Estágio Supervisionado vem acompanhando todo o trabalho de preparação dos acadêmicos para a profissão de educadores que representa ao mesmo tempo, vivências, novas concepções que vão contribuir para explicar, organizar e desenvolver novas ações pedagógicas e sociais mais reflexivas. Se as formas dos estudos se alteram, alteram-se também as práticas, isso possibilita o desenvolvimento de uma visão mais crítica da educação e de suas transformações, bem como dos processos de ensino-aprendizagem. Neste sentido o Estágio Supervisionado do Curso de Pedagogia passou por nova mudança e aprovação pela RESOLUÇÃO CONEPE nº. 11/02, de 02/01/02 - Estágio Supervisionado - Grade 2002.

No período de 2002 a 2004, tivemos a conclusão da última turma do Curso de Pedagogia com duração de 03 (três) anos letivos, com aprovação para funcionamento de seu Currículo Mínimo pela RESOLUÇÃO CFE n.º 02 de 12/05/69, e de seu Currículo Pleno RESOLUÇÃO CONEPE – n.º 01/00, de 15/01/00. Autorizado a funcionar pela Resolução UNIPAR n.º 51/99 de 28/11/1999. E ato de Reconhecimento Resolução UNIPAR n.º 51/99, de 28/11/1999. Em virtude desta alteração da terminalidade do curso, e com a vinda da Comissão dos Avaliadores do Ministério da Educação – MEC, seguindo a necessidade de reformulação e atualização, indicada por esta comissão, a Universidade Paranaense – UNIPAR, resolve maximizar o Curso de Pedagogia, no sentido de modificá-lo qualitativamente seguindo e cumprindo a legislação. Foi assim, adaptada a antiga (grade) Matriz 2002 – ampliando a formação oferecida anteriormente de 03 (três) para, duração com integralização atual Mínima de 04 (quatro) anos letivos e, Máxima de 07 (sete) anos letivos proporcionando a Habilitação: Formação para o Magistério nas Quatro Primeiras Séries do Ensino Fundamental – pelo Ato de Renovação de Reconhecimento: Portaria - MEC n.º 4152, de 15/12/2004, D.O.U. de 16/12/2004. Sua estrutura Curricular sofreu mudanças na carga horária, ajustando-se as novas Diretrizes Curriculares pelas RESOLUÇÕES - CNE/CP – N.º 01, de 18/02/2002 (alterada pela RESOLUÇÃO - CNE/CP N.º 01, de 17/11/2005) e, pela RESOLUÇÃO - CNE/CP – N.º 02, de 19/02/2002.

No ano de 2005, para o processo seletivo, foi ofertado o Curso de Pedagogia a Matriz Curricular 2005 (antiga 2002 – renovada e atualizada), que ora volta a vigir com a Habilitação: Formação para o Magistério nas Quatro Primeiras Séries do Ensino Fundamental, contendo uma carga-horária adequada ao cumprimento dos Conteúdos Curriculares de Natureza Científico-Cultural (carga-horária de 2.160 h/a), com Atividades Práticas (PCC – Prática como Componente Curricular, com carga-horária de 480 h/a), com Estágio Curricular Supervisionado (com carga-horária de 480 h/a divididas nos dois últimos anos de formação) e, com Atividades Complementares: Acadêmicas, Científicos – Culturais (com carga-horária de 240 h/a) distribuídas ao longo do curso – o estágio supervisionado e as atividades complementares constam de regulamento próprio aprovado e divulgado pelo Colegiado de Curso.

As condições e necessidades determinadas pelo momento histórico–social em que passávamos, determinou à UNIPAR e ao Curso de Pedagogia o acompanhamento deste novo progresso hitórico-tecnológico em que fundamentalmente ampliou nossa compreensão da prática pedagógica formativa dos futuros educadores, por esta instituição, representando cada vez mais a expressão teórica e prática de “ligações e relações” entre elementos que a compõe (o professor, o aluno, o conteúdo de ensino, teoria e prática, realidades histórico-sociais, etc.) e as novas linguagens tecnológicas, juntamente ligadas às novas formas de comunicação e às condições sociais mais amplas.

O Colegiado do Curso de Pedagogia da UNIPAR – Campus Umuarama - Sede, desde 2004, vem, continuadamente, realizando discussões com o intuito de melhorias através dos Fóruns Pedagógicos - Fóruns de Ex-alunos Egressos do Curso de Pedagogia, buscando sanar problemas dos estudantes que estão com dificuldade de aprendizado, promovendo e organizando ações para nivelamento, implementando a tutoria e a monitoria, buscando um atendimento acadêmico mais próximo das necessidades discentes, instituindo ações que permitam ao docente discutir e implementar integrações disciplinares, inclusão de novos projetos mais contextualizados à realidade educacional, organizando eventos que permitam participação interdisciplinar democrática e coletiva, a inovação e transparência da profissão e contatos com outros profissionais de elevado conceito na área educacional.

Sendo esta uma preocupação, não só do curso, mas, da instituição de forma ampla, ocorrendo integralmente a partir de 2006, foi proposta de forma Regulamentada pela UNIPAR, através de sua Reitoria, a melhoria da proposta pedagógica vinculada a Matriz Curricular de 2005 – que manteve sua estrutura em 2006, minorando problemas de aprendizagens, com a Regulamentação proposta para o nivelamento que possibilita ao aluno, a revisão dos conteúdos básicos das disciplinas de Matemática, Língua Portuguesa, Língua Inglesa, História, Biologia, Física, Química e Informática, disciplinas optadas por grupos de alunos que reunidos por motivações pessoais e resgate da formação e mais informações, enfatizou os seus fundamentos através das estratégias de atendimento e do formato das atividades pedagógicas que foram desenvolvidas para superação de dificuldades de aprendizagem.

Neste sentido, prioriza-se esta Atividade Acadêmica como mais uma alternativa de ensino oferecido pela UNIPAR para aproximar professores e alunos, visando estabelecer vínculos afetivos e, desta forma, resgata-se e consolidam-se os conhecimentos ora defasados. E ainda, se reduz problemas como a evasão ou reprovação do aluno já nas primeiras séries do curso, ensejando, primeiramente, a adoção de métodos pedagógicos que permitam a reorientação do processo ensino-aprendizagem e o resgate dos conteúdos não assimilados ou bem sedimentados pelo aluno no Ensino Médio, essenciais ao aprendizado universitário, como instrumento mediador e facilitador de aquisição de aprendizagens em suas disciplinas formativas profissionais, que se operacionalizaram em 2006. Portanto, pouca coisa se modifica no Projeto Pedagógico de 2005 para 2006, e a forma de efetivação do programa institucional de nivelamento em seu atendimento, sua estrutura pedagógica, ficou referendado em outro tópico deste documento.

Ao final do ano letivo de 2006 e com a homologação das novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia – Licenciatura, RESOLUÇÃO CP/CNE n.º 01, de 15 de maio de 2006, como elemento de atualização da formação já praticada junto aos Cursos de Pedagogia da UNIPAR, e acompanhando discussões geradas com as mudanças propostas para um novo profissional – “um Pedagogo – com formação multi-habilitacional, verifica-se mais um salto qualitativo na educação ora lançado, pois deveremos formar um novo professor, isto é um novo Profissional da Educação cujo perfil está traçado neste dispositivo legal, buscamos segui-lo preocupando-nos com o repertório de informações e habilidades composto pela pluralidade de conhecimentos teóricos e práticos, cuja consolidação será proporcionada no exercício da profissão, compreendemos também, que este novo perfil exige um currículo mais flexível fundamentando-se em princípios de interdisciplinaridade, contextualização, democratização, pertinência e relevância social, ética e sensibilidade afetiva e estética. Portanto, uma nova Matriz Curricular se fez necessária e é proposta para o início do ano letivo de 2007, acompanhada ainda, da reformulação do Estágio Supervisionado que estabelece o contato com a prática formativa desde o primeiro até o quarto ano de estudos no curso, onde o futuro professor poderá estabelecer ligações dos conhecimentos teórico-práticos através dos estudos realizados no curso, num universo de ações educativas mais amplas e reais em ambientes escolares e não-escolares.

Para o ano letivo de 2008, pequena mudança na essência formativa da Matriz Curricular de 2007, foi determinada, devido ao atendimento das exigências formativas estabelecidas no Decreto n.º 5.626, de 22/12/2005 – que dispõe sobre a inclusão da disciplina de Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério em nível médio e superior, e uma vez visto que esta inserção é uma condição “sine qua nom” para a formação do Pedagogo, pois como profissional da educação deve promover a inclusão e garantir o atendimento às necessidades educativas especiais de alunos surdos, desde a educação infantil até o ensino superior, nas salas de aula e em outros ambientes educacionais não-escolares, assim com carga-horária de 80 h/a, a disciplina de LIBRAS ficará elencada na primeira série do curso no lugar da disciplina de Psicopedagogia de 80 h/a, e esta vai para a quarta série do curso com revisão da carga horária da disciplina de Teoria e Prática de Artes e de Literatura Infantil que se apresentava com 160 h/a e agora se ajusta para 80 h/a, compondo juntamente com a reorganização dos Estágios Supervisionados distribuídos nas quatro séries uma formação que permitirá ao egresso do curso um repertório de informações e habilidades composto por pluralidade de conhecimentos teóricos e práticos, cuja consolidação será proporcionada no exercício da profissão, segundo os ditames estabelecidos do artigo 3.º e outros, da Resolução CNE/CP n.º 01, de 15/05/2006. Com estas inovações estabelecidas para iniciar no ano letivo de 2008, o Curso de Pedagogia da UNIPAR – Umuarama / Sede, torna-se referência na região e seus egressos passam a assumir posição de destaque na área educacional, uma vez que a Universidade se coloca junto à comunidade proporcionando uma formação mais atualizada e uma possibilidade maior de educação continuada de seus egressos, professores e demais profissionais da Educação.



Para o ano letivo de 2009, em virtude de ações integradoras nos Cursos de Pedagogia da UNIPAR, e de disciplinas que se padronizaram em diversos cursos da IES, para facilitação de acesso dos alunos, quando da adaptação em análise curricular por motivo de transferências (internas e externas) e/ou reprovação quando matrizes encontram-se em extinção, para possibilidade de conclusão de curso, houve a preocupação em aproveita-se parcialmente elementos da Matriz Curricular 2008, que a partir de sua primeira série no ano letivo de 2009, a Matriz 2009, sofre modificação na carga-horária de disciplinas da 1.ª série: LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais, e a disciplina de Tecnologias Educacionais (que deixaram de ter a carga-horária de 80 h/a, para terem a carga-horária de 40 h/a / podendo ser ministrada semestralmente nos diversos cursos aos quais estas disciplinas compõem suas matrizes). Bem como, o retorno à carga-horária de mais 80 h/a para a disciplina de História da Educação que agora se estabelece com 160 h/a, em virtude da verificação de necessidades de conhecimentos teóricos, científicos e culturais voltados à educação que havia ficado muito reduzido (conteúdos curriculares da disciplina) em uma carga-horária de 80 h/a, assim, para a 2.ª série da Matriz 2009, a disciplina de História da Educação com 160 h/a, possibilita ao aluno um universo de conhecimentos e compreensões a cerca dos estudos e origens da História Geral da Educação e Pedagogia e da História da Educação no Brasil, fornece ainda ao educando instrumentos culturais, políticos e econômicos para entender a gênese da educação nos períodos históricos e sua evolução, oferecendo subsídios para entender as questões atuais da Pedagogia. E o estágio supervisionado em seu arcabouço de ações e atividades, acompanha estas mudanças da matriz, ora em vigência.







Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   45


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa